7 de nov de 2011


[Resenha] A Intuitiva – Hannah Howell

A_INTUITIVA
FICHA TÉCNICA

Título: A Intuitiva
Título Original: If He’s Wild
Autor: Hannah Howell
ISBN: 978-85-63066-70-1
Páginas: 224
Ano: 2011
Tradutor: Silvia Rezende
Editora: Lua de Papel

SINOPSE
UMA HISTÓRIA SOBRE COMO O PODER DO DESTINO E DO DESEJO PODE REALIZAR COISAS APARENTEMENTE IMPOSSÍVEIS. Estamos na Inglaterra, no século XVIII. Assim como a maioria de seus familiares, a bela e jovem Alethea Vaughn Channing possui dons especiais. Desde pequena ela tem visões recorrentes de um homem desconhecido. Passados 15 anos desde a primeira visão, ela prevê um risco iminente de morte. Ela precisa encontrá-lo, contar sobre sua visão e convencê-lo de que corre perigo… Mas quem acreditaria numa estranha com uma conversa dessas? Ainda sob um ceticismo inicial, ele percebe sinceridade na desconhecida e, agindo emocionalmente, decide acreditar na estranha para tentar novamente descobrir o paradeiro de seus dois sobrinhos, que desapareceram após a trágica morte de sua irmã e do esposo. Durante essa busca, começa então a florescer uma forte admiração entre os dois, até surgir a perigosa Claudete, uma antiga amante de Hartley, e que Alethea descobrirá estar entre as pessoas mais ameaçadoras da alta sociedade de Londres. Então, a sua vida também passa a correr perigo e ela precisará mais do que nunca de seus poderes para garantir a sua segurança.

RESENHA
Meus amores, olha eu trazendo mais uma resenha para vocês. Dessa vez o livro foi cedido pela parceria com o Grupo LeYa. O selo Lua de Papel enviou o livro A Intuitiva. Eu não li os dois primeiros livros da série A Sensitiva e A Vidente, mas como os livros não precisam e nem tem ligação direta de uma história com a outra, não tive nenhuma perda de conteúdo. Eu amo romances HOT e romances históricos e HOT são melhores ainda!!!!

Logo LuaNesse romance a personagem principal é a jovem viúva Alethea Vaughn Channing que tem um incrível dom. Desde os cinco anos Alethea tem visões. Mas tem uma que é recorrente, na verdade um “personagem” que é recorrente, um garoto que ela vê desde os cinco anos de idade, e que com o passar dos anos ela continuou vendo, sempre em momentos que pareciam importantes na vida dele, mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, ela se sente parte de sua vida. Até que um dia Alethea tem uma visão muito forte referente ao futuro desse homem e resolve ir até Londres e procurar a ajuda de seu tio para descobrir quem é o homem e alertá-lo do perigo que está correndo.

Chegando em Londres, Alethea descobre que o homem que procura é o conhecido conquistador Marquês Hartley Rede será complicado chamar sua atenção para que acredite no seu aviso. Mas Alethea está decidida à ajudá-lo, mesmo que ele não queria acreditar em seu dom e de seus familiares.

Ouvindo uma conversa entre Alethea e seu tio Iago Vaughn, Hartley acaba começando a acreditar na história de Alethea e com isso se vê arrastado para um mundo que simplesmente não compreende e não acredita, mas caberá a Alethea e sua família provar que podem ajudar, e muito.

Além da ajuda dentro da esfera política, Alethea sacode o mundo particular de Hartley, que amante incorrigivel, se vê pensando em casamento e herdeiros a todo instante.

“O tom dos olhos dela escureceu para um azul intenso, o que mostrava que ela sentia o mesmo desejo ardente. Deixando de lado todas as possíveis consequências e ignorando as resoluções tomadas minutos antes, ele abaixou a boca até a dela, pois precisava prová-la mais uma vez.” Pág. 56

Embora seja uma jovem viúva, Alethea não tinha muita experiência amorosa, visto que seu curto casamento nem chegou a ser consumado. Um conquistador. Uma viúva. Duas pessoas diferentes, dois mundos diferentes podem se unir? Leia e descubra você também!

Até a próxima leitura!
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Oi Lay :D

    Adorei a resenha! *-*
    Tenho A Vidente, mas como vc mesma falou, os livros nao seguem ordem, mesmo assim eu quero mto esse livro tbm! ushaushas
    O lacinho é lindo demais né?

    E pelo que eu li, parece que esse é melhor que o outro, sei lá, preciso ler o livro pra saber direito rs


    Beijocas
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir
  2. Oi Rapha :)
    Pois é, eu quero muito A vidente e a sensitiva, mas pelo que li deles, acredito que A Intuitiva será o melhor de todos, e no final dele vem uma prévia do próximo lançamento, que será O Escolhido, mas não tenho ideia de quando será lançado!!!

    Bjusssss

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Julgando pela capa eu achava que a história era totalmente diferente! Nossa, me interessei MUITO pelo livro, vou dar uma pesquisada nos preços!

    Um beijo, Ni

    ResponderExcluir
  4. Pois é Ni, eu também achava que era muito diferente disso, e agora tô LOUCA para ler os outros!!!

    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Continuando na mesma linha dos livros anteriores, a Intuitiva tem uma capa belíssima com uma fita. A trama continua,novamente os Vaugh e Wherlocke estão prontos para usar seus dons para salvar vidas,Alethea prevê alguns fatos importantes da vida de Hartley Greville, marquês de Redgrave ao longo desses anos até que um dia prevê o seu assassinato. Depois procura o homem de suas visões para salvar sua vida.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações