20 de ago de 2013


[Resenha] Travessia - Ally Condie


Ficha Técnica

Título: Travessia
Título Original: Crossed
Autor: Ally Condie
ISBN: 978-85-8105-074-4
Páginas: 273
Ano: 2012
Tradutor: Renato Marques
Editora: Suma de Letras

Capa Travessia.inddEm busca de um futuro que pode não existir e tendo que decidir com quem compartilhá-lo, a jornada de Cassia às Províncias Exteriores em busca de Ky – levado pela Sociedade para uma morte certa –, mas descobre que ele escapou, deixando uma série de pistas pelo caminho. A busca de Cassia a leva a questionar o que é mais importante para ela, mesmo quando vislumbra um diferente tipo de vida além das fronteiras. Mas, à medida que Cassia tem certeza sobre o seu futuro com Ky, um convite para uma rebelião, uma inesperada traição e uma visita surpresa de Xander – que pode ter a chave para revolta e, ainda, para o coração de Cassia – mudam o jogo mais uma vez. Nada é como o esperado em relação à Sociedade, onde ilusão e traição fazem um caminho ainda mais confuso.


Resenha

Essa resenha pode conter spoiler pois faz parte de uma trilogia, sendo continuação de “Destino

 

Após Ky ser levado pela Sociedade para um campo de trabalho nas Províncias Exteriores, Cassia dá um jeito de ser transferida também para um novo trabalho. Decidida a encontrar seu amado, ela está disposta a ser tratada como uma Anomalia.

Ally Condie muda sua escrita em “Travessia”, narrando a história por dois pontos de vista: um de Ky e outro de Cassia. Desta forma iremos ser aptos a conhecer melhor o mocinho, além de termos perspectivas diferentes dos mesmos acontecimentos, o que enriquece bastante a narrativa.

A Sociedade quer que a gente tenha medo de morrer. Mas eu não tenho medo. Meu único medo é morrer de maneira errada.
Pág. 14
Cercado por mortes diárias, na maioria de crianças, Ky, em conjunto com seu mais novo amigo Vick, decide fugir do campo de trabalho para poder tentar voltar à Sociedade e reencontrar Cassia. Já Cassia e Indie (menina que conheceu no novo trabalho) ao descobrirem a possível localização de Ky, arranjam uma uma forma de pararem no mesmo campo de trabalho que ele estava, mas ao chegar lá, Ky já fugiu.
Nossas roupas ficam presas a arbustos duros e espinhosos. O cheiro no ar é nítido, inconfundível, seco. Será que é sálvia?, eu me pergunto. O cheiro favorito do Ky?
Pág. 76
Boa parte de “Tavessia” acontece dentro dos cânions na região do Colorado, fazendo a história ter uma pegada bem melancólica e monótona. Com os rios quase todos secos, esses desfiladeiros serão um grande labirinto, onde Cassia irá ter de atravessar, não só em busca de Ky como também da Insurreição, um suposto grupo de rebeldes que lutam contra os ideais da Sociedade.

Nessa travessia - literalmente - tanto Cassia quanto Ky irão se deparar com segredos ocultos pela Sociedade. Poemas, pinturas e textos escondidos nas cavernas espalhadas do cânion, dando fôlego a existência de um grupo que pretende derrubar os governantes da Sociedade. Para Ky, isso é uma enrrascada, já para Cassia essa é uma oportunidade de se ver finalmente livre.

 
Os cânions do Colorado onde boa parte da história acontece

Tento me acalmar, dizer a mim mesma que está tudo bem. Criaturas vivas saíram voando de espaços mais apertados que este. Sou apenas uma bortoleta, um “manto de luto” lacrado dentro de um casulo com olhos cegos e asas ciscosas. E de repente eu me pergunto o que acontece se o casulo não abrir, se alguma vez a borboleta dentro do casulo simplesmente não tiver força suficiente para rompê-lo.
Pág. 184
“Travessia” é um livro diferente de “Destino”. Com menos personagens e uma ambientação atípica, acredito que a ideia de Condie foi a de criar uma ponte entre o que foi nos apresentando no exemplar anterior e o que será nos apresentado no próximo. Para vocês terem uma ideia, a terceira ponta do triângulo amoroso, Xander, só aparece em um ou dois capítulos logo no começo do livro, porém no decorrer da história iremos saber através de Ky, que Xander guarda um grande segredo, ao qual Cassia nem faz ideia. Por outro lado a obra continua com sua crítica forte a um poder nada igualitário e a luta de poucos na tentativa de mudar essa situação.

Ally Condie continua utilizando poemas para enriquecer sua história e cada vez mais percebemos a urgência de Cassia em se rebelar contra a Sociedade. Por “ Travessia” ter um desenvolvimento repleto de revelações, mas também de questionamentos e dúvidas em aberto, em “Chegada” (Lançamento previsto para Setembro) será necessário atar os nós soltos para dar uma finalização digna à Trilogia, que mais do que nunca se mostra bastante atual, se comparada à nossa realidade política.
O amor muda o que é provável e faz com que coisas improváveis sejam possíveis. [...] Talvez apenas partes da nossa história possam nos manter a salvo. O todo pode parecer pesado demais para suportar, seja a história da Sociedade, de uma rebelião ou de uma única pessoa.
Pág. 239
 


4 livros

Tácio

Comentários
14
Compartilhe

14 comentários:

  1. Oi Tácio, adorei a capa do livro!
    Nossa, que imagens lindas hein, lendo esse livro e com essas imagens na cabeça deve ser fantástico. Mais um pra lista!
    Morro e n leio tudo que quero!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Bjoooooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa é uma distopia que eu tenho certeza que vou gostar!!
    Não li sua resenha porque ainda não li os primeiros livros, mas assim que ler volto aqui e falo o que achei.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  3. olha nunca tive interesse em ler esse livros não acho que nunca vo ler não faz meu estilo literário

    ResponderExcluir
  4. Oi Tácio!
    Não li Destino, mas de certa forma os 2ºs livros tem mesmo a função de ponte como vc nomeou, faz a transição do 1º que geralmente são apresentação para o 3º clímax.
    Quero ler a trilogia, achei a capa linda, as imagens que vc postou magníficas e a premissa interessante.
    O nome Travessia tem tudo a ver!
    Gosto especialmente de livros que são narrados a partir de dois pontos de vista, pela dimensão que apresentam da totalidade fragmentada :)
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Amo esse livro, mal posso esperar pelo terceiro <3
    Ótima resenha, beijos
    sorrisoselivros.com

    ResponderExcluir
  6. Já li o livro e confesso que preferi o primeiro. Acho que foi porque ficou um pouco monótono, sei lá. Não curti muito umas partes que foram muito melosas. Mas eu me apaixonei por Indie, ela é tão forte, gosto muito dela. O garotinho que foge com Ky e Vick é muito fofo e inocente. Estou louca pra ler o terceiro pra saber o final, e espero que seja adaptado para o cinema. Cássia é uma das poucas protagonistas que realmente gostei, porque ela se preocupa com a família dela também, e não só com o amor da vida dela como a maioria das personagens principais de livros atualmente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li essa série ,nem li nenhuma distopia .
    Acho Que iria gostar desse gênero ,pois adorei o filme de Jogos Vorazes .
    Não li a resenha toda, porque quero ler essa série um dia !!E não quero spoiler .
    Eu achei a capa muiiito linda !

    ResponderExcluir
  8. Não li toda a resenha, porque ainda vou ler Travessia, me preocupo com o que a autora fará nele e em Chegada, não sei o que esperar, mas torço muito para que Ky e Cássia sejam fortes e consigam o melhor...

    não gosto do Xander... muito tolinho... sei lá!

    ResponderExcluir
  9. Bom ainda não li nenhum destes livros,mas estou querendo comprar Destino a algum tempo, já vi várias resenhas bem positivas a respeito dos livros.
    É um tipo diferente aos que estou acostumada a ler. Espero ler logo :)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaela, até uns dias atrás Destino estava por 9,90, no Submarino ou Saraiva, esqueci agora! Vale a pena ler!

      Excluir
  10. Olá Tassio!!!Quando conheci a trilogia fiquei encantada com as capas e queria muito ler Destino,só que..não sei se porque fui com muita sede ...achei a leitura meio cansativa..talvez não lerei.Bj.

    ResponderExcluir
  11. Li Destino esse ano e não sei muito bem qual foi a minha opinião sobre a série. Por um lado gostei de conhecer os aspectos da Sociedade, mas por outro achei os personagens meio fracos. Essa foi a primeira resenha positiva que li desse livro, e ela que me animou a continuar lendo essa série :)
    Bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações