6 de jul de 2013


[Resenha] Na Companhia das Estrelas - Peter Heller


Ficha Técnica

Título: Na Companhia das Estrelas
Título Original: The Dog Stars
Autor: Peter Heller
ISBN: 978-85-8163-234-6
Páginas: 407
Ano: 2013
Tradutor: Rosana Watson
Editora: Novo Conceito


Na Companhia das estrelas.inddEm um mundo devastado pela doença, Hig conseguiu escapar à gripe que matou todo mundo que ele conhecia. Sua esposa e seus amigos estão mortos, e ele sobrevive no hangar de um pequeno aeroporto abandonado com seu cachorro, Jasper, e um único vizinho, que odeia a humanidade, ou o que restou dela. Mas Hig não perde as esperanças. Enquanto sobrevoa a cidade em um avião dos anos 1950, ele sonha com a vida que poderia ter vivido não fosse pela fatalidade que dizimou todos que amava. Hig é um guerreiro sonhador. E tem uma imensa vontade de gente, apesar da desilusão que se abateu sobre ele. Por isso é capaz de arriscar todo seu futuro quando, um dia, o rádio de seu avião capta uma mensagem... Voe com Hig e Jasper e se encante ao descobrir que um mundo melhor pode estar em cada um de nós.”


Resenha

Best-seller indie, melhor livro no Atlantic Monthly, melhor livro no The Guardian, melhor livro na Amazon, melhor livro da Publishers Weekly, escolha do Clube de Leitura da Oprah, melhor livro do mês da Apple e entrou na lista dos mais vendidos do New York Times. Essas são algumas conquistas de “Na Companhia das Estrelas”, romance de estreia de Peter Heller, premiado escritor de aventuras e autor de quatro não-ficção.

Hig é um homem que vive em um aeroporto com o seu inseparável cachorro Jasper. Após uma gripe ter atingo o mundo e a maioria das pessoas afetadas por ela terem morrido, resta apenas para aqueles que escaparam da morte sobreviverem dia após dia. Porém Hig quer mais, ele perdeu toda a família que tinha, os amigos, a liberdade, a vida... Para escapar um pouco do caos que a Terra se tornou, resta então a ele pegar seu velho avião e ir rumo aos céus, rumo as estrelas, rumo à - talvez - dias melhores.
Não tenho nada disso agora. Essas escolhas. [...] Nada a perder com o que tenho. Nada é alguma coisa de algum modo.
Pág. 55
Certo dia, Hig ouve no rádio do avião uma mensagem vinda de uma torre de algum aeroporto, fazendo com que ele acredite que existam indíviduos vivos que ainda não foram contaminadas pela gripe, assim como ele e Bangley, o seu vizinho mal-humorado que reclama de tudo. Hig fica com essa mensagem de rádio na cabeça e certo dia, acreditando que não têm mais nada a perder neste mundo, decide ir em busca de quem tentou lhe contactar através do rádio.

Enquanto lia o livro me lembrei bastante do filme “Eu Sou a Lenda” (2007) com o Will Smith, que trata de um mundo Pós-Apocaliptico, onde um homem em companhia ao seu cachorro tenta sobreviver as dificuldades que acerca a “nova” Terra. Por coincidência, “Eu Sou a Lenda” é um filme baseado em um livro homônimo escrito por Richard Matheson, porém apesar das semelhanças com “Na Companhia das Estrelas”, os fatos se desenrolam de maneiras diferentes na maior parte do tempo.
Foi preciso acabar o mundo para que fôssemos reis por um dia. Hein, Hig? Capitães de nosso destino
Pág. 88
A obra de Peter Heller é sentimental, sensível e ao mesmo tempo crua. Sua narrativa é nostálgica e melancólica, e seus personagens, principalmente Hig, são bastante humanizados, perpassando diversos sentimentos ao longo da história. “Na Companhia das Estrelas” é um livro que por muitos momentos pode parecer parado e monótono, porém acredito que essa é a intenção de Heller, que seria a de mostrar a real situação em que Hig se encontra e a sua urgência em (re)viver (indo muito além de apenas sobreviver).

Infelizmente o livro têm algo que me incomodou bastante: seus diálogos. Em nenhum momento temos aspas ou travessões para indicar que alguém está falando. Diversas vezes fiquei na dúvida querendo saber se aquilo era um pensamento ou se era realmente uma fala da personagem. A situação piorava mais ainda quando tinham duas pessoas ou mais conversando, dando um nó na cabeça. Não sei dizer o porque de o autor ter feito isso, nunca tinha visto nada igual, e desaprovo 100%.
A vida e a morte viviam uma dentro da outra. Foi isso que me ocorreu. A morte estava dentro de todos nós, esperando por noites mais quentes, um sistema em risco [...] E a vida estava dentro da morte, virulenta e insistente como a força de uma gripe. Como deve ser.
Pág. 91
“Na Companhia das Estrelas” é um livro super indicado àquelas pessoas que gostam de histórias sobre a vida, onde a aventura, o romance e qualquer outra vertente fique em segundo plano. O homem, neste caso Hig, é a história completa: começo, meio e fim. Questionamentos sobre a passagem do ser humano na Terra, e a sua importância, são um complemento, sem contar a grande importância da amizade nos momentos difícieis, seja esta amizade proveniente de humanos ou animais.

Não posso deixar de parabenizar à equipe da Novo Conceito responsável pela belíssima capa do livro, que na minha opinião conseguiu superar a capa original em todos os quesitos. O papel metalizado deu um toque mais do que especial e combinou bastante com o título, porém na próxima vez não custa colocar o QR Code na parte de trás do livro, evitando assim uma poluição desnecessária.
Fiquei pensando: morrer é assim? Ser solitário dessa maneira? Estar fortemente ligado a uma grande quantidade de amor e passar por cima dela, ignorá-la?
Pág. 209



4-livros_thumb

Tácio
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Nossa, esse Booktrailer é fantástico, depois dessa resenha eu preciso ler esse livro 'o'

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau que booktrailer hein! :O
    a eu gostei da sua resenha Lay, mas acho que não vai para a minha lista de leitura de agora, estou em uma fase mais romantica! rs
    aa eu vi que você esta seguindo meu blog é isso mesmo? que honra!! *----* <3
    Beijoo:*

    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quero ler o livro! Antes de ler a sinopse e resenhas (dei uma de ignorante) e interliguei com 'A Culpa é das Estrelas', mas não tem nada a ver e me batam por fazer isso. Parece ser um livro fantástico e inacreditável. Quero muito ler :)
    Xxxxx

    ResponderExcluir
  4. Quero ler Na Companhia das Estrelas a muito tempo, depois de ver o Booktrailer e a sua resenha então... Acho que vou amar!

    ResponderExcluir
  5. Quando vi o lançamento desse livro não me animei muito, mas agora estou mudando de opinião com as resenhas que ando lendo.
    Uma pena essa falta de indicação nos diálogos, isso irrita e acaba atrapalhando a leitura.

    ResponderExcluir
  6. Estou com este livro pra ler e também farei resenha, por isso fiquei um pouco receoso de ler esta, já que não queria me influenciar. Não teve como, gostei demais. Este livro me lembrou também Richard Matheson, mas também Marcelo Rubens Paiva, com seu "Blecaute", um livro que num primeiro momento não me agradou, mas numa segunda leitura me fez sentir os desafios e angústias das personagens. Este livro já está separadinho, logo logo leio.

    ResponderExcluir
  7. Olá, eu adorei a sua resenha e super concordo com as paradas da ausência de travessão. Tirando isso, amei muito o livro. Gostaria que você desse uma olhada em minha resenha e me diga o que achou: http://donnaflaviaa.blog.com/2013/08/13/na-companhia-das-estrelas-peter-heller/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu tive a mesma sensação sobre os diálogos do livro e fiquei até meio decepcionada com isso. Mas depois que me "acostumei" pensei: é um mundo pós-apocalíptico... quem liga pra travessões e aspas? Depois disso eu ignorei um pouco esses fatos, haha. Adorei sua resenha! beijos.

    ResponderExcluir
  9. Eu tive a mesma sensação com os diálogos, fiquei até um pouco decepcionada e confusa. Não sabia se ele era mal-escrito ou mal traduzido. Mas depois eu pensei: "É um mundo pós-apocalíptico, quem liga pra aspas e travessão?". depois disso eu relaxei um pouco e relevei os fatos, haha. Adorei sua resenha, beijinhos!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações