26 de set de 2013


A Reinvenção de Miley Cyrus


Miley Cyrus, nascida Destiny Hope Cyrus, tornou-se mundialmente conhecida ao interpretar uma garota que tinha uma vida dupla: de dia uma adolescente comum e, de noite, uma superstar conhecida como Hannah Montana na série do canal Disney Channel. Com o sucesso Miley tornou-se uma febre em vários países e seguindo os passos de outras atrizes acabou-se rendendo ao mundo da música. Seu primeiro álbum de estúdio e carreira, como Miley, o Meet Miley Cyrus atingiu o topo da parada musical norte americana assim como o seu sucessor, o Breakout. O EP Time of Lives gerou bons frutos como Party In The USA (que até pouco tempo era seu maior hit) e a balada When I Looked At You que foi inserida na trilha sonora do filme A Última Música, produção baseada no livro de Nicholas Sparks. O seu último álbum pela Hollywood Records o polêmico Can´t Be Tamed, até então tinha sido o seu trabalho mais ousado e serviu como um aviso do que estava por vir.

Por ter sido revelada tão jovem e seus trabalhos iniciais serem voltados ao público infantil, Miley sempre esteve envolvida em polêmicas, como em sua performance no Teen Choice Awards de 2009 e o famoso Pole Dance, sem falar do vídeo divulgado pelo TMZ da cantora usando Salvia e a mudança radical do seu visual ao cortar o seu longo cabelo quase por completo ao estilo das cantoras P!nk e Robyn.

clip_image002
Após dar um tempo da mídia para um descanso necessário de imagem, Miley parece ter se reinventado e voltou ao mercado fonográfico surpreendendo todos com o tão aguardado We Can´t Stop, o first single da era Bangerz (com lançamento previsto nos EUA no dia 08 de outubro) possui um som bem urbano com tons de country devido à sua voz típica do Tennessee e diferente de tudo que a mesma já tinha feito antes. A primeira vista a faixa parece ser nada comercial, porém o desempenho da música nas paradas prova o contrário atingindo o topo no Reino Unido e a vice-liderança nos Estados Unidos. Boa parte desse sucesso é proveniente da repercussão do videoclipe e da polêmica apresentação no VMA deste ano, onde Miley provocou o mundo com suas roupas peculiares, seus movimentos de Twerk e sua incontrolável língua fora da boca. Caso não tenha assistido, se isso for possível, segue abaixo os tão famosos vídeos:


Dando continuidade a divulgação do novo álbum, Miley lançou o videoclipe da deliciosa Wrecking Ball, no clipe Miley apareceu vulnerável, sexy e provocativa. O clipe bateu o recorde que pertencia ao One Direction de vídeo mais visto em 24 horas, além de atingir a marca de 100 milhões de views em menos de uma semana o que foi crucial para o single encabeçar o topo do HOT100 na Billboard, a famosa parada norte-americana que contabiliza os singles mais vendidos no país.


Miley definitivamente esta roubando o cenário musical de 2013, desbancando artistas como Katy Perry e Lady GaGa que tanto prometeram, pouco cumpriram e acabaram nas mesmices de sempre. Em um mercado que busca incessantemente pelo novo, Miley foi capaz de se reinventar sendo fiel a sua personalidade, seus sentimentos e fugir dos estereótipos.

E você? Está curtindo essa nova fase ou já sente saudades da época de Hannah Montana?

João Luis


Galera, o João aceitou escrever para o DTuP sobre música, então de vez em quando veremos os posts dele por aqui com seus comentários, e então o que acharam???
Comentários
17
Compartilhe

17 comentários:

  1. Não acho que ela tá fazendo nada de novo, porque ela é a única artista que consegue, ultimamente, ser vulgar sem ser sexy, infelizmente acho que ela se perdeu no meio do caminho.

    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  2. Oiiiiiiiiiiiiii seja bem-vindo João!

    Sinceramente, n gosto mt dessa fase da Miley, é como se ela estivesse perdida, mesmo emplacando sucessos tenho saudade de qd ela parecia mais equilibrada. Tenho medo que ela acabe cm a Amanda Bynes e perca as estribeiras d vez!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiiiiiiiiiii, muito obrigado =]]

      Excluir
  3. Eu continuo curtindo muito as músicas da Miley, mas não gosto nem um pouco dessa versão "wannabe sexy" e meio vulgar dela agora. Não é pela nudez, nem pelo corte de cabelo bizarro, mas pelo mal gosto dos clipes e pela pose desnecessária. Tudo bem ter rolado uma mudança ao longo dos anos - ela cresceu, deixou de ser Hanna Montana e por aí vai - mas precisa mesmo de tudo isso? Preferia a versão sexy mas crescidinha do último álbum.

    Beijocas
    http://nossosromancesadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu sinto saudades da Hannah Montana, mas é claro que a Miley ia ter crescer e mudar né... Só acho que ela tá exagerando um "pouquinho", a apresentação no VMA eu achei horrível! Mas as músicas eu estou amando, bem melhores que as antigas dela.

    ResponderExcluir
  5. Eu curto as musicas dela..e sinceramente acho que as ultimas estão ótimas. Não aprovo essa vulgaridade dela..mas como foi dito boa parte do sucesso que ela vem fazendo é proveniente da polêmica que vem causando com seus clipes e apresentações.

    ResponderExcluir
  6. Eu super discordo disto que a Miley está fazendo, ficar se esfregando em um cara não vai dizer que ela já está "adulta", achei isso sem noção!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nunca gostei dela, e com esse comportamento ela conseguiu cair ainda mais no meu conceito.

    ResponderExcluir
  8. Acho ela uma tosca. Não sabe mais o que fazer pra chamar atenção. Na minha opinião, quando a pessoa tem talento, não precisa ser vulgar. E ela tem talento, não precisava se postar como uma vadia em cada lugar que vai. #puramídia

    ResponderExcluir
  9. AHH Bem vindo João!

    Eu sempre gostei da Miley, desde a época que a conheci na Disney por HM.
    E eu entendo que ela esteja mesmo nessa para se reinventar, até por conta da imagem dela q ficou mt marcada na Disney e é isso que acontece com artistas que fazem sucesso logo cedo e tem q passar do infantil-teen-adulto.
    Acho que algumas vezes ela exagera, mas é fato que esta chamando atenção e acho-a mt talentosa!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigado pelo comentário haha =]

      Excluir
  10. Não gosto dessa nova fase na Miley. Sinto muita falta da Hannah Montana, mais sinto mais falta ainda da Miley Cyrus a uns anos atrás, acho muito vulgar a forma dela se expressar hoje em dia, e nada sexy. Acho que ela só está se destruindo e rebaixando.

    ResponderExcluir
  11. Oi Lay! Oi João!
    Não sinto falta de Hannah Montana, assisti A Última Música e gostei da interpretação da Miley Cyrus, claro que não foi nada d+ nem uma interpretação fantástica nem mesmo parecida com das outras atrizes que atuaram em filmes adaptados do NS, mas foi razoável :)
    Essa nova fase não é diferente de outras atrizes/cantoras que vieram antes e outras que virão dp.
    Ela é talentosa, está exagerando, naturalmente deve se reinventar, sensualidade não passa pela vulgaridade :/ mas dá visibilidade sem dúvida :/
    bjs

    ResponderExcluir
  12. É estranho o que as pessoas hoje em dia fazem para aparecer ou tentar mudar um visual, ou pior, tentar forçar algo em si mesma, e acabar virando vulgar.

    ResponderExcluir
  13. Tá, vou confessar: sinto muitas saudades da Hannah, porém, eu amo essa nova Miley.
    A menina sexy, a garota frágil, a mulher poderosa. Sério, a Miley de antes, faz falta, mas temos que admitir que quando a pessoa mostrar ser quem realmente é, ela se sente livre, se sente inspirada. E eu amo as músicas novas dela, tanto quanto as antigas, ou até mais. Porque por mais que ela mude, ela será sempre minha, opa! Nossa Hannah Montana!

    http://www.terradoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, eu sigo a sua linha de raciocínio. Vejo muita sinceridade nas novas músicas, nos novos clipes, nas novas performances ... acho que é preciso muita coragem para ser quem você realmente é e nesse caminho é impossível agradar a todos ! Muito obrigado por comentar =p

      Excluir
  14. Eu amava a Hannah Montana, mas a Miley virou uma pessoa vulgar em busca da fama. As músicas dela são legais, mas acho que ela seria mais aceita pela sociedade se tivesse continuado com aquela simplicidade que tinha antes.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações