26 de fev de 2013


[Resenha] Viva para Contar - Lisa Gardner


Ficha Técnica

Título: Viva Para Contar
Título Original: Live to Tell
Autor: Lisa Gardner
ISBN: 978-85-8163-016-8
Páginas: 479
Ano: 2012
Tradutor: Ivar Panazzolo Júnior
Editora: Novo Conceito

Capa_viva para contar.inddEm uma noite quente de verão, em um bairro de classe média de Boston, um crime inimaginável foi cometido: quatro membros da mesma família foram brutalmente assassinados. O pai — e possível suspeito — agora está internado na UTI de um hospital, entre a vida e a morte. Seria um caso de assassinato seguido por tentativa de suicídio? Ou algo pior? D. D. Warren, investigadora veterana do departamento de polícia, tem certeza de uma coisa: há mais elementos neste caso do que indica o exame preliminar.


Resenha

Você já ouviu falar em Lisa Gardner? Se sua resposta foi não, está na hora de conhecê-la. Ela já escreveu várias thrillers, alguns romances com o pseudônimo de Alicia Scott e com o seu talento ela não poderia estar de fora dos mais vendidos do New York Times.
Sobrevivi. E, mesmo que não consiga me lembrar sempre do que aconteceu, eu vivo. Viver é a principal obrigação do sobrevivente.
Pág. 9
“Viva Para Contar” é o quarto livro lançado da série da detetive D. D. Warren, que no total já possui seis títulos. Eu nunca li nenhum dos outros livros, mas nem por isso tive dificuldade de conhecer a detetive e/ou entender a história. Acredito que o livro possa ser lido como uma unidade sem depender dos outros componentes da série. Porém, depois de ler este exemplar ao qual resenho, sem dúvidas irei em busca dos outros.
Eu procurava por uma resposta que nunca encontrei. Meu pai matou a família inteira, exceto a mim. Será que aquilo significava que me amava mais do que aos outros, ou me odiava mais do que aos outros?
Pág. 7
Não posso me aprofundar bastante na história de “Viva Para Contar”: o livro é um suspense daqueles de tirar o fôlego, com direito a cada final de capítulo lhe surpreender e você não querer mais parar de lê-lo, e de forma alguma quero estragar a alegria de ninguém contando coisas que talvez possam atrapalhar tamanho entretenimento.

A autora Lisa não é nem um pouco amadora, ela nasceu para escrever. Para vocês terem ideia o livro possuí três narradoras. Escrever uma história coesa com um narrador já e complicado, imagine com três. Mas isso é um dos fatores que enaltece esta história; três distintas personagens, cada uma com sua vida e seus problemas, mas que em certo ponto do livro irão se encontrar para formar aquele clímax épico. “Viva Para Contar” é um suspense do começo ao fim, com direito ao “quem matou”, “arma do crime” e “motivo”. Uma partida frénetica de detetive condensada em menos de 500 páginas.

“Danielle Burton é uma sobrevivente, uma enfermeira dedicada cujo propósito na vida é ajudar crianças internadas na ala psiquiátrica de um hospital. Mas ela ainda é assombrada por uma tragédia familiar que destruiu sua vida no passado. Quase 25 anos depois do ocorrido, quando D. D. Warren e seu parceiro aparecem no hospital, Danielle imediatamente percebe: vai acontecer tudo de novo.”

Além da detetive D. D. Warren e da Danielle a outra narradora é a Victoria Oliver, uma mãe solteira que têm que cuidar de seu filho sozinha, e ao mesmo tempo (re)aprender o significado de viver... com segurança. E é com tão distintas personagens que “Viva Para Contar” vai evoluindo a cada página, crescendo e crescendo até não poder mais. Assassinatos em série, estranhas mortes e uma corrida contra o relógio... Quem será a próxima vítima?

Essa obra prima vai muito além do que a sinopse nos diz, Gardner mergulha em um área o tanto quanto distinta, principalmente no campo do suspense. Com um trabalho de pesquisa feito, ao qual nos é descrito nos agradecimentos do livro (com direito a fatos veridicos de pessoas próximas a ela), a autora nos transporta ao mundo das crianças psicóticas.
Você se esforça quando é pai ou mãe. Você ama além do qualquer defeito. Você luta além de qualquer dificuldade. Sua esperança vai muito além de qualquer decepção. Mas você nunca pensa, até o último minuto, que tudo isso pode não ser o bastante.
Pág. 108
Nunca tinha ouvido falar em Lisa ou em “Viva Para Contar” antes, mas depois de terminar de ler este livro sei que isso chega a ser um tamanho desrespeito perante a tal incrível ficção e excelente autora. Tenho vontade de mandar todo mundo ler ele urgentemente. Para quem não dava nada pela capa, eu incrivelmente tive o prazer de me deparar com uma bela surpresa - em todos os sentidos possíveis.

Book Trailer
 
 
     
5 livros

Tácio
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Com certeza vai para minha lista. Amo livros policiais e com suspense e mistério, pois não existe sensação melhor que ir lendo e descobrir o que realmente aconteceu.

    ResponderExcluir
  2. Não faz muito meu gênero de leitura, mas essas 5 estrelinhas me fez querer ler, UAHUAHUAUAUUA

    Beijão
    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  3. WOW 3 narradoras sem perdera qualidade da narrativa ? Fiquei bastante animado para ler o livro, adoro esse gênero literário ainda mais quando é bem feito. Geralmente os escritores constroem uma trama bem envolvente, mas decepcionam na resolução dos conflitos. Espero que Lisa Gardner não me decepcione =]

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é PERFEITO! Terminei de lê-lo essa semana e simplesmente amei, a leitura flui bastante. A parte que me dava mais vontade de ler é quando tinha Evan.
    Eu ganhei esse livro num sorteio e nem tava tão afim de ler, mas deu vontade e peguei ele para ler, e posso dizer com toda certeza que não me arrependi. Agora eu quero ler mais e mais livros da Lisa Gardner.
    Quem ler não irá se arrepender!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. nuuussa... querida lay, os trechos que você retirou mexeram comigo. este é um livro que eu passaria longe, não me encantei pela capa e ela é a primeira que me chama a atenção. depois o nome do autor e por aí vai. depois de sua resenha fui correr atrás de outros livros dela e só encontrei algo dela na coletânea "ruas estranhas" do velho e bom george r.r.martin. então a dica está anotada menina, acho que vou começar pela coletânea, porque essa eu tenho aqui.

    ResponderExcluir
  6. Eu também não conhecia a autora, mas estou super curiosa em conhecer a sua escrita.
    Esse livro está na minha meta de 2013.
    Um bom suspense é sempre bem vindo, ;)

    ResponderExcluir
  7. Somos duas, nunca ouvi falar na autora, porem estou bem curiosa com o livro que o genero e o enredo são otimos!!

    ResponderExcluir
  8. Realmente, eu tb não daria nada pela capa, mas adorei o enredo da história. O livro parece ótimo!!

    ResponderExcluir
  9. Já vi esse livro muitas vezes, a capa não me chamou a atenção.. nunca li nada da Lisa ... mas achei muito interessante ... quero ler ... amo um bom suspense... e adorei os trechos que você colocou

    bjuss

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações