24 de ago de 2013


[Resenha] A Vez da Minha Vida - Cecelia Ahern


Ficha Técnica

Título: A Vez da Minha Vida
Título Original: The Time of my Life
Autor: Cecelia Ahern
ISBN: 978-85-8163-012-0
Páginas: 384
Ano: 2012
Tradutor: Ronaldo Luis da Silva
Editora: Novo Conceito

A_vez_minha_vida_capa.inddCerto dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, há um envelope de ouro no tapete. E um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez — e histórias que contou — também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente — a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida — e ela terá de cumpri-lo.


Resenha

Cecelia Ahern, autora do Best-seller P.S. Eu Te Amo, nos traz uma nova história. Dessa vez ela nos apresenta Lucy Silchester.

Lucy mora em Dublin, está beirando os 30 anos e está totalmente perdida em sua vida. Mas o pior é que ela não tem noção disso. Após o término de seu relacionamento de cinco anos com seu namorado perfeito Blake, sua vida dá uma salto, para baixo.

Selo-Parceiros-Novo-Conceito422Além do namorado, em sequência Lucy perdeu o ótimo emprego e teve que se mudar do estiloso apartamento que dividia com Blake. Para evitar explicar o fim do seu relacionamento perfeito (o qual ela de fato não entendia o porquê de ter chegado ao fim), com a ajuda de Blake ela inventa uma mentira, e essa levou à muitas outras. Porém, para piorar, a mentira se torna algo tão intrínseco, que a primeira saída dela sempre é mentir, inclusive para si mesma.

Três anos após o fim do namoro com Blake, Lucy continua empurrando os problemas com a barriga e vivendo em uma rotina onde tem afastado e preocupado cada vez mais seus amigos e familiares, até que ela recebe uma carta marcando um encontro com a sua VIDA.  

- Tudo bem, legal. Nós. Nós fizemos isso por você.

- Por quê? Estou legal. Está tudo legal.

- Isso é o que você sempre diz.

- Porque é isso que eu continuo querendo dizer – rosnei de volta. – Agora abra o portão!

Pág. 38

Depois de ter ignorado diversas cartas, ela acaba enfim indo ao encontro de sua VIDA e descobre que ela não é nem um pouco bonita, personificado em um homem mal vestido, com mau hálito, cabelos desgrenhados e sujo, representando o caos que a vida da personagem se encontra. Mas ainda assim, ela continua negando que exista algo de errado com sua vida.

A Vida. Ora, era óbvio.
Minha vida precisava de mim. Ela estava passando por um momento difícil e eu não estava prestando atenção suficiente nela. Tinha tirado os olhos da bola, me ocupei com outras coisas: vida de amigos, questões de trabalho, meu carro se deteriorando e sempre quebrando, esse tipo de coisa. Havia completa e totalmente ignorado minha vida. E agora ela tinha escrito para mim, me convocando, e havia apenas uma coisa a fazer. Tinha que me encontrar com ela, cara a cara.

Pág. 08

Porém sua VIDA não irá desistir assim tão fácil e passará a conviver diariamente com Lucy. Autodenominando-se Cosmo Brown, sua VIDA a acompanha em todos os lugares, ajudando-a a não mentir, identificar onde estão os problemas em sua vida e descobrir quem é de verdade e o que quer.

- Estou com raiva não só porque você não é feliz onde está, mas porque não consegue nem mesmo pensar aonde gostaria de chegar. O que eu acho… – ele procurou pela palavra – … triste. Não me admira que esteja presa numa rotina.

Pág. 196

Com a narrativa girando em torno de Lucy e de autoconhecimento, as pessoas a sua volta são fundamentais para entermos o quanto ela havia mergulhado em um mundo fictício. Eu odiei o pai dela, assim como me surpreendi com as atitudes de sua mãe lá pro final do livro. Amei o irmão mais velho Riley na mesma proporção em que o irmão do meio, Phillip não fez muita diferença, e, claro, me apaixonei de cara por Don, o número errado (piada interna, só quem leu vai entender essa, huashaushaushau)

 

Divertido, reflexivo, original. Para mim essas palavras definem a história de A Vez da Minha Vida, nos levando a parar para pensar em nossas próprias escolhas e atitudes. Como eu comentei com diversas pessoas assim que acabei o livro (que li inteiro em um domingo) ele mexeu muito comigo e acredito que deve ter feito o mesmo com muitas pessoas.

 

Li e sem dúvida recomendo à todos!

 

Beijos queridos e até a próxima!!!


 4 livros
Comentários
13
Compartilhe

13 comentários:

  1. Não gostei muito de P.S. Eu Te Amo então estou meio receosa em relação a esse livro. Parece ser um estória ótima, engraçada e leve.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sara, eu também estava com receio, mas o livro me surpreendeu mesmo, tanto que o li em apenas um dia! Sem dúvida vale a pena!

      Bjus

      Excluir
  2. Não li nenhum livro dessa autora !Nem tenho muita vontade de ler , porque muitas pessoas acharam o PS eu te amo um pouco cansativo !
    Mais acho que ela melhorou nesse segundo .(já que ganhou 4 livros)
    Achei a resenha bem interessante,pois essas coisas de mentir para si mesmo acontece muito nos dias de hoje ,e tem gente que acha isso engraçado .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu não li PS, mas esse sem dúvida é bom! A narrativa é envolvente e interessante!!!

      Bjus

      Excluir
  3. Parece ser um ótimo livro!! Não entendi direito como ela encontrou a "Vida" dela, mas tudo bem... Quero que seja surpresa quando eu for ler. Amei a resenha.
    beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, muito interessante encontra a "vida", kkkkk

      Bjus

      Excluir
  4. Oie Lay =)

    Bem eu não tive uma experiência muito boa com a Cecelia em P.S Eu te Amo, então tenho meio que o pé atrás com ela rs...

    Pelas resenhas que li, alguns amam esse livro outros nem tanto, ou seja em breve eu vou ter que ler e tirar minhas próprias conclusões rs...

    Beijos e um ótimo domingo;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. esse livro ta na minha estante a meses não tenho vontade de ler mais tbm não me desapego dele =(

    ResponderExcluir
  6. Oi Lay!
    Fiquei bastante curiosa e interessada no livro. A "vida" é tipo assim uma voz interior da protagonista ??
    Se é um livro divertido "tô" dentro rsrs gosto de livros divertidos, que fazem rir mas são ao mesmo tempo reflexivos.
    E uma narrativa original então só tenho palavra: Quero *O*
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, a vida de Lucy é um personagem real, só lendo para entender essa parte, a vida no caso cosmo brown e visível a todos e isso que torna o livro maravilhoso

      Excluir
  7. Tenho esse livro mais ainda não li. As resenhas que vejo dele não eram positivas e eu fiquei com receio de lê-lo. Eu pensei que depois de P.S. Eu te amo achei que os livros dessa autora fossem ótimos. Mas que bom que você gostou, agora me animei mais para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Gostei bastante desse livro,mais do que eu imaginava....
    A escrita é envolvente e prendeu muito minha atenção.Um beijo

    ResponderExcluir
  9. Nossa,não esperava nada desse livro e a sua resenha me pegou em cheio.A história parece ser bem legal,diferente e só pelas palavras que pra você definiram o livro, já me ganhou.Vou lê-lo com certeza.
    bjos

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações