25 de dez de 2013


[Resenha] Deixe a Neve Cair - John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

 

Ficha Técnica

Título:  Deixe a Neve Cair
Título original: Let it Snow
Autor: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
ISBN: 978-85-7980-175-4
Páginas: 335
Ano: 2013
Tradutor: Mariana Kohnert
Editora: Rocco Jovens Leitores
67Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.

Resenha

Hoje é Natal e a resenha não poderia ser de outro livro, a não ser de “Deixe a Neve Cair”. Três grandes autores conhecidos pelo público jovem, se juntaram para escrever cada um deles um conto natalino, que em uma perspectiva mais ampla se torna uma grande história dividida em três capítulos.

Deixa eu explicar melhor para não haver confusão: John Green (A Culpa é das Estrelas), Maureen Johnson (As Crônicas de Bane - em conjunto com a Cassandra Clare) e Lauren Myracle (Ttyl) em conjunto, escreveram um livro que a história se passa na época de Natal. Cada autor ficou encarregado de escrever um conto para este livro, focando em um personagem por conto, porém ao ler o livro todo o que acontece é que os contos estão conectados entre si, fazendo com que “Deixe a Neve Cair” seja uma grande celebração natalina.
Então, por mais ou menos duas horas, eu apenas olhei pela janela conforme o sol se punha, o céu rosa como um algodão-doce se tornava prateado, e os primeiros flocos de neve começavam a cair. Eu sabia que eram lindos, mas saber que algo é lindo e se importar com aquilo são duas coisas muito diferentes, e eu não me importava.
Pág. 25
O primeiro conto ficou a cargo de Maureen Johnson e é intitulado “O Expresso Jubileu”, onde iremos conhecer Jubileu, uma adolescente de 16 que na véspera de Natal descobre que terá que viajar para à casa de seus avós, após seus pais serem presos.

Para chegar até a casa de seus avós, a jovem menina irá ter que pegar um trem, porém devido a nevasca, este acaba parando no meio do caminho, impossibilitado-a de seguir viagem por causa dos trilhos repletos de neve.

Durante a viagem a única coisa que Jubileu consegue pensar é em seu namorado Noah, com quem ela pretendia passar o Natal junto, já que está é a data de aniversário de namoro deles. Com o trem parado e extremamente entediada, Jubilieu decide sair e ir até uma lanchonete que está ali por perto. E é essa decisão que irá mudar completamente o natal - e a vida - de Jubileu.
Mas, por outro lado (e esta é uma das minhas maiores reclamações a respeito de consciência humana), uma vez que você pensa um pensamento, é extremamente difícil “despensar”. E eu tinha pensado o pensamento.
Pág. 185
O segundo conto é escrito pelo querido John Green e se chama “O Milagre da Torcida de Natal”. Nele iremos conhecer Tobin, JP e Duke (que apesar do nome é uma menina). Enquanto estão entediados em casa na véspera de Natal, os meninos recebem uma ligação e descobrem que a lanchonete da cidade está repleta de cheerleaders que estavam dentro de um trem que ficou impossibilitado de seguir viagem.

Assim, Tobin e JP decidem ir até a lanchonete para dar em cima das líderes de torcida, e Duke decide acompanhá-los para poder comer sua batata preferida que só vende nesta lanchonete. O conto então se transforma em uma grande aventura, onde os personagens terão que atravessar uma cidade repleta de neve para chegar até seu destino, antes que os outros rapazes da cidade cheguem antes e peguem todas as cheerleaders.
Ser eu era uma droga. Ser eu naquela noite supostamente estonteante, com a neve supostamente estonteante se acumulando em montes de um metro e meio do lado de fora da janela do meu quarto era duplamente uma droga. Acrescentando a isso o fato de ser Natal, minha pontuação subia triplamente uma droga.
Pág. 207
O terceiro e último conto se chama “O Santo Padroeiro dos Porcos” e foi escrito pela Lauren Myracle. Aqui iremos conhecer Addie, uma adolescente bem da problemática que está passando por um recém término de relacionamento. E como é Natal, Addie decide finalmente mudar e colocar sua vida nos eixos.

Porém sua transformação não será tão fácil assim. Ela terá que atravessar a maior nevasca dos últimos cinquenta anos para chegar ao seu trabalho, onde definitivamente tentará pôr em prática sua nova filosofia de vida. Mas é aí que as coisas começam a acontecer e virar de cabeça para baixo, inclusive a aparição de um mini-porco, que será essencial para o desenvolver do conto.
– Ah, não, o Natal nunca termina, a não ser que você queira. – Ela se inclinou sobre o balcão e apoiou o queixo na palma da mão. – O Natal é um estado de espírito.
Pág. 283
“Deixe a Neve Cair” é um livro muito gostoso de ler e bem divertido. Os contos são bem escritos e possuem bons personagens. O melhor para mim foi essa inter-conexão existente entre os contos, onde os personagens vão viajando entre as histórias e dando maior sentido à elas.

Se vocês acompanham o blog, devem saber como sou apaixonado pelo Green, mas infelizmente tenho que dizer que o conto dele é o mais fraco dos três, e que em alguns momentos chega a ser até meio difícil de acreditar nas coisas que ele escreveu. A grande surpresa ficou a cargo de Myracle; nunca tinha lido nada dela e me apaixonei por sua história que consegue transpassar pelo romance, comédia e drama de uma maneira excepcional.

Para os amantes do Natal ou de um bom livro, “Deixe a Neve Cair” é uma boa pedida. Se vocês derem sorte, aposto que o ganharam do Papai Noel ontem a noite, né!? Não percam tempo, separem um copo de leite e uns cookies e o devorem… digo, devorem o livro! Feliz Natal!

Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Gente, falam tanto do John Green em todos os cantos q eu me sinto um ET por nunca ter lido nada dele. o_O hehehehehe
    Acho q vou criar vergonha na cara e pegar um livro dele emprestado com alguma das minhas amigas e ler pra saber oq tanto todo mundo fala.

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante isso no livro, essa ligação entre contos, nunca vi isso, creio que será o primeiro, pelo menos para mim.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da resenha Tacio!! Já coloquei ele na minha lista!!
    Bjoks

    ResponderExcluir
  4. Não sabia que era um livro de contos mas parece ser bom essa ligação que eles tem entre si e os personagens parem ser muito bem trabalhados como a história

    ResponderExcluir
  5. Todas as resenhas desse livro falam a mesma coisa: o conto do John Green é o mais fraco. O bom é que já vou ler o dele ser criar nenhuma expectativa rs'

    Adorei a resenha!

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  6. Ah, eu gostei muito desse livro! Gostei da sua resenha, também.
    Só uns errinhos de ortografia:
    -"miniporco", escreve-se junto;
    -"interconexão", não usa hífen.
    São as novas regras ortográficas ; )

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nada do John e quero comprar este livro apenas pelo conto de natal dele. Que pena que o conto dele é fraco e todos estão comentando isso (até a Tati Feltrin), mas mesmo assim lerei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa em relação a esse livro, pois amo histórias relacionadas ao natal, creio que valerá a pena ler.

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente nao sou fan de livros de conto, mas esse eu com certeza vou quer ler!


    xx

    ResponderExcluir
  10. Olá! Amei seu blog e essa matéria de Deixe a Neve Cair me encantou bastante e com certeza comprarei o livro :) Passei aqui tambem para pedir que divulgasse meu novo blog. Criei ele hoje e gostaria que fizesse sucesso. Poderia divulgá-lo? Aqui está o link: http://maisumlivropramim.blogspot.com.br/
    Agradeço desde já! Abraços!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações