1 de mai de 2012


[Resenha] Delírio - Lauren Oliver

CapaDelirio
Ficha técnica
Título: Delírio
Título Original: Delirium
Autor: Lauren Oliver
ISBN: 978-85-8057-164-6
Páginas: 342
Ano: 2012
Tradutor: Rita Sussekind
Editora: Intrínseca

Sinopse

Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?
Resenha
Para começar, amei a capa, prateada e com um rosto por trás das palavras, simplesmente lindo.
Em seguida, o inicio do livro lhe prende de forma definitiva.
Há sessenta e quatro anos o presidente e o Consórcio identificaram o amor como uma doença, e faz quarenta e três que os cientistas descobriram uma cura.
Pág. 7
Nesse mundo distópico o amor foi identificado como uma doença, amor deliria nervosa. Lena, nossa protagonista, é uma garota marcada, algumas pessoas de sua família foram infectadas com a doença antes da intervenção (isso porque a intervenção somente acontece quando a pessoa completa no mínimo 18 anos, quanto mais velha for a pessoa maior a probabilidade de sucesso absoluto) e isso a assusta demais, faz com que ela conte os dias para sua intervenção, agendada exatamente para o dia em que completará 18 anos.
Dizem que antigamente o amor levava as pessoas à loucura. Isso é ruim o bastante. A Shhh também conta histórias sobre aqueles que morreram por causa de amores perdidos ou nunca encontrados, e isso é o que mais me assusta. É o mais mortal entre todos os males: você pode morrer de amor ou da falta dele.
Pág. 9
A intervenção não é uma opção. Como medo que após a erradicação da doença ela ainda assim possa voltar, o governo impõem muitas regras arbitrárias, que afirmam ser para o bem de todos. Meninos e meninas estudam em escolas separadas. Quando se formam no Ensino Médio (já com idade para fazer a intervenção) são submetidos à uma Avaliação. Nesse processo são verificados conhecimentos específicos de matérias aprendidas no colégio e hobbies e após essa avaliação cada um recebe uma nota, informando se irá cursar alguma faculdade ou se seus estudos param por ali. Também recebem nessa ocasião uma lista com nomes de pessoas do sexo oposto que "combinam" com suas preferências, sempre levando em consideração que as pessoas não sejam muito diferentes umas das outras. Caso a pessoa não curse uma faculdade, ela se casa logo e é estipulado pelo Governo quantos filhos terão.

blog_parceiroEnfim, uma loucura total!! (Apenas minha opinião, kkk) Lena espera ansiosamente por tudo isso, para sentir-se segura, salva desse sentimento que não dá sinais quando está chegando e que pode matar por tê-lo e por não tê-lo. Mas eis que no dia se sua avaliação ela "conhece" uma pessoa que irá mudar completamente a sua vida.

Alex entra em sua vida quando, sua avaliação (que não estava indo muito bem no momento) é interrompida por um caos causado pelos Inválidos (pessoas que vivem na Selva e que não acreditam na cura, acham que é uma crueldade).
Um garoto na galeria de observação assiste ao caos. E ele está rindo.
Assim que olho para cima os olhos dele se fixam em meu rosto. (...) Certamente é da Selva; sei que é um Inválido. (...)
Ele
pisca para mim.
Pág. 35
Conhecer Alex faz com que Lena repense as verdades que aprendeu desde cedo. Faz com que questione tudo e todos.
A segunda vez que meu mundo explodiu foi também por causa de uma palavra. Uma palavra que subiu pela minha garganta e escapou de meus lábios antes que eu pudesse pensar ou contê-la.
A pergunta foi:
Quer me encontrar amanhã?
E a palavra foi: Sim
Pág. 119
Ao contrário do primeiro livro que li da autora, Antes que eu vá, esse me prendeu desde o começo e me deixou ansiosa pela sequência, Pandemônio, que não faço ideia de quando será lançado, mas que com certeza será tão bom ou até melhor do que esse.

Sem dúvida afirmo, maravilhoso!!!! Vocês precisam realmente ler esse livro.
5 Claves
Bjus lindos e até a próxima!!!!
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Ah, eu gostei muito desse livro e do outro livro da autora também, Antes que eu vá é muito bom, tem uma narrativa muito boa rs'

    Adoreia resenha :D

    Bj;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lay,
    não conhecia esse livro e realmente parece ser uma loucura, rsrs, mas como sempre para toda garota desconcertada existe um Alex, para desconcertar ainda mais ou endireitar tudo de uma vez, rsrs
    Beijos
    Rafa :)
    Blog Melody
    http://rafaacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lay eu amei delírio também. Sofri muito lendo, inteeeeeeeenso!
    Mas, valeu a pena ;)
    Amei sua resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Pois é meninas, leitura maravilhosa, e sem sombra de dúvidas, para toda desconcertada existe um Alex para desconcertar ainda mais sua vida...huahauahuaauhaua

    Bjinhus

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha. É interessante a autora Lauren Oliver colocar o amor definitivamente como um mal humanitário, afinal de contas, essa relação não está tão distante da nossa realidade, às vezes amar é tão perigoso quanto viver, e em algumas situações pode levar a loucura.

    ResponderExcluir
  6. Eu amei esse livro. Quando li ele não fazia ideia sobre do que era a história e me surpreendi. Esse é o único livro que li da Lauren, mas quero muito ler antes que eu vá.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações