30 de ago de 2012


[Resenha] O Clã dos Magos - Trudi Canavan

MAGICIAN_B.indd
Ficha técnica
Título: O Clã dos Magos
Título Original: The Black Magician’s Guild
Autor: Trudi Canavan
ISBN: 978-85-8163-000-7
Páginas: 446
Ano: 2012
Tradutor: Robson Falchetti Peixoto
Editora: Novo Conceito

Sinopse

Todos os anos, os magos de Imardin reúnem-se para purificar as ruas da cidade dos pedintes, criminosos e vagabundos. Mestres das disciplinas de magia, sabem que ninguém pode opor-se a eles. No entanto, seu escudo protetor não é tão impenetrável quanto acreditam. Enquanto a multidão é expurgada da cidade, uma jovem garota de rua, furiosa com o tratamento dispensado pelas autoridades a sua família e amigos, atira uma pedra ao escudo protetor, colocando nisso toda a raiva que sente. Para o espanto de todos que testemunham a ação, a pedra atravessa sem dificuldades a barreira e deixa um dos mágicos inconsciente. Trata-se de um ato inconcebível, e o maior medo da Clã de repente se concretiza: uma maga não treinada está à solta pelas ruas. Ela deve ser encontrada, e rápido, antes que seus poderes fiquem fora de controle e destruam a todos.
Resenha
Fazia muito tempo que eu queria ler esse livro, mas estava sem tempo, como deu para perceber, tenho ainda muitos na minha lista de espera. Os livros de fantasia me encantam, estão para mim em segundo lugar, logo depois os romances históricos.

Nesse livro somos apresentados ao reino de Imardin, onde, todos os anos acontece um evento chamado Purificação, realizada pelos magos do Clã, sob ordem expressas do Rei para expurgar “tudo que há de ruim no reino”. Mas é claro, que nem sempre é assim que acontece.
- O Rei está pondo as pessoas para fora das hospedarias – disse. – Diz que não quer tantas pessoas vivendo em um único prédio… que isso não é higiênico. Os guardas expulsaram a gente aos pontapés hoje de manhã.
Pág. 19
Sonea é uma jovem “favelada” que acabou de ser expulsa de onde morava com seus tios e isso a deixa revoltada, pois acabaram perdendo o pouco que tinham e teriam que recomeçar novamente. Em busca de um novo local para morar com eles, Sonea vai na frente e acaba encontrando seus velhos amigos de uma “gangue” e se depara com o cerco dos magos. Seguindo o mesmo que os garotos estão fazendo, Sonea decide também jogar pedras nos magos.
Virando-se de frente para os magos, reuniu toda a raiva que sentia por ter sido expulsa de casa, todo o ódio natural pelos magos e atirou a pedra contra o mago que tinha acabado de falar. Seguiu seu rastro através do ar e, quando a pedra se aproximou da barreira dos magos, desejou que a atravessasse e alcançasse o alvo.
Uma ondulação de luz azul relampejou saída da pedra, que em seguida atingiu a têmpora do mago com um baque surdo. O mago permaneceu imóvel, fitando o nada, até que seus joelhos se dobraram. O companheiro avançou para ampará-lo.
Pág. 24 
Certamente os magos não esperavam por isso, afinal os magos eram encontrados entre membros das “Casas”, famílias ricas do reino e não no meio de “favelados”, muito menos sem alguém que o instruísse. O potencial mago geralmente eram descobertos quando jovens.
Às vezes, porém, aparecia um jovem ou uma jovem cujos poderes já estavam “libertados”, como se costumava dizer naqueles tempos. Essas pessoas, conhecidas por “naturais”, nunca eram recusadas. Há duas razões para isso. Em primeiro lugar, seus poderes eram sempre muito fortes. em segundo, eles tinham de aprender o Controle.
Pág. 35
Novo ConceitoPara isso o Clã agora precisa encontrar Sonea de qualquer jeito, porém ninguém gosta do Clã, e Sonea fará de tudo para se esconder. Graças a ajuda de seus amigos Harrin e Cery, Sonea consegue fugir, mas ao fazer pequenas magias ela desperta cada vez mais o seu poder. O que ela não sabe é que além de ser perigoso para ela isso também é uma forma dos magos à localizarem. Cada vez mais encurralada pelos magos e depois de mudar constantemente de esconderijos, ela se vê diante de uma difícil decisão.
Harrin pôs-se de pé.
- Tem certeza disso, Cery? – perguntou – Pensei que tivesse uma quedinha por ela. Pode nunca mais voltar a vê-la.
Cery pestanejou, surpreendido, e sentiu o rosto esquentar.
- Acha que eu a veria outra vez se os magos botassem as mãos nela?
Os ombros de Harrin caíram.
- Não.
Cery começou a andar de um lado para o outro.
- Irei com ela. Vai precisar de alguém conhecido por perto. Posso me fazer útil.
Pág. 118 
Difícil decisão. Unir-se aos Ladrões e viver refém deles pelo resto da vida ou deixar-se capturar pelo Clã e morrer? Talvez a decisão não seja tão difícil não é verdade? 
Quando desejava que alguma coisa pegasse fogo, essa coisa se movia. Quando dizia para ela se mover, ela explodia. Quando queria que partisse, pegava fogo. Quando admitiu isso para Faren, ele apenas sorriu e lhe disse que continuasse praticando.
Pág. 139
Apesar de Sonea ser a personagem principal desse inicio da Trilogia do Mago Negro, os personagens que mais gosto são o Cery, o melhor amigo de Sonea (que é apaixonado por ela, embora ela não perceba), Rothen, uma mago sábio e paciente e Dannyl, um mago competente e muito divertido.

Eu sinceramente gostei bastante do livro e fiquei curiosa em ler a sequência. A forma como o livro acaba praticamente exige que você já tenha o segundo livro em mãos para ler logo. Espero que não demore muito de sair e que o livro só melhore cada vez mais.

Confiram abaixo o book trailer do livro e boa leitura à todos.





4 Claves
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Eu ganhei esse livro em uma promoção de um blog, eu estava bem ansioso para lê-lo, afinal assim como você eu adoro livros de fantasia, mas eu li tantas resenhas negativas sobre ele que eu perdi a vontade, eu ainda vou lê-lo, mas vou deixá-lo no final da minha pilha de livros para ler.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Poxa que pena Rodrigo, eu amei o livro e é uma fantasia válida.

    Leia e me conta depois o que achou!!!

    Beijão!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lay, gostei da resenha, eu ainda não li este livro, mas agora fiquei sabendo que lançaram o segundo né? É A Aprendiz eu acho, eu não sabia do que se tratava o livro, agora que li sua resenha fiquei sabendo... Beijos!
    www.naestant.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê,
      Sim, o segundo livro é A Aprendiz, eu tô lendo ele agora, muito bom e o terceiro e último será lançado agora em janeiro, O Lorde Supremo.
      Beijos

      Excluir
  4. Sou louca por este livro, está capa me fascina e a sinopse me encantou.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações