17 de jun de 2012


[Resenha] O Sonho de Eva - Chico Anes

O Sonho de Eva Capa.indd
Ficha técnica
Título: O Sonho de Eva
Autor: Chico Anes
ISBN: 978-85-8163-006-9
Páginas: 304
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito

Sinopse

Dra. Eva Abelar, autoridade mundial em sonhos lúcidos, é informada de que seu filho, Joachim, uma criança autista, desaparece na mesma noite em que sua irmã, Anna, pula do 20º andar de um edifício em São Paulo. Anna era a principal cientista do projeto DreamGame, invento revolucionário que permite à pessoa jogar enquanto dorme. Eva é convidada por Yume a assumir o lugar da irmã e, à procura de respostas, se envolve em uma trama perigosa, que alcança os limites dos desejos inconscientes do homem. Enquanto usa seus conhecimentos para desvendar a morte de Anna e reencontrar Joachim, Eva descobre o quanto a sociedade está vulnerável à tecnologia e aos estímulos subliminares, e como esses estímulos podem sequestrar a liberdade e extinguir o livre-arbítrio.
Resenha
Mais um livro nacional. Mais um livro ótimo. Tenho realmente que rever meus conceitos sobre a literatura nacional, afinal os autores estão cada vez melhores!!!! Esse livro é INCRÍVEL!!!! Fiquei ansiosa para ler quando vi a sinopse, mostrando que o livro seria, no minimo, interessante. E não houve decepção.

O livro conta a história da Dra. Eva Abelar, psicologa especialista em sonhos lúcidos. Eva está em Viena, em uma conferência quando é informada pelas autoridades locais que sua irmã, Anna, está morta. No entanto, como se a noticia do suicídio de Anna não fosse ruim o suficiente, Eva descobre que seu filho Joachim, uma criança autista de apenas 7 anos, desapareceu.

Novo ConceitoDe volta ao Brasil, Eva procura as autoridades desesperadamente em busca do seu filho, porém não obtém nenhuma informação, até que no dia do sepultamento de Anna, Eva é abordada pela vice-presidente da Yume, empresa de entretenimento em que Anna trabalhava e recebe uma proposta de emprego. Pensando no desaparecimento de Joachim e na morte repentina de Anna (ambos no mesmo dia), Eva já vinha se questionando se a empresa para qual Anna trabalhava tinha alguma coisa a ver com isso. A Yume é uma empresa multinacional muito influente e poderosa e Eva sabia mais ou menos sobre o que era o projeto em que Anna trabalhava, sabia ainda de como Joachim era especial e tudo isso a aproximava cada vez mais da Yume.
- Você falou que Anna estava trabalhando em jogos dentro de sonhos, certo? Pois bem, os informes do Web Bot, segundo Zed, dizem que uma organização criminosa encontrará uma maneira de roubar os sonhos para controlar governos e pessoas.
Pág. 27
 
Adhya Kan, vice-presidente da Yume, tenta a todo custo contratar Eva para concluir seu projeto:
- Se levássemos os jogos para dentro dos sonhos, Eva; se, no lugar do vídeo ou dos dispositivos 3D, esses jogos acontecessem dentro dos nossos sonhos! Imagine só isso! Programaríamos os temas, as fases, as pontuações para acontecerem enquanto o jogador estivesse sonhando! Em um jogo de guerra, nós estaríamos realmente lá, nos campos de batalha, suando, com estilhaço de granada, o conflito de matar uma pessoa. (...) Tudo como experimentamos no mundo real! E o jogador-sonhador estaria lúcido, tomando decisões, sentindo na pele as consequências de cada uma de suas ações! (...) Não é fantástico?
Pág. 66
Decidida a achar seu filho e descobrir o mistério por trás da morte de Anna, Eva decide aceitar o trabalho na Yume, o que pode ser muito, muito perigoso. No entanto, para isso ela terá que ir para China, trabalhar no laboratório especial da Yume, num vilarejo minúsculo onde não tem absolutamente nada!

Aqui apresento à vocês um personagem que eu amei desde a hora em que seu nome foi mencionado pela primeira vez no livro, Dr. Alec Lenz. Alec é psiquiatra, ex-namorado e amigo de Eva. Mesmo não aceitando a ideia de Eva ir sozinha se meter nesse assunto, Alec a apoia e fica no Brasil para receber qualquer informação de Joachim. Entretanto, ele começa a investigar por aqui toda essa história de conspiração mundial de dominação do livre-arbítrio.
- E você crê - disse Adhya, tornando a se aproximar de Eva - que se conseguirmos chegar através de algum tipo de tecnologia nesse ponto antes da consciência, onde as decisões são realmente construídas, podemos tomar as cordinhas de quem quer que esteja brincando de Deus e assumirmos o controle?
Pág. 68
 
a-origem Inclusive, esse livro me lembrou o filme A Origem, não sei se já assistiram, mas fala exatamente de como entrar nos sonhos de outras pessoas e manipulá-los, sem dúvida um história muito interessante. A princípio, o personagem rouba informações nos sonhos das pessoas, mas o trabalho atual é completamente diferente do que ele está acostumado, pois agora ele terá que inserir uma ideia (assim como no livro, induzir as pessoas a fazerem algo que não querem). Enquanto navegava pela Internet, achei uma matéria muito interessante falando sobre o filme, para quem ficou curioso, segue o link aqui e abaixo um trailer do filme.


Manipulação, insegurança, descrença, conspiração, enfim, no livro tem de tudo um pouco, mas ainda assim tiveram alguns fios soltos que precisavam de um arremate, mas nada que me faça mudar de ideia quanto a qualidade da leitura. Leitura recomendada e fica a dica do filme.
4 Claves 
Bjus lindos e até a próxima!!!!
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Oi ..

    Esse livro tem recebido tantas críticas positivas que faz com que eu me anime cada vez mais a pegá-lo ali na minha estante e começar a lê-lo. A premissa é super interessante e diferente e deve proporcionar uma leitura super instigante.

    Parabéns pela resenha!

    João Victor
    Amigo do Livro
    http://amigodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li esse livro, está aqui na estante me aguardando rs'

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lay ;D

    Ta td mundo falando mto bem deste livro, quero ler loooogo! hahaha

    Beijao
    Rapha ~Doce Encanto

    ResponderExcluir
  4. Pois é Rapha, é muito bom mesmo!!!

    Vale a pena!!

    ResponderExcluir
  5. Confesso que fico um pouco em dúvida em relação a literatura nacional. Mas a sinopse desse livro chamou a minha atenção, e a sua resenha também contribuiu para aumentar a minha curiosidade. Espero poder ler esse livro em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Sophia, confesso que também tinha um certo receio quanto aos livros de autores brasileiros, mas os últimos que li me surpreenderam positivamente e fiquei muito feliz em perceber essa mudança!!!

    Tente também, tenho certeza de que também irá se surpreender!!!
    Bjus

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações