13 de nov de 2013


[Resenha] Os Pinguins do Sr. Popper - Robert Lawson

 

Ficha Técnica

Título: Os Pinguins do Sr. Popper
Título Original: Mr. Popper’s Penguins
Autor: Richard e Florence Atwater
Ilustração: Robert Lawson
ISBN: 978-85-8057-057-1
Páginas: 143
Ano: 2011
Tradutor: Flávia Souto Maior
Editora: Intrínseca
subst3O Sr. Popper, pintor de paredes, tem um sonho: ser um intrépido explorador na Antártica e viver entre seus animais favoritos, os pinguins, ao lado de seu grande herói, o almirante Drake. Ele fica completamente admirado quando o almirante responde a uma de suas cartas e lhe envia uma encomenda com... um pinguim! Um pinguim de verdade! Logo o bichinho ganha uma companheira, e antes que se dê conta o Sr. Popper tem um rinque de patinação no gelo em seu porão e uma dúzia de lindos pinguins vivendo em sua casa. Quase sem dinheiro para alimentar a família e com uma dívida cada vez maior por conta de compras e mais compras de peixe fresco e camarões, o que o criativo Sr. Popper poderia fazer? Treinar seus pinguins e colocar o pé na estrada com um belo espetáculo, é claro! Uma história inesquecível que se tornou o clássico mais querido de várias gerações de leitores, convidando-os a imaginar, sonhar e acreditar que, sim, tudo é possível.

Resenha

selo_blogparceiro_2013.1_thumb132122[1]Os Pinguins do Sr. Popper” é um clássico infantil norte-americano lançado em 1938 que ganhou o prêmio Medalha Newbery. Na terra de Obama, esse é um daqueles livros que as crianças leem nos primeiros anos de ensino fundamental. Com uma escrita divertida e poucas páginas, o livro pode ser lido facilmente em algumas horas.
Escrito pelo casal Richard e Florence Atwater, “Os Pinguins do Sr. Popper” conta a história de Sr. Popper, um pintor fissurado pelos polos do globo terrestre, tanto pelo Polo Norte como pelo Polo Sul. Sr. Popper sempre que pode, arranja tempo para ir ao cinema, ler livros ou assistir programas de TV que falem sobre os extremos do planeta Terra.

Em especial, Sr. Popper tem uma paixão pelos pinguins e fica extremamente encantado pelo fato deles habitarem o Polo Sul como as focas mas não existirem no Polo Norte como os ursos-polares. Com a chegada do Inverno, todas as pessoas da cidade de Água Mansa, onde se passa a história, não precisam dos serviços de Sr. Popper, fazendo com que ele fique dentro de casa até que a Primavera retorne no ano seguinte.
O Sr. Popper era assim tão distraído porque estava sempre sonhando com países distantes. Ele nunca saíra de Água Mansa. Não que fosse infeliz. Tinha uma bela casinha, uma esposa que amava ternamente e dois filhos, Janie e Bill.
Pág. 11
Enquanto está em casa esperando a chegada da estação das flores, Sr. Popper recebe uma encomenda: uma caixa grande vinda diretamente da Antártica. Ao abrí-la descobre o mais novo integrante da família: Capitão Cook, um pinguim.

Sr. Popper irá se apaixonar pelo bichinho e mesmo estando com problemas financeiros fará de tudo para ver o seu amiguinho feliz. Porém, belo dia Capitão Cook começa a agir de forma estranha, como se estivesse doente, restando à Sr. Popper procurar ajuda para salvar aquilo que é o mais próximo de seu sonho de conhecer os polos terrestres. Mal sabia ele que essa ajuda iria lhe gerar novas aventuras.
– Chamaremos quem de Capitão Cook? – perguntou a Sra. Popper, que entrara muito silenciosamente, de modo que ninguém a ouvira chegar.
– Ué, o pinguim – respondeu o Sr. Popper.Pág. 29
Devido ao seu grande sucesso, “Os Pinguins do Sr. Popper” virou um filme em 2011 tendo em seu elenco o ator Jim Carrey (O Todo Poderoso). O nome do filme aqui no Brasil ficou “Os Pinguins do Papai”. Eu nunca assisti o filme, mas li que ele é bastante diferente do livro, terei que vê-lo depois para confirmar essa informação.

“Os Pinguins do Sr. Popper” é definitivamente um livro voltado para o público infantil, porém os mais grandinhos que puderem disponibilizar 2 horas de seu dia para lê-lo, acredito que não irão se arrepender. O livro é bem divertido, leve e possui ilustrações belíssimas de Robert Lawson, ilustrador do livro “Ferdinando, o Touro”, que chegou a se tornar uma animação da Disney.

Ilustração de Robert Lawson


4 livros
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Olá Tácio, fiquei curioso para ler o livro. Pela sinopse, deu pra ver que é bem diferente do filme, apesar de eu ter visto e adorado. Gosto de livros que são tidos como para "crianças". Geralmente os adultos não dão valor a eles, mas não sabem que estão perdendo uma ótima história. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Tácio! Eu já li este livro e fiz resenha: http://leemporai.blogspot.com.br/2013/03/resenha-os-pinguins-do-sr-popper.html e odiei o final!!! Mas valeu a pena

    ResponderExcluir
  3. háá. Eu sabia que conhecia essa história quando comecei a ler a resenha. O filme é muito engraçado. Jim Carrey é ótimo. Se o livro for assim, é uma ótima dica para as crianças e para os mais grandinhos. :)

    ResponderExcluir
  4. Olá Tácio!
    Adoro o filme desse livro *-* Mas não sei se leria o livro.. Acho um pouco desperdício de leitura, sabe? rs.
    Mas parece ser um ótimo livrinho, vou indicá-lo para minha irmã!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu comprei esse livro na Bienal, afinal estava custando apenas R$ 2,00 no estande da Intrínseca, e realmente é uma história muito fofa, recomendo para quem tiver crianças em casa.

    ResponderExcluir
  6. Um dos meninos que eu cuidei na Flórida estava lendo esse livro pra escola. Por causa disso acabamos vendo o filme também e é uma graça! Não esperava rir tanto.

    Beijão
    Sun Rises Here

    ResponderExcluir
  7. Adoro o Filme!
    Seguindo e Curtido!
    Retribui?
    http://overdoselite.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/overdoselite
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Assisti o filme e adorei, nao sabia que tinha livro, ja quero!


    xx

    ResponderExcluir
  9. Oi Tácio!
    Não conhecia o livro, assisti o filme e gostei bastante <33333
    Pela sinopse e pela sua resenha são bem diferentes.
    Fiquei super curiosa, ainda mais que adooooooro livros juvenis, com ilustrações e uma história fofa dessas não dá pra resistir.
    Bjsss

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações