2 de nov de 2012


[Resenha] A Infiltrada: Infiltrando-se na N.S.A. - Natália Marques

A infiltrada
Ficha técnica
Título: A Infiltrada: Infiltrando-se na N.S.A.
Autor: Natália Marques
ISBN: 978-85-89429-32-0
Páginas: 480
Ano: 2011
Editora: Editora Lio

Sinopse

Membro da máfia italiana Padova, Claire Evans infiltra-se no treinamento militar da agência de segurança nacional norte-americana – NSA – assumindo o pseudônimo de Hailey Dawson. No prazo de um ano, precisa permitir a entrada do maior carregamento de drogas da história no país e matar o generalíssimo Alan Beckert, que tem contas a acertar com a máfia. Contudo, sua vítima não é tão fácil. Além de frio, misterioso, rude, terror dos novatos e possuidor de incríveis olhos verdes que parecem enxergar até sua alma, ele parece saber quem verdadeiramente é. Sabendo que precisa tirá-lo de seu caminho, Claire aproxima-se do temido militar, mas acaba cometendo o pior de todos os erros: apaixona-se por ele. Uma história envolvente que vai prender você a cada capítulo.
Resenha
Olha eu aqui trazendo para vocês mais um livro nacional!!!! Digam aí, para quem não lia nenhum livro brasileiro, esse ano eu tô demais hein?! uhuuuuu

Na verdade eu não conhecia esse livro, mas uma amiga do Clube do Livro estava lendo e adorando, então não aguentei e pedi emprestado é claro. E não me arrependi, a história é muito boa mesmo! E o livro só não ganhou cinco claves pelos erros de português que tem (que uma revisão pode corrigir, graças a Deus).

Mesmo o livro sendo nacional, a autora nos leva à um cenário nos EUA. A história basicamente se passa na NSA – Agência de Segurança Nacional dos EUA. Os personagens principais são o Generalíssimo Alan Becket e a mafiosa Claire Evans. Alan é órfão desde os cinco anos e desde então é movido pelo desejo de vingança por aqueles que destruíram sua família. Além disso…
… era considerado um dos melhores militares do país. E além das intensas qualidades quanto a seu trabalho, Alan também era responsável por arrancar vários suspiros femininos já que além de ser um ótimo representante da ala masculina, possuía profundos olhos verdes que pareciam adentrar até a alma.
Pág. 15
Demais hein?! Hummm!!!!

Claire Evans, também é órfã, mas foi criada pela máfia italiana Padova. Para ganhar novamente a confiança da máfia, ela aceita uma missão quase impossível, infiltrar-se na Agência Nacional de Segurança Americana. Sendo a única americana à trabalhar para a Padova, era a única que poderia assumir essa missão. Utilizando-se do pseudônimo Hailey Dawson, Claire tem duas missões: permitir a passagem de um submarino da máfia carregado de drogas que seria transportado no final do ano e matar o General Becket.

A relação do General Becket com a novata Dawson começa baseada na desconfiança e no ódio gigantesco que Dawson sente por Becket e vice versa, mas felizmente tanto ódio aos poucos se transforma em algo mais. Dois personagens arrogantes, prepotentes, cheios de si e que não dão o braço a torcer e me fizeram ficar torcendo para que parassem de tentar ser tão turrões.

Por enquanto a parte da máfia não me convenceu, e sinceramente, não gostava muito das partes que eram mostradas na Rússia e na Itália, rezando para que as cenas fossem curtas e logo voltassem à NSA e à tensão entre Alan e Claire, que se provocando sempre que se encontravam torna o livro muito interessante e engraçado em algumas cenas.
“Sabe novato...” Disse, assumindo um tom de voz seco e levemente malicioso.
“Como bom militar, sei de métodos bem... Persuasivos para fazer alguém falar.”
Pág. 356
Mesmo os dois sendo arrogantes e todas as outras características que já descrevi deles, são personagens muito mais complexos, com passados misteriosos, que envolvem a vida de muitas pessoas. Alan mesmo, me cativou completamente. Aliás  não foi só a mim. Mesmo não admitindo Claire não imaginava que poderia acabar cometendo o pior de todos os erros, se apaixonar. E ao que tudo indica o sentimento é recíproco.
Então, quando os lábios deles, unidos pela respiração arfante iam se tocar e se completar, um lampejo de ideias e imagens inundou a mente de ambos.
O que ela estava fazendo? Era membro da máfia italiana e ele o homem que teria que matar!
O que ele estava fazendo? Era generalíssimo e não poderia se envolver com aquele raio de mulher!

Pág. 199
Amei o livro, como eu já disse. Li rapidamente, pois simplesmente não conseguia ficar muito tempo imaginando como Alan e Claire se provocariam da próxima vez que se encontrassem, pois, sem dúvidas eram as melhores cenas do livro.
Ele ignorou-a e Claire ficou encarando-o com uma expressão vazia. As mão que seguravam a toalha foram se firmando ao seu redor, á medida que a raiva e frustração cresciam dentro dela. Se não bastasse a paranoia que tinha com idade, o general ainda tinha que fazer sua auto- estima para o esgoto?
Você está vendo algum homem aqui, general? Questionou com a voz seca, ainda perfurando-o com o olhar.
Ele desviou um rápido olhar para ela, somente para responder: “Sim”
Ela bufou e respirou fundo, livrando a toalha do aperto de suas mãos. Esta foi escorrendo lentamente por todo seu copo, deixando-a como veio ao mundo. Claire Evans deu um sorrisinho, malicioso e então murmurou: “E agora?”.
Pág. 112
Agora é esperar pelo lançamento do próximo livro, que eu espero que seja em breve, muito em breve mesmo, preciso de muito mais Alan Becket e de Claire Evans, principalmente como a Natália terminou o livro né?! Isso não se faz!!!!

Recomendadíssimo sem dúvida!
 5 Claves
Comentários
17
Compartilhe

17 comentários:

  1. Gostei da dica, este ano dediquei minhas leituras aos nacionais e tenho sido surpreendida, mas a revisão tem pecado muito, tem erros que encontrei que são grotescos.

    Bjos!

    Cida

    ResponderExcluir
  2. Oi Lay!
    Li essa história quando era uma fanfiction de Twilight e não aguentava a espera do capítulo seguinte. Então, quando estava me empolgando com a "segunda temporada", a Nath parou de postar por ele viraria um livro original. Agora, PRECISO ler o resto! kkkkkkkkkk E claro, comprar os livros. Eu amo o Generelíssimo <3
    Bjinhus!

    ResponderExcluir
  3. Que livro interessante!

    Gostei da trama, parece bem instigante.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  4. Interessante, um livro nacional sobre um tema basicamente internacional (tão usado pelos gringos). Aparentemente tem de tudo no livro: máfia, vingança, investigação, ação e romance.
    Um tipo de livro que tem o que precisa para envolver o leitor. Não conhecia a obra, mas estou bastante animada para lê-la quando tiver a oportunidade.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. O casal parece ser daqueles que nós leitoras nos apaixonamos desde o inicio!! As partes sobre a máfia e sobre a NSA me deixam curiosa, amo conspirações.

    Bjinhos
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  6. Nossa amei o livro, só com os trechinho fiquei muito intrigada e curiosa! Deve ser um livro realmente bom! Adorei!

    ResponderExcluir
  7. Eu acho tão legal isso de divulgar autores brasileiros, para mim é o melhor que podemos fazer para mais pessoas começarem a ler livros brasileiros, porque admitam ou não muitas pessoas tem esse preconceito por livros brasileiros. Eu acho livros brasileiros tão bons como qualquer outro livro. Então estou sempre procurando por livros brasileiros para eu ler e esse livro parece ser ótimo, adorei a resenha e mande um beijo para a autora para mim? KKK Eu coloquei esse livro na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Sou louca pra ler esse livro, lia a fanfic quando a Natália postava em um site e amava cada capítulo, quando fiquei sabendo do livro fiquei super na vontade de comprar, mas ainda não o fiz.

    Adorei a resenha (:

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  9. Minha reação quando vi que tinha resenha desse livro: "Aaaaaah, não brinca! É serio mesmo?"
    Ler essa resenha me deu nostalgia, fico lembrando da época em que essa estória era apenas uma fanfic... Era sempre tão divertido descobrir que tinha um capitulo novo postado, ou até mesmo ler uns trechinhos na comunidade que ela criou no Orkut.
    E era tão legal quando os leitores ficavam inventando um monte de estorias engraçadas com os personagens...
    Sabe, foi tão legal reler esses trechinhos que você colocou. Me fizeram lembrar de como foi bom ler A Infiltrada. A Natália, arrasa.
    Vou te dizer uma coisa, eu li um pedaço da segunda temporada e pode apostar, está tão maravilhosa quanto a primeira. Coisas surpreendentes irão acontecer, você não perde por esperar.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lay
    Não conhecia esse livro e gostei muito da trama, fiquei super empolgada pra ler *-*
    Parabéns pela sua resenha, ficou maravilhosa e me deixou mais curiosa ainda pra ler!

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  11. Parece ser aquele livro que você fica pensando mesmo depois de ter acabado, acho que deve ser aqueles livros ''chiclete'', amo livro assim!

    ResponderExcluir
  12. Ai gente, esse livro é bom demais e eu não estou me aguentando de ansiedade para ler a segunda temporada!!!!

    ResponderExcluir
  13. Natália Marques22 novembro, 2012

    Ótima resenha, Lay! Espero que a segunda temporada esteja aqui em breve!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Eu também espero Naty!!! Mega ansiosa para saber as surpresas que você trará!!!! Tomara que não demore muito...

    Beijão!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Parabéns ao Blog pela divulgação dos livros de autores nacionais.A historia do livro é original e interessante.Fiquei fascinada pela dica,super interessante,porque mostra uma protagonista que até então só tínhamos visto em Séries como: Nikita,Alias,Hunted...
    Esse cenário envolvendo a máfia já chama a atenção(lembrando O Poderoso Chefão,Família Soprano),esse tom de suspense, aguça a curiosidade para acompanhar Claire, e descobrir o que acontecerá.
    Nessas duas missões para reconquistar a confiança da máfia, ela vai ter que esquecer o amor que sente ou não?
    Nessa resenha achei os personagens fortes, mas do tipo cabeça dura, com muito orgulho e arrogância e parece que nenhum dos dois vai dar o braço a torcer.
    Realmente fica claro que é uma relação de amor e ódio,no início o ódio está ganhando.

    ResponderExcluir
  16. Lay!Fiquei lendo a resenha e ja imaginando a historia...vc conseguiu me empolgar com a sua resenha e se tratando de um livro nacional, sem duvida alguma que vou ler,e essa provocação entre os protagonistas hein???? Fiquei aqui querendo saber mais, rsrs! bjao Lay!

    ResponderExcluir
  17. Participando :) Adorei a resenha, fiquei super curiosa com a hist´ria e com os personagens. Torcendo muitooooo pra ganhar LITERATURA NACIONAL, NÃO TEM IGUAL.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações