19 de jul de 2013


[Resenha] A Garota que Eu Quero - Markus Zusak


Ficha Técnica

Título: A Garota que Eu Quero
Título Original: Getting the Girl
Autor: Markus Zusak
ISBN: 978-85-8057-373-2
Páginas: 175
Ano: 2013
Tradutor: Vera Ribeiro
Editora: Intrínseca

a garotaCameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.


Resenha

Cameron Wolfe é um rapaz solitário, o mais novo de uma família com quatro filhos - três meninos e uma menina - e seu maior sonho é se apaixonar e ser correspondido. O seu irmão do meio, Rube, é um conquistador nato, só basta sorrir para uma garota cair aos seus pés, porém ele muda de namorada como troca de roupa. Cameron então se pergunta se algum dia poderá dar à alguma dessas garotas o que elas realmente merecem.

A atual namorada de Rube se chama Octavia e Cameron é maravilhado por sua inteligência, senso de humor e também por sua beleza. Quando Cam percebe que Rube está começando a dispensar Octavia, ele fica preocupado de nunca mais poder vê-la. Porém as vezes nós estamos tão focados em alguma coisa que não vemos o óbvio, e é isso que acontece, já que esse tempo todo Octavia viu em Cameron o que nenhuma outra garota - ou pessoa - conseguiu ver antes nele.
Eu queria apenas ser tocado por uma garota, um dia. Queria que ela não me olhasse como se eu fosse um perdedor imundo, rasgado, meio risonho e meio carrancudo que tentava impressioná-la.
Pág. 08
Quando Octavia abre um espaço e se mostra disposta a se relacionar com Cameron, ele fica bastante surpreso e totalmente sem ação, porém ao cair a ficha ele não pensa duas vezes e se joga de cabeça nesse relacionamento, sem pensar antes qual será a reação de seu irmão ao saber que ele está saindo com a sua ex-namorada. Desta forma iremos ver as reviravoltas que o primeiro amor pode trazer e o auto-descobrindo da personagem principal.
Continuou pedindo que eu olhasse para ela, mas eu ainda não estava pronto. Em vez disso, levantei-me e olhei para a casa [...] a garota, como sempre, não estava em parte alguma. No entanto, havia uma garota perto de mim [...] Ela me olhou e me fez retribuir o olhar. [...] E o rosto de Octavia clamou por mim no silêncio da noite urbana quando ela perguntou:
– Você quer ficar em frente à minha casa, em vez disso?
Pág 60
selo_blogparceiro_2013.1_thumb13212“A Garota que Eu Quero” é o terceiro volume de uma trilogia escrita pelo Markus Zusak (A Menina que Roubava Livros), porém eu - e metade do mundo pelo visto hahaha - não sabia disso. O nome do livro em inglês se chama “When Dogs Cry” e foi lançado na Austrália em 2001, os antecessores são “The Underdog” (1999) e “Fighting Ruben Wolfe” (2000). Vocês podem perceber toda uma referência canina nos títulos, e isso é relacionado aos poemas escritos pelo Cameron no livro, que são intercalados entre os capítulos.

Em 2003, “When Dogs Cry” foi lançado nos EUA com um novo nome “Getting The Girl”, e foi este o título utilizado para nossa versão traduzida. Os outros dois primeiros livros já foram lançados no país pela editora Bertrand e se chamam “O Azarão” e “Bom de Briga”, por algum motivo a editora não deve ter tido os direitos legais de publicar o último livro da trilogia, e a Intrínseca adquiriu os direitos de “A Garota que Eu Quero”, vendendo-o como um romance único (como foi feito em 2003 nos Estados Unidos).

Capas de “O Azarão” e “Bom de Briga”
o-azaraoBom-de-Briga
Meu problema, eu acho, vinha de eu ter passado tanto tempo dentro da solidão. Eu sempre observava as garotas de longe, mal me aproximando o bastante para sentir de verdade, isso também trazia certo alívio. Não havia pressão. Incômodo. De certo modo, era mais fácil apenas imaginar como seria, em vez de enfrentar a realidade da coisa. Eu podia criar situações ideais e maneiras de agir que me fariam conquistá-las.
Pág. 76
“A Gorota que Eu Quero” é um livro curtinho, podendo ser lido em poucas horas. Sua história é bem simples mas é bem escrita, as palavras são muito bem escolhidas e utilizadas no momento certo. Eu estava esperando drama, ação, confusão e uma carga bastante intensa, mas isso não ocorre. Zusak percorre outro caminho, nos entregando um livro que fala de amor mas onde o foco principal é a irmandade. Essa relação entre Cam e seus irmãos me chamou muito mais antenção do que o romance entre ele e Octavia.

Apesar de ser o último livro de uma trilogia, não tive problemas em entender a história em nenhum momento. Porém, agora percebo que algumas personagens como a irmã de Cam e os seus pais são meros coadjuvantes no contexto geral, possivelmente sendo melhores desenvolvidos nos livros anteriores. Agora me resta ler os outros, para poder entender por completo o universo da família Wolfe.

3 livros

Tácio
Comentários
37
Compartilhe

37 comentários:

  1. Confesso que a coisa que mais me atraiu a ler o livro foi o fato de ser escrito pelo Markus Zusak rs. O enredo não me chamou muita atenção não.

    ResponderExcluir
  2. Opa é melhor eu adicionar os dois outros livros na minha lista antes que eu esqueça. A estória parece ser muito boa. Também pensei que teria o foco no romance, mas ainda sim parece ser muito legal.
    Com amor,
    Sara Adelino.

    ResponderExcluir
  3. Oiii eu ainda não li nenhum, mas não gosto quando acontece isso uma editora está publicando a série e depois outra continua publicando a continuação, nós leitores ficamos perdidos, outra que perde totalmente o foco, os dois primeiros tem as capas parecidas, aí esse último é totalmente diferente, parece ser boa a história, mas eu só leria esse depois de ler os dois primeiros, foi bom saber que o romance fica em segundo plano, pois assim caso for ler já saberei qual o foco principal do livro, que é os irmãos...parabéns pela resenha.

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu também não sabia que essa é uma trilogia! Quero muito ler pq falam muito bem do autor. Uma pena essa mudança de editora, essas capas diferentes não me agradam.

    ResponderExcluir
  5. Larissa Fernandez Carvalho03 agosto, 2013

    Esse livro não é o terceiro da trilogia! é um livro extra, escrito pelo Zusak dois anos depois, e se chama Getting The Girl! When Dogs Cry é o terceiro volume da trilogia, e deve ser publicado pela Bertrand.

    ResponderExcluir
  6. Não entendi... é o terceiro da trilogia? ou um extra?
    De qualquer forma vou ler, já li os dois anteriores (ou não)
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é o terceiro de uma trilogia, sim! When Dogs Cry é conhecido também por Getting the Girl.

      Excluir
  7. Ah, esse livro deve ser tão bom! E a capa é simples...Mas tão linda!
    Eu já tinha me interessado pelo livro, mas nunca tive uma certa oportunidade para comprá-lo.
    Estou sempre por dentro dos livros da Intrinseca que adiciono logo na minha ''lista''
    Mesmo não sendo aquela leitura que tira o fôlego, ou aquela que me derrete. Eu gostaria muito de ler um livro leve, pequeno e sem agitações. Ainda mais sendo narrado por um garoto...Ah deve ser uma leitura muito agradável.
    Entendo sua avaliação, mas acho que ele se tornaria algo na minha estante,
    Parabéns pela resenha, é bem interessante.

    ResponderExcluir
  8. Cara,acredita que estive a ponto de comprar esse livro na bienal ? kkkk
    Adorei mesmo a resenha e tá na minha lista de compras.Tô de olho a muito tempo nele <3

    ResponderExcluir
  9. Gostei do enredo e realmente às vezes a história de fundo é mais interessante do que é proposto como a história principal, eu ainda estou aprendendo a analisar as outras coisas que o livro propõe além do enredo principal, e acho que esse livro é desses que você analisa como bom através desse enredo secundário se podemos assim chamá-lo, só lendo para dar uma opinião mais completa.

    ResponderExcluir
  10. Oiee

    É o último livro de uma trilogia escrita por Markus Zusak, onde o personagem busca alguém que corresponda aos seus sentimentos e não apenas o julgue por sua aparência. O autor não só trabalha a questão do amor, da irmandade mas a complexidade de um personagem que transforma cada sofrimento da vida em um texto.
    Acredito que após vivenciar diversas desilusões, o protagonista passa a se considerar um perdedor e tenta reprimir a esperança de descobrir a magia do primeiro amor. Parece que é uma história comovente.
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Gostei!!!!A história é bem interessante,gosto de livros com adolescentes.Só não gostei muito de saber que é o último da trilogia...

    ResponderExcluir
  12. Apesar de muitos comentários de o livro não ser o melhor escrito por Markus Zusak, mas quero muito ler, e ter a série. Acredito que devido A garota que roubava livros, ele me conquistou, e por mais ruim, animo a ler essa série.

    ResponderExcluir
  13. Confesso que não conhecia o teor do livro até ler sua resenha, é o primeiro contato com o conteúdo do livro que estou tendo, já fiquei meio que de olho nele por ser sa intrínseca, e sou apaixonada pelos livros da editora porque eu tenho a impressão de que eles só publicam livros espetaculares! E cara fiquei com muita vontade de lê-lo depois de terminar de ler a resenha, mais do que eu já estava! Achei o livro fofinho, com uma história bonita e que talvez sirva para refletir um pouco. Acho a capa bem legal, e eu também morreria hoje e não iria saber que o livro é o terceiro, pelo visto só me interesso por trilogias ou séries, a cada vez mais eu confirmo essa minha teoria laskdjaksdjlkejr me identifiquei com uma característica do Cameron, o que me impulsionou ainda mais a querer ler a série. Portanto, espero conseguir lê-lo em breve e os livros anteriores também, fiquei tentada e entusiasmada para lê-los :) Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li nenhum da trilogia, a história em sim não me chamou muita atenção, parece que tudo ocorre sem emoção e sem interesse, mas vou ler o livro para entender melhor a relação dos irmãos na história. Quem sabe não gosto.

    Até mais!

    http://www.escrivaninhaliteraria.com

    ResponderExcluir
  15. Ainda não tive oportunidade de ler...mas, este ''a garota que eu quero'' parece ser um livro muito fofo, fiquei curiosa...

    ResponderExcluir
  16. Tenho muita vontadede ler! Parece ser muito interessante e aparenta ser uma leitura não cansativa! Já estou participando de duas promoções desse livro. Se não ganhar, vou comprar com certeza! Quero muito!

    ResponderExcluir
  17. Gostei muito do livro, apesar de ter comprado por apenas 3 motivos ; autor, capa e preço.

    ResponderExcluir
  18. Oi Lay,fiquei encantada com a escrita de Markus Zusak,na expectativa para assistir no cinema.
    Também não sabia que ele fazia parte de uma trilogia,mas parece ser interessante principalmente por ter dramas familiares e os irmãos Wolfe e fiquei mais curiosa quando Vc mencionou:”história é bem simples mas é bem escrita, as palavras são muito bem escolhidas e utilizadas no momento certo”.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  19. Que legal!Muito legal a história do livro..e também nem imaginava que esse livro é uma trilogia.
    Um romance muito fofo no qual terei o prazer de ler!!
    Gostei muito de sua resenha..
    Bjs'

    ResponderExcluir
  20. Estou querendo ler faz um tempo, mas realmente não fazia IDEIA que era uma trilogia! haha Acabei de descobrir ao ler sua resenha, pois é, rs Acho legal que ele dê uma ênfase maior a irmandade do que o romance em si, pois não se vê muito isso abordado nos livros. Bom saber também, que apesar de ser uma trilogia dá pra ler sem precisar necessariamente ler os anteriores.

    ResponderExcluir
  21. Huum, achei o livro muito interessante e a resenha muito bem feita.
    Acho que vou gostar dolivro e como você disse eu não vou me perder por não ter lido os outros.
    eu quero

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem?
    Sua resenha está ótima e curti muito ela. Ainda não li o livro e pretendo fazer isso em breve, mas quero ler a trilogia toda. E está cada é muito delicada e bonita...

    ResponderExcluir
  23. Participando e estou morrendo de curiosidade pelas historia!!
    mih.prado@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. já li algumas resenhas negativas sobre esse livro, principalmente porque falaram que os outros da trilogia sao melhores ou algo assim, mas mesmo assim tenho curiosidade de ler para ter a minha opinião sobre ele!

    ResponderExcluir
  25. Que diferente uma história de amor narrada por um menino. Hoje em dia praticamente só se encontram histórias contadas pelo lado feminino... Vou colocar na listinha de livros pra ler!

    ResponderExcluir
  26. Sempe quis ler A Garota que roubava livros, fiquei curiosa quanto á esse livro.
    Mas acho que a capa dos dois primeiros ficaram bem mais bonitas.

    ResponderExcluir
  27. Estou com muita vontade de ler este livro, primeiramente o que mais havia me chamado a atenção fora a capa e não a sinopse, o que me deixara com muito receio em fazer a compra deste livro, porém a sua resenha meio que me fez ter a curiosidade de lê-lo >.<
    Bom, ao inicio, achei que o foco principal estaria no romance e não como você disse, na irmandade. Algo que me deixa mais curiosa para ler este livro é o fato de ser narrado por um garoto, que sonha em se apaixonar e ser correspondido, achei isso super bacana já que na maioria das histórias isso ocorre com uma garota... Aaah, eu quero ler, que ler!!

    ResponderExcluir
  28. Antes de tudo, se é Zusak, então já quero ler. Depois da sua resenha, fiquei mais curiosa com a história envolvente e deliciosa que Zusak proporciona.
    Adoro dramas, conflitos e uma virada, será que Cam vai ressurgir? O interesse pela garota vai despertar sua força e capacidade de mudar?
    Bom saber q é uma trilogia, assim posso acompanhar os irmãos e descobrir a personalidade de cada um. Particularmente, adoro os tímidos e deslocados, pela força vulcânica que carregam e nem desconfiam, hahaha…

    ResponderExcluir
  29. Eu só tenho o primeiro livro da trilogia até agora, mas ainda não li. A verdade é que depois de ler A Menina que Roubava Livros e Eu sou o Mensageiro, acabei me tornando fã do Markus Zusak. Independente da sinopse do livro, só de ver que ele é o autor já fico interessada no livro, muito disso é por que gosto muito da narrativa do escritor e fico admirada com a facilidade que ele tem para escolher e combinar as palavras.
    Vou tentar ler a trilogia na ordem, mesmo sabendo que isso não é tão necessário. O Cameron parece ser um bom personagem e quero ver como ele vai evoluir na história.

    ResponderExcluir
  30. Fiquei interessada. O pouco que já li do autor - "A Menina que Roubava Livros" - me encantou. Ver o ponto de vista masculino em romances é bom, pois é meio raro. Pena que a série não foi lançada por uma mesma editora. Detesto isso. :x

    ResponderExcluir
  31. Super fofa a estória. Markus Suzak arrasou em A menina que roubava livros, e acredito que nesse livro não vá fazer muito diferente. O enredo, no entanto, pareceu muito simplista e teen, totalmente diferente do outro sucesso dele.


    Beijinho, Mallú Ferreira

    ResponderExcluir
  32. Markus Zusak repetindo o sucesso de "A Menina que Roubava Livros". Acho que essa é a terceira ou quarta resenha que leio sobre "A Garota que eu quero", e todas, todas mesmo, fizeram com que eu ficasse muito curiosa para lê-lo. Espero conseguir tempo/dinheiro para fazer isso kk

    ResponderExcluir
  33. Nossa, fiquei muito interessada nesse livro e nos outros da trilogia. Amo os livros do Markus Zusak, já li A menina que roubava livros e Eu sou o mensageiro, e amei, então com certeza esses também serão ótimos.

    ResponderExcluir
  34. Nossa, fiquei muito interessada nesse e nos outros livros da trilogia. Amo os livros do Markus Zusak, já li A menina que roubava livros e Eu sou o mensageiro, e amei, então com certeza esse será ótimo.

    ResponderExcluir
  35. Li os três em sequencia... e sim! tem um excelente enredo e escrita fácil!!! o desenrolar da história é bem empolgante!

    ResponderExcluir
  36. Só vim aqui para dizer que estão usando trechos não autorizados da sua resenha em outra resenha.
    http://cafecomcafune.blogspot.com.br/2014/05/resenha-3-garota-que-eu-quero.html

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações