21 de set de 2013


[Resenha] Setor 27: O Segredo do Imperador - Daniel Pedrosa

 

Ficha Técnica

Título: Setor 27: O Segredo do Imperador
Autor: Daniel Pedrosa
ISBN: 978-85-7679-256-7
Páginas: 288
Ano: 2009
Editora: Novo Século

473No auge do regime militar, às vésperas do anúncio do Ato Institucional n.º5, um segredo guardado por mais de sete décadas é apreendido na cidade do Rio de Janeiro. Com ele, um grupo de militares, liderado por um oficial sem escrúpulos, leva sob custódia o único homem capaz de desvendar seu mistério. Quarenta anos depois, um atentado terrorista dentro da maior hidrelétrica do mundo, aparentemente articulado por um louco, tem ligações diretas com este acontecimento do passado. Sem conhecer seus motivos, um dedicado defensor público e uma bela historiadora decidem sair em busca da verdade, encontrando sob o reflexo das águas, um lugar há muito tempo escondido. Agora, cabe a eles desvendar, com a ajuda das palavras descritas em um antigo Manuscrito, o mais importante segredo do último Imperador do Brasil. Uma viagem recheada de aventura, mistério e perseguições alucinantes, por entre alguns dos mais bonitos cenários do território brasileiro. Um livro fantástico que levará o lei- tor a conhecer um universo repleto de traições, ambições sem limites e segredos tão próximos de nós que jamais pudemos imaginar...

Resenha


Olha eu aqui trazendo mais um livro nacional, quem aí já mudou de opinião como eu?

A história de hoje é sobre conspirações, segredos, e muita ação! Logo no começo somos apresentados a três histórias aparentemente sem nenhuma conexão, principalmente pela época em que se passam: o fim do Império Brasileiro; uma incursão militar no ano de 1968 (após o AI-5); e uma excursão à Usina Hidrelétrica de Itaipu. Porém, Daniel nos mostra que há sim uma conexão entre elas. 

- No momento certo, você saberá o que fazer com isto – continuou – Até lá, não mostre esse papel para ninguém. Nem sequer à pessoa em quem você imagina que mais confia.

- Tudo bem, pai! – respondeu o garoto.

- Eu te amo, filho – disse o homem, abraçando-o fortemente.

- Eu também te amo – respondeu o menino, retribuindo o abraço.

Pág. 17

Durante suas primeiras férias em quatro anos, Fernando, defensor público do Estado de São Paulo, aceitou a sugestão dos seus amigos e foi conhecer a Usina Hidrelétrica de Itaipu, considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno (criada pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis), pois todos conhecem sua paixão por tecnologia.

 

Porém, durante a excursão na usina, um incidente ocorre e muda radicalmente a vida de Fernando. Um possível terrorista ameaça a vida de todos com uma bomba. Envolvido em uma trama que pensava ser improvável acontecer no Brasil, Fernando se vê em posição de salvar todos, mas o que fica em sua mente é: Quem é o terrorista? O que motivou o ataque?

 

Quando se vê em um ponto da investigação em que não consegue avançar, Fernando busca a ajuda de Gabrielle, historiadora e sua ex-noiva, com quem não se comunica a aproximadamente oito meses.

 

Gabrielle é uma mulher forte e muito curiosa, e essa característica é o que a leva a entrar nessa história de cabeça. Claro que o fato de Fernando ter pedido sua ajuda conta muito, pois não é característico dele, sair de férias, muito menos pedir ajuda ou dizer qualquer coisa no mesmo nível.

 

O ponto principal do livro é a investigação feita por Fernando e Gabrielle sobre a motivação do terrorista, porém, paralelo a isso eles acabam descobrindo diversos segredos muito antigos da história do Brasil. Em meio às descobertas dos segredos da época imperial, conhecemos outro personagem muito importante na narrativa, o Major, como é conhecido, é um membro de alta patente dentro do Setor 27, setor esse que só conhecemos melhor no final do livro.

 

O livro é narrado todo em terceira pessoa, o que nos permite ver todos os lados da história, e isso é muito importante quando se trata de um livro com muita ação, para que não percamos nenhum detalhe.

 

O ritmo da narrativa é lento no início, o que permite ao autor a descrição detalhada de algumas cenas (para mim foi desnecessário), mas logo que vemos as coisas acontecendo é uma ação em sequência da outra!

 

O livro me lembrou um pouco aquele filme do Nicolas Cage, A Lenda do Tesouro Perdido, por conta das descobertas ao longo do caminho.

 

Bem, então é isso, boa leitura à todos!!



3-livros_thumb_thumb_thumb
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Não fiquei muito interessada em lé-lo não... A sinopse não me despertou muito interesse, e mesmo sua resenha sendo positiva, não senti vontade de ler... Ah sei lá haha! Mas se o tivesse em mão iria dar uma chance :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Essas leituras lentas no início é difícil viu, acaba fazendo a leitura do livro ser arrastada ou com que fique sem vontade de ler. Não sei se leria, talvez algum dia.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lay!
    Gostei mto da sua resenha e me interessei pelo livro. Interessante a premissa com conspirações, segredos e mta ação.
    Uma investigação bem no estilo thriller histórico :)
    Os livros nacionais estão em excelente fase ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Não me interessei pelo livro, não tenho muita simpatia por esse gênero, mesmo depois de ter lido a sua resenha e se tivesse oportunidade não leria, deixaria esse tempo para algo do meu agrado.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lay!
    Leitura nacional é sempre boa né..e porém dessa vez a história em si não me deixou muito curiosa,talvez pelo fato de que eu sempre gostei mais de história geral que do Brasil, essa parte "política e militar" um pouco do império, não me atrai muito. Mas vc descreveu bem livro e os personagens, sou apenas eu que não sou chegada na temática. Mas sucesso a autor.

    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  6. Não me interessei muito..tem alguns livros que só de ler a sinopse fico com um pouco de preguiça..e o Setor 27 é um deles "/ rsrs
    ótima resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Falando sobre livros nacionais, eu me prometi que ia ler "em breve" algum livro nacional,mas realmente não rolou, mas não que eu não goste, pelo contrário, curto muito a literatura nacional. Esse livro que você resenhou, não é dos meus temas favoritos, mas acho que pode ser um ótimo passa tempo !

    ResponderExcluir
  8. Os autores nacionais estão surpreendendo ein!? Essa coisa de segredo e mistério me chama antenção. Se pudesse, com toda certeza eu leria o livro.

    ResponderExcluir
  9. Amo esses livros que misturam História e suspense. Já fiquei doida para ler.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações