18 de abr de 2013


[Resenha] A filha de minha mãe e eu - Maria Fernanda Guerreiro


Ficha Técnica

Título: A filha de minha mãe e eu
Autor: Maria Fernanda Guerreiro
ISBN: 978-85-63219-15-2
Páginas: 256
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito

capa_ a filha da minha mãe e eu.inddSensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.


Resenha

A filha de minha mãe e eu é uma narrativa contada em primeira pessoa por Mariana que reflete sobre seu relacionamento com sua mãe. O livro começa quando ela descobre que está grávida, e se vê em um dilema pois ela precisa se conciliar com seu passado, como filha, para ter um futuro, como mãe.
Quando vi as duas listras azuis no teste de gravidez, tive uma certeza: preciso me sentir filha antes de me tornar mãe.
Pág. 7
Ela nos conta sua historia, sua infância e adolescência. Em sua narrativa se percebe a sua relação com cada membro da família. Desde a competitividade e carinho com o irmão, a cumplicidade e união com o pai e a relação conturbada com a mãe.

Apesar do esqueleto do livro ser a relação de Mariana e Helena, sua mãe, todos da família tem grande influência no rumo da história. Através das imperfeições e acontecimentos, a família enfrenta os conflitos que aparecem em seu cotidiano.

Selo Parceiros Novo ConceitoMesmo a historia sendo narrada por Mariana, a personagem que mais me surpreendeu foi Helena, um ser complexo, imprevisível e cheio de personalidade. Seu Irmão, Guga, passa por grandes transformações durante o enredo trazendo conflitos essenciais para a história. O pai,Tito, é um homem bondoso e amigo, mas foge de conflitos e discussões e que atenua em muitos momentos os conflitos familiares. Também temos Maria João, irmã de Tito, que traz temas interessantes ao enredo e avós que aparecem em alguns pontos na história.

No decorrer da narrativa Mariana não só narra sua história como também passagens da história de vida de seus pais. O que incrementa a história trazendo elementos que nos faz compreender o comportamento e atitudes dos personagens.

No desenrolar da narrativa, a autora engaja de forma interessante personagens secundários, mudando assim o rumo dos fatos e trazendo consigo emoção e ação a história. Isso apimenta e traz descobertas para nossa narradora Mariana.

No livro é abordado temas como drogas, aborto, homossexualismo, sexo, dentre outros. Esses temas são abordados de forma natural e suave, transformando a leitura em boas reflexões.

Por isso achei a história do livro atemporal e muito verdadeira. E em vários pontos nos faz refletir sobre a relação entre pais e filhos.

É um livro reflexivo, leve e profundo. Que fala sobre as relações humanas, principalmente familiar. Uma boa e emocionante leitura. Suas páginas estão lotadas de conflito e psicologia. A Novo Conceito está de parabéns, a publicação tem qualidade editorial e ótima diagramação.



4 livros

Tiarades
Comentários
14
Compartilhe

14 comentários:

  1. Adorei saber a resenha!
    Estou querendo ler muito esse livro!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desse livro. Foi o último livro que li no ano passado, e apesar de não ser muito o meu estilo de leitura, gostei bastante da narrativa, das lições que o livro traz e do desenrolar de toda trama e dos personagens. Cada personagem teve um papel muito importante no crescimento e reflexão da protagonista. Realmente adorei a história e a autora está de parabéns.

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  3. Eu não consegui ainda me animar por esse livro, ele me lembra ainda uma boa soneca.

    ResponderExcluir
  4. Vi muita gente falando desse livro, e ele parece ser ótimo. Não é muito meu estilo, mas acho que é digno de uma chance, haha.
    Gosto de livros que trazem reflexões, que nos envolvem e que nos ensinam algo, livros de ficção são bons, mas a gente não pode ficar sempre sonhando, é bom colocar o pé no chão de vez em quando.
    Gostei muito da resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  5. Esse livro não é muito meu estilo, mas achei o enredo interessante, parece emocionante.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha!
    Não tinha me interessado pela sinopse, mas após ler a sua resenha, fiquei bastante curiosa sobre o livro. Gosto de histórias que nos leva a refletir sobre coisas importantes, como relações de família =)

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua resenha!!!
    Acabei de ler esse livro e gostei muito,me fez rever alguns pontos de meu lado mãe e do meu lado filha...pena que já não tenho minha mãe aqui...Bj.

    ResponderExcluir
  8. Esse livro chamou muito minha atenção devido ao relacionamento difícil entre mãe e filha.
    Minha expectativa pra ler foi grande, o livro é bom abordando vários assuntos que são muito reais na vida de muitos e faz pensar, porém não sei explicar o porquê senti grande antipatia pela protagonista.

    ResponderExcluir
  9. Muito interessante a historia do livro, pois o relacionamento entre mãe e filha é muito importante só que muito difícil em algumas famílias, pois nem sempre mãe e filha se entendem, e acho que esse livro será bom pra que cada filha repense como esta o seu relacionamento com a mãe, pois tudo que ela passou você vai passar algum dia na vida.

    ResponderExcluir
  10. Não imaginava que o livro abordasse outros temas, que não fosse a relação entre a mãe e a filha.
    Parece bem comovente, :)

    ResponderExcluir
  11. Esse livro não é muito o meu estilo, mas já vi tantos comentários positivos desse livro, inclusive de uma amiga, que fiquei muito curiosa!!

    ResponderExcluir
  12. Acho esse um livro bem delicado e interessante, tenho muita curiosidade em lê-lo. Acho que a capa transmite muito da história, adorei.

    ResponderExcluir
  13. Já li algumas resenhas a respeito desse livro mais posso que falar que não fiquei muito interessada logo no inio com o livro, mesmo me identificando com o livro, posso dizer pelo que li que é um ótimo livro só não consigo me "animar" para essa leitura atualmente.

    ResponderExcluir
  14. Fiquei curioso pra ler esse livro, deve ser muito bacana mesmo.

    Dieison , do RS.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações