4 de jul de 2013


[Conhecendo o Autor] Landulfo Almeida


landulfoANa adolescência me apaixonei pelo cinema, assistia tudo e lia o que conseguia obter sobre o mundo da 7ª arte. O contato com os livros, embora tenha acontecido na infância, foi lentamente transformando-se em amor na idade adulta. “As brumas de Avalon”, de Marion Zimmer Bradley, foi o primeiro livro, na realidade uma série de quatro livros, que me fez perceber o poder da literatura. Foi mais ou menos por aí que comecei a escrever. Primeiro, resenhas sobre filmes, secretas e tímidas, para os olhos de poucos. Depois pequenas histórias, ensaios esporádicos, guardados no fundo da gaveta mais escondida. Mas, o trabalho e os estudos ganhavam precedência e a escrita foi deixada à margem. Por muitos anos foi apenas uma válvula de escape para minha imaginação contida. Contudo, lia cada vez mais. Marion Zimmer Bradley, John Grisham, Stephen King, Anne Rice, Stieg Larsson, Jeffrey Archer, Dan Brown, J.K. Rowling, Laurentino Gomes, e clássicos como Arthur Conan Doyle, Hemingway e Jane Austin, para citar alguns, preenchiam minha vida e alimentavam minha criatividade.

Dois elementos, combinados, transformaram essa realidade. O primeiro foi uma grande mudança na minha vida profissional. Desliguei-me de quase todas as atividades em que atuava (professor, empresário e gerente de marketing) e passei a me dedicar exclusivamente às operações em bolsa de valores. Com o trabalho de forma autônoma, em casa, esse arranjo me garantiu bastante tempo livre durante o dia.

O segundo elemento forneceu a inspiração. Minha filha. Por ela voltei a colocar no papel a minha imaginação. Criei uma série de pequenas histórias, “As histórias da Princesa Lulu”, para colocá-la para dormir, embora nunca as tenha publicado. Depois, aos seis anos, minha filha resolveu por vontade própria escrever um livro. E escreveu. Com “Tutu, o tubarão e o polvo” me mostrou que não existe hora para começar.

Aí voltei a escrever cada vez mais e, em um belo dia, nasceu “As duas faces do destino”. Simplesmente não conseguia parara de digitar. O processo foi longo, envolveu aprendizado e pesquisa. Foram três anos até finalizar a história. É uma trama de aventura e mistério na qual consegui inserir nas entrelinhas muito do que acredito. Fiquei feliz com o resultado e decidi publicar.

O caminho foi difícil. O processo contou com as rejeições de costume e uma escolha infeliz de parceria com uma editora pequena, com a qual apenas perdi dinheiro. Já com a editora Novo Século a história foi outra. O contato foi fácil e o retorno rápido. Fechamos o contrato pelo selo Novos Talentos da Literatura Brasileira. Sugiro que os autores iniciantes conheçam o programa, é muito interessante (o autor participa com parte dos custos de publicação). Estou extremamente feliz em fazer parte do conjunto de autores da Novo Século.

Participar ativamente da divulgação tem sido maravilhoso. Os amigos, os blogueiros e os leitores têm sido muito generosos em seus comentários. Ver o livro impresso é uma emoção indescritível, contemplá-lo na livraria uma realização e perceber que está sendo bem recebido aquece a alma. Aproveito para fazer um agradecimento especial aos blogs literários. Acredito que têm feito um papel importantíssimo para estimular a leitura nesses tempos virtuais. É claro para mim que são pessoas apaixonadas pelos livros e abnegadas em sua dedicação pela causa da literatura.

Estou escrevendo outra história, mas ainda é cedo para comentar. Só posso adiantar que estou muito empolgado.

Deixo um grande abraço para a Lay, toda a equipe e os leitores deste excelente blog.

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Então, curtiram conhecer um pouco mais o Landulfo??? Sem dúvida vocês já devem ter visto a resenha do livro As Duas Faces do Destino aqui no blog e que até o dia 15 de julho temos a promoção do livro acontecendo por aqui, então, para quem ainda não está participando, ainda dá tempo, certo?
lateral

Beijos e até a próxima!
Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Que história bacana, adorei a trajetória dele! Vou participar do sorteio, já que o livro me despertou curiosidade. Ótimo post, Lay :)

    ResponderExcluir
  2. Legal conhecer um pouco mais do autor. E achei muito fofo da parte dele reconhecer o trabalho dos blogueiros e sua importância.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal conhecer um pouco mais sobre a autor. Gostei do titulo do livro dele,espero ler em breve.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações