26 de jan de 2014


Capas pelo mundo - A Menina Que Roubava Livros



Olá seguidores do DTuP! Hoje o Capas pelo Mundo será um pouco diferente dos anteriores. Nesse, vocês irão analisar as capas e ainda concorrem a um Kit de marcadores. O livro de hoje é A Menina Que Roubava Livros, do autor Markus Zusak. Escolhi este livro devido o lançamento do filme nesse mês e eu sei que muitos de vocês estão loucos para conferir a adaptação do livro para o cinema.


Sinopse:
Quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler.
A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, porém surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los em troca de dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. Essa obra, que ela ainda não sabe ler, é seu único vínculo com a família. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a cumplicidade do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que a ensina a ler. Em tempos de livros incendiados, o gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito.A vida na rua Himmel é a pseudorrealidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um jovem judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela história. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa desse duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto — e raro — de crítica e público.

Vamos às capas!


                      
                                             Alemanha                                                Austrália

                      
                                                 Brasil                                                    Bulgária

                      
                                                 China                                                     Eslovênia

                          
                                             Espanha                                                Estados Unidos

                         
                                            Holanda                                                        Itália
  
                          
                                           Inglaterra                                                  Inglaterra

                       
                                               Japão                                                      Lituânia

                        
                                            Portugal                                                      Vietnã

Capas que adorei: Alemanha, Brasil, Bulgária, Inglaterra (segunda) e Portugal.
Capas do "desagrado" haha: Estados Unidos e Itália.
Capa macabra: Vietnã 

Capas inspiradas no filme

                  
                                           Brasil                                                     Espanha
   
                     
                                   Estados Unidos                                              Portugal

Agora chegou a vez de vocês! Analisem as capas - todas as capas devem ser analisadas - e deixem a análise nos comentários. Até 12/02 vocês podem comentar as análises e concorrer ao kit de marcadores. O sorteio será feito pelo Random entre os comentaristas e vocês devem seguir publicamente o blog. Até o próximo Capas pelo Mundo e boa sorte!
Comentários
17
Compartilhe

17 comentários:

  1. Das capas dos livros, apenas gostei da capa da Eslovênia, já as inspiradas no filme são as que eu mais gosto, principalmente o contraste da capa brasileira!

    ResponderExcluir
  2. Será que só eu gosto da capa do filme deste livro? Todo mundo fala super mal, mas eu acho ela muito mais bonita que as outras (até mesmo a antiga brasileira). Acho que tenho esta opinião porque ainda não li o livro e não assisti o filme, mas mesmo assim acho a nova mais interessante

    ResponderExcluir
  3. Que capas diferentes... Estranhei todas kkkkk
    Estou seguindo, flor. Beijo.
    http://pequeninabiblioteca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. A capa da Alemanha, Bulgária, Inglaterra (2) e Portugal são muito parecidas. No entanto, a de Portugal tem muitos detalhes escritos e eu não gosto de muitas informações assim na capa. A da Alemanha está dando mais destaque para o nome do livro e do autor, parece um panfleto do livro. A da Bulgária está ideal, na minha opinião, com a morte com capa vermelha dançando com a menina, porém gostei mais da capa da Inglaterra pois ela faz parecer que o livro é antigo tirado do fundo do baú (gosto de coisas desse tipo).
    A capa da Espanha e da Holanda também são praticamente iguais e a imagem da menina deitada com o livro transmite a paixão por livros; gostei.
    A da Austrália é bonita, mas achei desnecessária a faixa azul.
    As capas da China, EUA e Japão carecem de edição (ou são editadas demais). rsrs
    A da Itália me lembra a Chapeuzinho Vermelho.
    Amei a capa do Brasil (porque todos os elementos gráficos estão em harmonia entre si e com a história), da Eslovênia (porque remete a infância, a tristeza, a inocência, ou seja a elementos que lembram Liese), da Lituânia (porque possui os elementos essenciais da história: a morte, a menina, o livro, a guerra), da Inglaterra (1) (porque também contem elementos essenciais da história), e do Vietnã (porque remete bastante a afeição que a morte sente por Liese, embora seja um pouco assustadora).
    As capas baseadas no filme são lindas!

    Porém o mais importante é: Independentemente de qual seja a capa, o livro merece ser lido porque essa história é emocionante. Já li e adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daiana, você ganhou o kit de marcadores! Nos envie o seu endereço por inbox :D Parabéns!!

      Excluir
  5. Gostei bastante da capa Chinesa .. Mas se eu pudesse escolher acho que ficaria com a primeira Inglesa ! Mas acho a brasileira bem bonita. Já eu, não gosto qndo o livro tem a capa do filme então ! :)

    ResponderExcluir
  6. Não gostei de nenhuma capa, a mais bonitinha é a da Bulgária, rs.
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Já li o livro e gostei bastante
    Todas essas capas são muito lindas
    mas ainda bem que eu já tinha o livro antes do filme, pois não iria querer meu livro com essa capa
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com





    ResponderExcluir
  8. Gosto mais da brasilieira, o branco e o preto intercalaram bem, e dá a figuração de bem e mal, vida e morte. Agora outra que tem algo a ver com o livro realmente é a da Alemanha, a morte dançando com a garotinha. Liesel realmente dança com a morte, mas não pisa no pé dela.

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li o livro, mas com certeza vou lê-lo em breve. As capas estão bem diferentes entre si, mas eu goste da Brasileira e da Alemã...

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  10. Gostei da capa do Brasil [apenas a antiga], a da Austrália e de Portugal não me agradaram muito, mas dá pro gasto. As outras não curti mesmo!

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    De todas as capas a que eu acho mais bonita é a brasileira. As capas em geram são estranhas, "sinistras".
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente, não li o livro portanto não poderei analisar as capas. Não sei se tem muito a ver com a estória do livro ou não rs
    Mas gostei bastante delas, principalmente a capa da Austrália! :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Minhas capas favoritas são a do Brasil e da Holanda <3
    Austrália, China e Japão são interessantes.
    Eslovênia é fofa.
    Alemanha, Bulgária, Inglaterra, Lituânia e Vietnã trazem um conceito de que poesia traz doçura até mesmo nos momentos de sofrimento, suavizando o dia a dia difícil e estão contextualizadas com a narrativa.
    Não gostei das capas italiana (me lembra A Garota da capa vermelha) e a americana.
    Prefiro capas antes do filme!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Li este livro a muitos anos e quando fiquei sabendo da adaptação comprei ele para poder reler...
    Achei poder ver todas as edições dele, e me apaixonei pelas edições de Vietnã e Espanha...
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  15. nunca li o livro e nao tenho muita vontade de ler :/ mas qnta capa assustadora O.o cheia de morte e de coisas feias... sei q a historia e triste mas armaria!! beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Apesar de não gostar da história, gostei muito da capa da Itália.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações