3 de mar de 2013


[Resenha] Extraordinário - R. J. Palacio


Título: Extraordinário
Título Original: Wonder
Autor: R. J. Palacio 
ISBN: 978-85-8057-301-5
Páginas: 320
Ano: 2013
Tradutor: Rachael Agavino
Editora: Intrínseca

EXTRAORDINARIO_1358872313B[3]August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

Resenha

Sabe aquele livro que te dá uma lição de vida? Foi assim que me senti lendo Extraordinário. O livro nos apresenta à August Pullman, um garoto de 10 anos que nasceu com uma síndrome rara que fez com que seu rosto não fosse igual ao das outras pessoas.

Embora Auggie esteja acostumado com os olhares que recebe, tudo que ele queria era ser uma pessoa com um rosto normal, que ninguém notasse.
Pediria para poder andar na rua sem que as pessoas me vissem e depois fingissem olhar para o outro lado. Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma.
P. 11
Passar de criança à adolescente já é complicado e Auggie, que até então estudava em casa, enfrenta também o desafio de conviver diariamente com outras crianças, que não lhe conhecem, e que podem ser “más” mesmo que não queiram intencionalmente. Por esse motivo o livro ficou muito conhecido pelo mundo, criando uma corrente anti-bullying.

A forma como Auggie encara a vida é muito inspiradora, nos faz perceber que muitas vezes reclamamos de barriga cheia, como dizem. Afinal, nascer com essa síndrome o fez encarar várias cirurgias, além de outros agravantes como sua respiração, sua alimentação, sua audição e nós aqui, em perfeita condição física, reclamando de que mesmo?

Além de termos a narrativa na visão de Auggie, também temos na visão de Olivia (sua irmã mais velha, que o trata como se fosse seu filho de tanto que ela cuida do irmão), de Summer (colega de escola de Auggie), Jack (também um colega de escola de Auggie), Justin (namorado de Olivia) e Miranda (amiga de infância de Olivia), o que nos mostra como Auggie influencia a vida deles.

No mais, temos um dos professores de Auggie que cada mês apresenta um preceito para que as crianças aprendam a conviver melhor uns com os outros e sinceramente acredito que merecem ser compartilhados, então colocarei alguns deles abaixo para que vocês também conheçam e multipliquem, certo?

- “Quando tiver que esscolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.” Dr. Wayne W. Dyer
- “Seus feitos são seus monumentos.” Inscrição em tumba egípcia
- “Não tenha amigos que não estejam à sua altura.” Confúcio
- “Audentes fortuna iuvat.” (A sorte favorece os bravos) Virgílio
- “Nenhum homem é uma ilha.” John Donne
- “É melhor saber algumas perguntas do que todas as respostas.” James Thurber
- “Palavras gentis não custam muito, e ainda assim conquistam muito.” Blaise Pascal
- “O que é belo é bom, e o que é bom em breve será belo.” Safo

Sem dúvida, esse livro é uma lição de vida, para nos mostrar a agradecer mais pelo que temos todos os dias.
Minha mãe me abraçou mais apertado, se inclinou e deu um beijo no alto da minha cabeça.
- Eu que agradeço, Auggie - respondeu ela. 
- Pelo quê?
- Por tudo o que nos deu. Por entrar nas nossas vidas. Por ser você.
Inclinou-se de novo e sussurrou em meu ouvido:
- Você é mesmo extraordinário, Auggie. Você é extraordinário.
P. 310
Confiram o book trailer abaixo e boa leitura à todos!!!

5 livros
Comentários
13
Compartilhe

13 comentários:

  1. Gosto de tramas com esse teor de reflexão.
    Estou bem curiosa com esse livro, Lay.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. É a primeira resenha do livro que leio, e se eu o queria antes, agora essa vontade aumentou. Pela sua resenha deu para perceber que esse livro leva a reflexão, mas sem cair nos clichês do gênero.

    ResponderExcluir
  3. Nossa parabéns pela resenha do livro Extraordinário,um dos primeiros Blogs a publicar.Adoro livros com lições devida que nos emocionam e nos fazem refletir sobre a vida e principalmente criando uma corrente anti-bullyng.
    O livro deve ser realmente emocionante e pela resenha deu vontade de ler e acompanhar esta história envolvente onde August veio ao mundo com condições "especiais",mas mesmo com tantas adversidades tenta levar uma vida normal,como ir à escola,mas o preconceito com certeza vai doer mais do que seu problema genético
    Os olhares e julgamentos vão mexer com o mundo de August e ele vai ter que através de sua coragem e de amizades vencer o preconceito.
    Gostei da autora utilizar um pouco de humor, e de destacar que a gentiliza é um sentimento que é capaz de fazer a diferença.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha.
    Esse livro parece ser bem emocionante, fazendo-nos refletir sobre a nossa vida, nossas escolhas e decisões. Nem consigo imaginar como deve ser receber olhares críticos a todo momento de pessoas que você não conhece, enquanto anda na rua...
    Com certeza vou ler esse livro!

    ResponderExcluir
  5. Eu não sei se eu conseguiria ler esse livro, acho que ele deve ser triste de mais no fundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cath, o livro não é triste, trata a síndrome de Auggie de forma diferenciada, mostrando-se forte quando outros se entregariam.

      Dê uma chance ao Auggie, vale a pena, com certeza!

      Beijos

      Excluir
  6. Essa é a primeira resenha do livro que leio, e quando vi que era dele até fiquei numa ansiedade danada aqui pra ler logo rs.
    Esse livro já chamou minha atenção pela capa, depois que vi a sinopse fiquei com muita vontade de ler e agora com a resenha reforçou.
    Realmente uma história comovente e tocante, pra pensar.
    Pena que ainda não está fácil de encontrar nas livrarias.

    ResponderExcluir
  7. Quando vi essa capa pela blogosfera não pensei que se tratava de um livro tão profundo! Acho que quando eu ler e eu vou ler vou ficar emocionada... :)

    ResponderExcluir
  8. Ouvi muito sobre Extraordinário, realmente parece ser um livro muito emocionante , adoro livros que nos fazem refletir, acho que livros assim nos ajudam a crescer como pessoas, realmente a capa nem sempre revela o conteúdo

    ResponderExcluir
  9. Esse não é o meu estilo favorito de leitura, mas já li tanta coisa boa desse livro, que me deixou curiosa em relação a ele.
    Acho que vale a pena lê-lo!!

    ResponderExcluir
  10. No início eu não dava nada pelo livro, não tinha curtido muito. Com o tempo, comecei a ler resenhas sobre ele e me deu vontade de ler... Fiquei bem curiosa, é fato!

    ResponderExcluir
  11. Ja tinha visto esse livro nas prateleiras das livrarias..mas nunca me chamou muito atenção, porem ao ler sua resenha fiquei muito curiosa. Com certeza esta na minha lista de próximos livros ;)

    ResponderExcluir
  12. Nossa muito interessante este livro, ele está na lista dos "a serem lidos" ! :D Linda resenha!!

    http://www.magisbook.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações