15 de mar de 2011


[Continuação] FIC Os dezenove anos, e além [2]

Sei que na foto é o Harry, mas vamos considerá-lo o Alvo!
Mais uma semana, e aqui estou para divulgar mais a fic...

Capítulo 3 - A Seleção Atravessada

Alvo se atrasou ao vestir suas vestes. Quando passou por todo o trem arrastando seu malão, ele já estava completamente vazio.

- E agora?
Ele pensou horrorizado. De acordo com seu pai, os alunos do primeiro ano sempre iam primeiro com o Guarda Caças Hagrid. E se ele perdesse a viagem? Teria que ir com os alunos mais velhos, nas carruagens com Testrálios? Ele não queria chegar perto de um bicho que não podia ver, e muito menos dos alunos mais velhos, que de acordo com Tiago, gostavam de torturar alunos mais novos.


Mas quando saiu do trem para o ar puro da noite, Rosa o estava esperando.

- Não se atrase!!! - disse ela - Vamos!!



Ela o guiou para perto de um grupo de alunos do primeiro ano. E no meio deles, enchendo a cena, havia um homem enorme. Os cabelos negros e selvagens que lhe cobriam a cara toda pareciam estar começando a embranquecer. Seus olhos eram negros, como dois besouros. Usava um casacão de pele de castor, e era sem dúvida, incontestavelmente, inequivocadamente GRANDE. Tinha pelo menos o dobro da altura e corpulência que um homem normal devia ter.


- Por Merlin!! É o Harry!! - Disse o homem com uma voz estrondosa.



Todos olharam para trás, e miraram Alvo, com Rosa do lado. Alvo sentiu o rosto esquentar.


- Óh!! Me Desculpe... Você deve ser Alvo!! - disse Hagrid agora parecendo um pouco atrapalhado - Puxa, mas você realmente se parece...Até os olhos...Meu Deus!!


Alvo tentou sorrir, mas não conseguiu.

- Eu sou Rúbeo Hagrid, o Guarda Caça, mas pode me chamar de Rúbeo!! - disse ele - Venha comigo!! Temos que atravessar esse lago.



Alvo não deixou de atrair a atenção. Ele ficou se perguntando porquê.


O tempo havia ficado melhor, e por conta disso, a passagem pelo lago de Hogwarts não poderia ter sido mais encantadora. O Castelo parecia crescer aos olhos deles, e engoli-los, quando tiveram que entrar por seu cais subterrâneo.


Alvo foi junto com Rosa. Viu Malfoy desembarcar do lago, logo depois deles. Ficou se perguntando por que será que ele tinha ido até a cabine deles, no trem.

  
A primeira impressão de Alvo sobre Hogwarts, foi que era o maior lugar que existia na face da terra. Tinha certeza que sua casa cabia completamente dentro do Saguão de Entrada.


- Alunos do Primeiro ano!! Aqui!!

Alvo se virou. Era Neville. Ou melhor, Prof. Longbotton. Ele tinha um rosto redondo e amigável, andava reto e talvez até meio desengonçado,mas não deixava de inspirar respeito, com o seu jeito confiante de falar, e altura privilegiada. Alvo o conhecia bem, de todos os natais que passara junto com seus pais. 



Prof. Longbotton reuniu todos os alunos do primeiro ano em frente a uma grade porta.

- Muito bem!! - disse o Prof. - Quero que todos prestem a atenção em mim. Hoje vocês finalmente entrarão para Hogwarts, e conhecerão seus colegas!! Mas antes, serão selecionados para suas casas!! Enquanto estiverem aqui, os colegas de suas respectivas casas serão como suas famílias. Elas são Grifinória, Corvinal, Lufa-Lufa, e Sonserina



A menção da última casa, Alvo viu Rosa fuzilar Malfoy com o olhar. Ele não retribuiu.

Neville também explicou tudo sobre o sistema de pontuação, e sobre a taça das casas. Enfim, ele terminou de explicar, e os chamou para entrar no Salão Principal, o estômago de Alvo deu uma grande cambalhota. Era a hora da seleção.

Quando finalmente entraram no Salão Principal, Alvo decididamente boquiabriu-se. As velas flutuavam sobre as mesas. Quatro mesas, se não contassem aquela estranha e comprida no centro, que era a única vazia. E é claro, aquela no final da sala, onde tradicionalmente todos os professores se sentavam.


Eles assumiram posição na mesa vazia. Neville saiu, e foi buscar o Chapéu Seletor.


Alvo agora tremia tanto, que ficou com medo de desmaiar.

- Pare com isso!!! - disse Rosa nervosa ao lado dele - Como espera ser escolhido para Grifinória se está tremendo de medo!! É a casa dos Destemidos!!!
E isso só fez ele se sentir pior.


Com um sobressalto, o Chapéu Seletor abriu uma boca próxima a aba e começou a cantar.


Grifinória, Corvinal, Lufa-Lufa, Sonserina.

Cada casa tem sua virtude 
Cada casa tem seu guardião
Cada casa é diferente



O Leão destemido da Grifinória.

Força e nobreza 
Dará aqueles que lutarão com honra e coragem



A Serpente Sonserina.

Astuta, esguia, e voraz
Sem limites, serás audaz...



E assim continuou, cada verso descrevendo a casa seguinte. 

Assim que a música terminou Neville começou então, a chamar os nomes.

- Alvo Potter!!



Alvo teve a sensação nítida que seu estômago tinha enlaçado. Ele era o primeiro. Se encaminhou para o banquinho do Chapéu Seletor, como um condenado vai a forca. Notou que o olhar de todos tinha recaído fortemente sobre ele. Até os professores sentados em suas mesas se debruçavam. Era comum assim o interesse pela seleção? Ou era por que ele é quem estava sendo selecionado? 

Sentou-se no banquinho. Neville colocou sobre sua cabeça o Chapéu Seletor.

- Ora,ora, ora!! - Cantarolou a voz do Chapéu - Mais um Potter
Alvo engoliu em seco.
- Por favor!! Não me ponha na Sonserina!! - implorou ele
- Silêncio!! - disse o Chapéu sem ser rude - Vejo que tem muitas incertezas e dúvidas sobre sua própria capacidade!!
Alvo engoliu em seco.
- Você vai me colocar na Sonserina?
- Você se acha astuto o suficiente para a Sonserina?
Alvo não soube responder.
- Mesmo que seja!! Não quero!!
- E pra que casa você quer ir!! - disse o Chapéu Seletor, com o tom de quem está curioso
- Bem...Meu irmão, e meu pai foram pra Grifinória e...
- Mas estes foram eles!! Pra onde você iria querer ir?
Alvo pensou. Tudo o que ele queria era não ir pra Sonserina, mas que casa ele realmente queria ir?
- Você tem muito talento Sr. Potter - disse o Chapéu - e é melhor ficar numa casa que consiga botar ele para fora.



Alvo congelou. Era agora.


- GRIFINÓRIA!!!!

Alvo sentiu o coração dar um pulo. Grifinória, Grifinória, como seu pai, Grifinória, como seu irmão. Grifinória. Alvo reviveu a descrição de sua casa mentalmente. A casa dos destemidos, dos frios, honrados e nobres. Era essa a sua casa. Seu coração bateu num frenesi de felicidade.

- Gaham!!! - disse Neville - Já pode se levantar Sr. Potter
Alvo olhou em volta. Ficara tão entretido, que nem percebera que já podia sair do banco. O pessoal em volta abafava risos.


Ele se levantou, e correu direto para a mesa da Grifinória. Onde Tiago ria.

- Moleque!! Devia ter visto sua cara!! Dava a impressão que tinha entrado em choque
Alvo sentiu o rosto quente.
- Eu sabia que acabaria vindo para Grifinória!! - disse Tiago - Você é muito idiota pra Sonserina, burro demais para a Corvinal!!
- Mas e a Lufa-Lufa? - disse Alvo, conseguindo falar de repente
- Se já está considerando a Lufa-Lufa, você está mal!! - e caiu na gargalhada, acompanhado de vários outros.



Alvo suspirou. Se ele havia sido escolhido para Grifinória, Rosa não tinha problema. Ela era muito mais corajosa que ele. Ela parecia saber disso, lá na mesa do canto.

Mais ou menos por aí, Escórpio Malfoy sentou no banquinho.

- Mais um Sonserino!! - disse Tiago
- Verdade!! - disse um garoto ao lado dele, que Alvo sabia se chamar Oliver Johnson.



O Chapéu foi colocado sobre Escórpio. E se demorou. Demorou muito. Na verdade, a demora foi tanta, que todos os olhares recaíram sobre ele, e Alvo escutou um murmúrio por todo o saguão: "Quem é esse?","É o filho de Draco Malfoy","O Comensal da Morte?","Sonserina, só pode ser".

O Chapéu continuou entretido. Neville se aproximou para ver o que estava acontecendo ali. Pelo que parecia, aquilo era uma espécie de recorde.


O Chapéu Seletor ficou encolhido, como se fizesse força pra pensar.
Então, quando menos se esperava.
- GRIFINÓRIA!!!!!


Não ouve aplauso, apenas silêncio. Alvo não conseguiu dizer nada.

- Só pode ser piada!! - disse Tiago.



Neville, aparentemente tão perplexo quanto os outros, tirou o Chapéu de Escórpio.

Malfoy se dirigiu a mesa da Grifinória, lançando um olhar hostil a todos, como se dissesse, "Vem me encarar". Alvo achou que ele estava tentando revidar o olhar de perplexidade de todos que o encaravam no momento. Quando ele foi se sentar, os alunos da Grifinóra saltaram para longe dele, dando um espaço de um corpo de cada lado.

Alvo encontrou o olhar de Rosa. Ela parecia completamente perdida nos acontecimentos, como se o cérebro dela não conseguisse aceitar que um Malfoy fosse mesmo da Grifinória. Alvo olhou em volta. Teve a impressão, de que Malfoy não estaria sendo tão linchado por olhares, se não tivesse se demorado tanto para decidir sua casa. Aquilo havia dado tempo a todos de o reconhecerem.

O resto da Seleção continuou. Ninguém notou quando o Chapéu Seletor gritou duas vezes "Sonserina" para um único sujeito, de nome Servo Slyn, cuja a aparência parecia perfeitamente amigável.


Rosa foi selecionada para a Grifinória, como o esperado, e sentou-se ao lado de Alvo.

Ela olhou de esguelha para Malfoy, sentado do outro lado da mesa.
- Você percebeu isso?! - disse ela
Alvo olhou para ela.
- O que?
- Não notou?! O Chapéu Seletor ficou estranho, e isso logo depois de o Malfoy ser selecionado para a Grifinória.
Alvo olhou para ela. O que Rosa estava sugerindo? 
- Você acha que...
- É!! Eu não sei como, mas acho que ele alterou o Chapéu.

Os dois olharam para o garoto de cabelo amarelo apertar as mãos sem ousar olhar para os lados.

- Acha mesmo que ele poderia? Quer dizer!! Ele só tem dez anos...
- Acorda! - disse Rosa - É o Malfoy!! Não sabemos do que o pai dele é capaz!! Talvez o tenha mandado pra se infiltrar entre nós!!



Alvo olhou para ele de novo, e não teve certeza do que achava


Alvo e Rosa estavam tão entretidos com seus próprios pensamentos, que até se assustaram, quando se viraram para a mesa, e se depararam com um banquete digno de Reis.
- Caramba!! - disse Alvo

Alvo olhou para Rosa, e a viu olhar a comida como se nunca tivesse visto nada daquilo na vida. Ele pensou que ela herdara o apetite do pai.


Depois que o banquete acabou, Alvo começou a sentir sono, e começou a pensar onde iriam dormir naquele castelo.

Mas nesse momento, uma velha senhora se levantou da mesa. Ela estava encurvada, como se estivesse cansada. Ela se vestia de verde, com um chapéu com uma pena na cabeça, além de um par de óculos quadrados.

Então ela bebeu um pequeno frasco com delicadeza, e se ergueu num movimento imponente que fez todos prenderem a respiração. 


Alvo a achou com cara de quem não gosta de se aborrecer, e de quem acha que regra deve ser seguida a risca.



- Eu sou a Profª Minerva MacGonagal. Peço alguns minutos de seu tempo. Eu gostaria de dar alguns avisos a todos vocês. 


"Em primeiro lugar, gostaria de dizer a vocês que a Floresta Proibida, em frente a nossa propriedade recebeu esse nome por algum motivo, se é que me entendem. Quero que obedeçam as regras dessa escola. Nada de caminhar a noite fora do horário, nem usar magia nos corredores. Espero que tenham um maravilhoso ano em Hogwarts. A mais de mil anos essa escola tem se dedicado a formar grandes bruxos!! Então!! Dediquem-se!! E sejam grandes!! 



Alvo se arrepiou ao ouvir isso, sem saber por que. Todos aplaudiram com vontade, Minerva sorriu e se sentou mais uma vez. Estava agora, menos encurvada, e sua silhueta chamava mais atenção.

Os monitores começaram a chamar os alunos do primeiro ano. Alvo ainda estava observando a professora, quando Malfoy passou na sua frente, ainda serio.


Alvo e Rosa seguiram os monitores junto com os outros alunos do primeiro ano. Um aluno se aproximou deles. Era magro, tinha os cabelos e olhos claros, e meio avoados.
- Oi!! - disse ele
- Oi!! - disse Alvo
- Vocês viram que estranho!! Essa foi a Seleção mais atravessada que já vi!!

Rosa lançou a Alvo um olhar significativo.

- É!! - concordou ela - Malfoy foi selecionado para Grifinória!!
- Isso não é importante!! - disse o menino
Alvo olhou para Rosa intrigado.
- Como assim, não é importante!? Aliás!! Quem é você?
O garoto olhou para Alvo mais atentamente, e depois para Rosa.
- Meu nome é Skiper LoveGood, prazer!!


Um garoto ao lado se sobressaltou.

- LoveGood? Você disse LoveGood? - disse ele
Skiper olhou para ele.
- Sim!!
- Os mesmos LoveGoods donos do Pergaminho Diário?



Alvo olhou para Skiper surpreso. O Pergaminho Diário era o jornal mais lido do Mundo Bruxo. Ele sabia disso, por que seu próprio pai vivia falando que adorava aquele jornal.

- Minha mãe é a Redatora!! - disse Skiper - E um dia, eu serie Repórter Investigativo!!



Os que estavam próximos ficaram assombrados. Alvo o achou um tanto avoado para ser um repórter, mas resolveu não falar nada.

Depois que começaram a subir as múltiplas escadas de Hogwarts, Skiper se aproximou deles novamente.
- Sabem!! - disse ele - Notaram algo estranho no Chapéu Seletor? - disse ele
- Claro!! - disse Rosa - Alvo e eu achamos que ele foi alterado pelo Escórpio e...
- Muito improvável - disse ele
O olhar de Alvo encontrou o de Rosa.
- O Chapéu Seletor é uma relíquia do próprio Grifinória. Teria que ser um bruxo excepcional para realmente conseguir alguma coisa!!
- Mas você tem que concordar que tudo aquilo foi suspeito!!



Skiper ficou calado, pensativo.

Finalmente, chegaram a um retrato de uma Mulher Gorda vestida de rosa. O quadro falou.

- Sua senha por favor?
- Leão Velho - disse o monitor
O quadro se afastou, revelando o buraco para a Sala Comunal da Grifinória.



- Sejam bem vindos - disse o monitor - a Torre da Grifinória!

Até a próxima!!!


Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Eu não posso ficar lendo HP, Lay..

    Me dá vontade de chorar!!! ><
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. A história se repetindo com os filhos de Harry *-*

    Que bonitinho o primeiro dia de aula em Hogwarts de Alvo e Rosa, own *-*


    Mayfoy na Grifinoria, como assim? 'o'

    Ainda me lembro como o Harry tava assustado no seu 1º dia na escola de magia e bruxaria Hogwarts *---*

    ResponderExcluir
  3. Lygia, eu leio cada vez mais justamente para não chorar...kkkk

    Pois é Vaanh~ Malfoy na Grifinória, ele reserva muitas surpresas, pode ter certeza!!

    Bjus meninas!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações