30 de mar de 2012


[Resenha] Elixir - Hilary Duff

Elixir (1)
Ficha técnica
Título: Elixir
Título Original: Elixir
Autor: Hilary Duff
ISBN: 978-85-16-07071-7
Páginas: 280
Ano: 2011
Tradutor: Otávio Albuquerque
Editora: iD Editora

Sinopse

Com seus dezessete anos, Clea Raymond vem sentindo o brilho dos holofotes desde que nasceu. Filha de um renomado cirurgião e uma importante política, ela se tornou uma talentosa fotojornalista, refugiando-se em um mundo que a permite viajar para diversos lugares exóticos. No entanto, após seu pai ter desaparecido em uma missão humanitária, Clea começa a perceber imagens sinistras e obscuras em suas fotos revelando um belo jovem — um homem que ela nunca viu antes. Quando o destino faz Clea se encontrar com esse homem, ela fica espantada pela conexão forte e instantânea que sente por ele. Conforme se aproximam e se envolvem no mistério do desaparecimento do pai de Clea, eles descobrem a verdade secular por trás dessa intensa ligação. Divididos por um amistoso triângulo amoroso e assombrados por um poderoso segredo que afeta seus destinos, eles embarcam em uma corrida contra o tempo para desvendar seus passados e salvar suas vidas - e seu futuro.
Resenha
Bem, para início de conversa, quando vi que o livro tinha escrito pela Hilary eu pensei: "peraí, essa garota é atriz, cantora e agora escritora?? Como assim?" Pois é, mas eis que vi muita gente falando bem do livro e resolvi dar a ela uma chance... E olha eu aí pagando pela língua..kkk. Pois é, o livro é ótimo e o devorei em dois dias (porque a gente tem que parar para trabalhar???)

Gostei da história, de como o mistério foi criado e desenvolvido, gostei dos personagens, dos cenários, enfim… nossa, amei mesmo. Por um lado foi bom só ter pegado ele para ler agora, uma vez que a sequência será lançada em agosto desse ano.

O livro conta a história de Clea Raymond, filha de uma importante senadora e de um renomado cirurgião cardíaco. Com apenas 17 anos, Clea, mesmo tendo o mundo aos seus pés pelos contatos e o dinheiro de sua família, é uma pessoa séria e responsável e trabalha como fotojornalista com um pseudônimo.
(…) Eu quero é capturar o que a superficie esconde. Existe uma história por trás de cada rosto, cada paisagem, cada instante da vida. Tudo no mundo tem uma alma e, quando minha câmera e eu estamos entrosadas, funcionando em perfeita sintonia, é isso o que capturamos.
Pág. 21
Há um ano, seu pai, que além de cirurgião era extremamente ligado a História e Pesquisas nesse sentido, desapareceu e mesmo com todas as buscas promovidas por sua família há quatro meses foi declarado oficialmente morto. Isso abalou o mundo de Clea.

Tentando reerguer seu mundo depois desse abalo, durante as férias, Clea viaja com sua melhor amiga e quase irmã Rayna por vários países da Europa, encerrando em Paris (e é aqui que o livro começa). Como Clea é apaixonada por fotografia dá pra imaginar a quantidade de fotos que ela traz dessa viagem não é?!
Eu não tinha a mínima idéia de que estava tirando fotos que iriam mudar a minha vida para sempre.
Pág. 30
Pois bem, depois de voltar de viagem, Clea para para escolher as melhores fotos (e é aqui que o mistério começa). Olhando bem essas fotos, Clea começa a perceber uma presença constante. Um homem que ela não conhece aparece num ponto escondido em todas as suas fotos pelo mundo afora durante sua viagem de férias.

Esse homem misterioso passa a povoar seus sonhos e Clea acaba contando a história para seu melhor amigo, segurança e consultor internacional, Ben (     ADOREI ELE     ) que acaba lhe contanto porque foi contratado por seus pais.
Toda noite, eu voltava no tempo de novo. Eu era Olivia na Itália renascentista (…). Em outras noites, cem anos depois, eu me via como Catherine, em uma região rural da Inglaterra, com o homem das fotos instigando seu cavalo a me acompanhar. Já em outras, eu era levada por Anneline aos melhores palcos da França no século XIX, ou por Delia para Chicago, na Era da Proibição.
Pág. 71
Clea se vê atraída por esse misterioso homem de seus sonhos… Quando aceita um trabalho para fotografar o Carnaval do Rio de Janeiro (e aproveitar para investigar mais sobre o desaparecimento do seu pai, pois foi no Brasil que ele foi visto pela última vez) Clea se vê em um impasse. Mesmo já se sentindo atraída por um homem que nunca viu ela se dá conta (com a ajuda de Rayna é claro!) que Ben talvez não queira ser somente seu amigo…
E nunca lembraria mesmo, porque estava com minha câmera em frente ao rosto, me concentrando para tirar uma foto perfeita. Ben aparecia atrás de mim, mas sem seu sorriso brincalhão no rosto como nas outras imagens. Olhava direto para mim, com uma carinha de cachorro perdido, sem sorrir…
(…) Só tem uma palavra pra definir a cara desse menino, Clea: apaixonado.
Pág. 195
O triângulo amoroso desse livro me lembrou da Saga Crepúsculo. Edward X Jacob. No entanto, ao contrário da minha opinião em Crepúsculo (totalmente #TEAMEDWARD) aqui torço incondicionalmente para Ben (#TEAMBEN).

Como eu disse o livro tem uma continuação, Devoted, então muita coisa ainda fica no ar para ser explicada no próximo livro, inclusive com quem Clea vai ficar (totalmente imprevisivel).

Estou muito ansiosa pelo lançamento da sequência, para saber tudo sobre o futuro do triângulo, o que aconteceu com o pai de Clea, enfim, como ela vai agir daqui pra frente depois de tudo que aconteceu…

Ficou curioso??? Então leia, você não vai se arrepender!!!

Veja o Book Trailer do livro aqui embaixo:

  4 Claves
Bjus lindos e até a próxima!!!!
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Lay,

    Eu nunca estive particularmente interessada em "Elixir", tendo sempre aquela dúvida a respeito do que Hilary Duff poderia ter produzido e também pelo fato de haver uma "ghost-writer", assim digamos, que escreveu em parceria com ela.
    Mas agora conhecendo um pouco mais a fundo a história, passei a considerá-la extremamente interessante, especialmente pelo fato de a Clea ser fotógrafa e se envolver tanto com as imagens, o mistério por detrás delas. Acho que vou reconsiderar minhas ideias iniciais :)

    Beijinhos!
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  2. Ana, acho sim que você deveria reconsiderar sua opinião a respeito do livro...Eu também duvidei, mas valeu a pena a leitura com certeza!!!!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  3. Ahh
    eu quero mt ler porque é da Hil mas vi mesmo algumas criticas negativas e quando li o livreto achei o inicio tão confuso (pq é mt misterioso e tal) que fiquei meio desanimada! Mas vc falando assim, que ate se surpreendeu! E tem esse triangulo imprevisivel... (e que vc citou Crepúsculo!).. Só que assim, em Twi era bem previsivel né! rs
    Mas ain,... Ben é melhor amigo e segurança e consultor int? Huahua uau!
    Enfim, assim que puder eu lerei!

    bjs
    Evellyn!

    ResponderExcluir
  4. Pois é Eve, me surpreendi mesmo, achei que ia ser aquele livro fraco sabe...E o mistério é interessante, o triângulo (torcendo completamente para Ben) é demais... Ben faz totalmente meu tipo...aiaiaiaiai kkkkkkk

    Leia sim, acredito que vá gostar muito...

    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Tiago Souza03 abril, 2012

    Parabéens.Essa resenha ficou muuuito booa!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Tiago, que bom que gostou!!

    Volte e comente sempre!!

    Bjus

    ResponderExcluir
  7. A história é envolvente e apesar de ter deduzido muita coisa do final já no meio da história, eu gostei da forma como ela desenrolou o mistério principal e foi deixando algumas pontinhas soltas para somente no final amarrar. Gostei também da escolha de cenários.

    ResponderExcluir
  8. Admito que até então eu tinha um certo preconceito, pq a guria é faz tudo, impossivel ser boa escritora TAMBÉM.
    Maaas mudei de ideia, parece que ela conseguiu se sair bem tbm nesse trabalho.
    Fiquei curiosa agora hahaa

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha visto o título desse livro a identificação da Hilary Duff, mas pensei que fosse coincidência, não que a própria cantora havia escrito. Pela sua resenha a história parece ser boa e fiquei bastante curioso para ler, vou buscar mais informações sobre o livro e descobrir mais da história por conta própria. Adorei a dica. Abraços! http://defrentecomoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações