20 de dez de 2011


[Resenha] Confissões de um turista profissional – Kiko Nogueira

CONFISSOES_DE_UM_TURISTA_PROFISSIONAL_1318786169P
Ficha técnica
Título: Confissões de um turista profissional
Autor: Kiko Nogueira
ISBN: 978-85-63219-43-5
Páginas: 94
Ano: 2011
Editora: Novo Conceito
Sinopse
Apesar de Kiko e Jota Pinto se parecerem um pouco fisicamente e andarem tão juntos que já são quase uma coisa só (os dois tem a mania insuportável de fazer uma vozinha macabra e fina que geme histericamente quando alguém conta algo tedioso), a maneira como conheci o primeiro é completamente diferente da maneira como conheci o segundo. O Kiko, eu conheci num bar da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é primo de um amigo do amigo de um ex-namorado meu, que na época não era nada meu e nem estava na mesa porque eu ainda namorava o primo dele, que não era amigo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Kiko se interessou em ler alguma coisa, daí mandei alguns textos e ele adorou. Começamos a trocar uns e-mails e nunca mais paramos. Hoje temos uma linda amizade. (intelectual, espiritual, fraternal) e um dá muita força pro outro: ele publica tudo o que eu escrevo e eu falo que ele aparenta ter 28 anos. Já com o Jota Pinto a coisa se “deu” completamente diferente. Nós nos conhecemos numa balada da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é amigo de um primo do amigo de um ex-amigo meu, que na época era namorado, mas que nem estava na mesa porque eu o estava chifrando com o seu melhor amigo, que não era primo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Jota Pinto se interessou em ler alguma coisa, daí mandei um material e ele achou tudo uma grande droga. Começamos a trocar uns e-mails nos xingando e nunca mais paramos. Hoje nutrimos um ódio especial um pelo outro (intelectual, espiritual, fraternal) e no que podemos atrapalhar a vida um do outro, atrapalhamos: ele não publica quase nada do que eu escrevo e eu simplesmente falo a verdade.
Resenha
Um livro composto de várias crônicas escritas por Jota Pinto Fernandes (alter ego do autor Kiko Nogueira) que não passam de 2 páginas e meia cada, é lido rapidamente, eu li em duas horas.
Novo ConceitoOusado e crítico, o autor nos mostra o outro lado das viagens, o que não devemos ver e as experências que não são imprescindíveis como dizem os muitos guias de viagens, com sua paisagens belissimas, paisagem de tirar o fôlego, enfim todos esses clichês.
Entre os relatos de viagens, Kiko, ou seu alter ego, fala sobre questões como turismo sexual no Brasil, racismo, um paralelo sobre o modo de agir dos norte-americanos no Brasil e no resto do mundo e os paulistas…enfim é possível aprender muitas coisas que nos ajudarão bastante quando formos programar nossas viagens.

Vale a pena adquirir pelo conhecimento que irá absorver e os micos que irá evitar…kkkk

Bjus e até a próxima leitura!!!!


Comentários
1
Compartilhe

Um comentário:

  1. Olá, achei interessante a proposta do livro e um verdadeiro guia para os turistas. É um livro dinâmico, os textos não são longos nem cansativos, então torna a leitura fácil para chegar ao fim.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações