14 de jul de 2013


[Resenha] Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - J.K. Rowling



Ficha Técnica

Título: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Título Original: Harry Potter and the Prisoner of Azkaban
Autor: J. K. Rowling
ISBN: 978-85-325-1206-2
Páginas: 318
Ano: 2000
Tradutor: Lia Wyler
Editora: Rocco

PisioneiroAs aulas estão de volta a Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros, 4, foi triste e solitária. Tio Válter Dursley estava especialmente irritado com ele, porque seu amigo Rony Weasley tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer ligação de Harry com o mundo dos mágicos dentro de sua casa. A situação piorou ainda mais com a chegada de tia Guida, irmã de Válter. Harry já estava acostumado a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não aguentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal. Lá ele reencontra Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Harry saiba, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort. Sob forte escolta, o garoto é levado para Hogwarts. Na escola as dificuldades são as de sempre: Severo Snape, o professor de Poções, o trata cada vez pior, enquanto ele tem de se esforçar nos treinos de quadribol, e levar Grifinória à vitória do campeonato. Para piorar a situação, os terríveis guardas de Azkaban, conhecidos por dementadores, estão de guarda nos portões da escola, caso Sirius Black tente algo contra Harry. Por fim, Harry tem de enfrentar seu inimigo para salvar Rony e obrigado a escolher entre matar ou não aquele que traiu seus pais. Com muita ação, humor e magia, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva MacGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry.

Resenha
 
Dando sequência ao especial de Harry Potter aqui no De Tudo um Pouco, hoje, trago para vocês a resenha do terceiro livro da série.

Harry-Potter--E-A-Pedra-Filosofal33Assim como os dois primeiros livros, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, começa no meio das férias de Harry, ou seja, sempre no seu aniversário, dessa vez de 13 anos. Mais uma vez Harry está na casa dos seus tios que continuam não aceitando que ele seja um bruxo. Já acostumado a ignorar o desprezo dos familiares, Harry passa os dias fazendo seus deveres de férias escondido à noite trancado em seu quarto. Porém, durante as férias, Harry vê, no noticiário dos trouxas, a notícia de um fugitivo da prisão, mas o noticiário não informa nome nem de qual local ele fugiu. O que Harry não sabe é que esse fugitivo é um bruxo e que faz parte da sua história.
 
Ainda na rua dos alfeneiros, os Dursley recebem a visita da Tia Guida, irmã do Tio Valter, uma mulher insuportável, assim como o irmão, que também não gosta nem um pouco de Harry. Embora o garoto tenha prometido se comportar na presença da “tia” para que pudesse ter a permissão por escrito para visitar o povoado de Hogsmead nos fins de semana em que estiver em Hogwarts, Harry não aguenta quando Guida fala mal de seus pais e acaba lançando um feitiço na mulher, que infla e sai voando pelo céu da rua dos alfeneiros.

camara-secreta3Depois disso, decidido a ir embora para sempre da casa dos Dursley, Harry sai com suas coisas pela rua sem destino certo, afinal não tem dinheiro comum para chegar em Londres. E aí, somos apresentados à mais uma novidade fantástica dos livros da JK, o Nôitibus Andante, que trata-se de um transporte de emergência para bruxos perdidos e é chamado quando este bruxo perdido estica a mão da varinha e levá o passageiro aonde quiser. Eu acho formidável essa ideia de um transporte alternativo, sem falar que ele anda por aí sem ser notado pelos trouxas, andando entre os carros sem bater neles, por vezes pela calçada, enfim, adoro!
 
Então, graças a esse transporte, Harry consegue chegar ao Caldeirão Furado, em Londres, onde ficará hospedado até o início das aulas em Hogwarts. Mas aí a gente se pergunta: Se não é permite à bruxos menores de idade fazerem magia fora de Hogwarts, podendo até ser expulso. Por que não acontece isso com Harry? Simplesmente pelo fato de diversas pessoas estarem preocupadas com sua segurança desde que Sirius Black fugiu de Azkaban, que é o mesmo fugitivo que Harry viu no noticiário dos trouxas. Sirius é nada menos que padrinho e tutor de Harry.
 
No caminho para Hogwarts, Harry tem o desprazer de conhecer os seres medonhos que vigiam a prisão de Azkaban, os dementadores, seres desprovidos de qualquer sentimento  que se alimentam da felicidade das pessoas e Harry se vê muito “abalado” com a presença deles.
- Logo no começo, eu pensei em Voldemort – disse Harry honestamente. – Mas depois, eu… eu me lembrei daqueles dementadores.
- Entendo – falou o professor, pensativo. – Bem, bem… Estou impressionado. – Ele sorriu brevemente ao ver a expressão de surpresa no rosto do garoto. – Isto sugere que o que você mais teme é o medo. Muito sensato, Harry.
Pág. 117
O livro permeia a sensação de tensão em que vivem os personagens pelo fato de Sirius Black ter fugido de Azkaban, afinal, além de ninguém nunca ter fugido da prisão dos bruxos, Black foi preso por ser um aliado muito forte de Voldemort, e sua fuga pode sugerir que Voldemort mais uma vez está tentando voltar ao poder.
 
Nesse livro, Harry conhece mais sobre seu pai e os amigos que fez enquanto estudou em Hogwarts e vai desvendando mais sobre o seu passado.
 
Sem dúvida mais um livro da série que vale a pena conferir!! Até a próxima resenha da série!




5-livros_thumb_thumb
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Eu acho que eu vi até o 4 filme só e deles o que eu mais gostei foi esse. Como você disse essa tensão sobre o Sirus é muito forte e foi algo que me agradou muito.

    ResponderExcluir
  2. Dá até vergonha, mas eu não assisti esse filme :( rsrs
    lendo suas resenhas aqui, vou tomar vergonha nacara e começar a ler a serie logo rs!
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Minha vida inteira se resume a Harry Potter, e da ate vergonha de dizer q não sei fazer uma resenha até hj... rsrs Muito obrigada! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,meu nome é Evanna e eu faço parte de um dos maiores RPGs de Harry Potter do Brasil a IMOB,nós trabalhamos via WhatsApp,lá temos aulas e etc,você gostaria de participar?

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações