2 de jan de 2014


[Resenha] Bruxos e Bruxas - James Patterson e Gabrielle Charbonnet

 

Ficha Técnica

Título: Bruxos e Bruxas
Título Original: Witch & Wizard
Autor: James Patterson e Gabrielle Charbonnet
ISBN: 978-85-8163-221-6
Páginas: 287
Ano: 2013
Tradutor: Ana Paula Corradini
Editora: Novo Conceito
53No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.

Resenha

James Patterson é um escritor best-seller do The New York Times, e mais de 76 de seus títulos entraram na lista de mais vendidos. Nesta série, intitulada “Bruxos e Bruxas”, iremos ser apresentados aos irmãos Allgood: Whit e Wisty.

Selo-Parceiros-Novo-Conceito4222No meio da noite, os dois irmãos são arrancados violentamente de sua casa, e durante toda a confusão, eles descobrem que estão sendo acusados de bruxaria. Sem entenderem nada, Whit e Whisty são jogados e trancafiados em uma prisão, onde outros diversos jovens foram tambem acusados da mesma coisa. Todos os jovens menores de 18 são acusados de bruxaria e conspiração, e ao atingirem a idade maior, são condenados à morte.

– Eu sei que você acha que sou louca, mas estou começando a acreditar nessa história de bruxa e bruxo. Na nossa mágica. Temos que treinar, Whit. Temos que ter mais força de vontade. Talvez você seja um bruxo. Talvez eu seja uma bruxa.
Pág. 86

Logo no começo do livro, iremos descobrir que essa prisão é controlada pela Nova Ordem, que é um partido político que está ganhando as eleições, fazendo com que o governo antigo fosse exterminado. Desta forma, é criado o Conselho dos Únicos, onde basicamente livros, músicas, filmes, museus, e qualquer coisa do tipo, se torne restrito aos cidadãos.

Restará então aos irmãos Allgood iniciarem uma revolução na prisão e irem de encontro às ordens de O Único Que É O Único, que é o idealizador da Nova Ordem. Para conseguirem se livrar do cárcere, Whit e Wisty precisarão descobrir que eles são realmente bruxos e que devem urgentemente entender como seus poderes mágicos funcionam, antes que completem 18 anos e sejam penalizados com a pena de morte.
– A Nova Ordem é um futuro brilhante! É um futuro que substituiu as liberdades corruptas e ilusórias das chamadas democracias com uma disciplina muito maior. Foram necessários muitos e muitos anos de planejamento, cargos políticos estratégicos, pesquisas com rigor científico, comunicação precisa de mensagens importantes e eleições cuidadosamente monitoradas.
Pág. 93
“Bruxos e Bruxas” é um livro co-escrito com a autora Gabrielle Charbonnet, e apesar de ter uma premissa muito boa e ser redigido a quatro mãos, o livro deixa a desejar em vários aspectos. Toda essa atmosfera distópica fundida com o mundo bruxo é encantadora, porém na prática tudo acontece de uma forma superficial, e muitas vezes sem sentido.

Apesar de ter lido o livro muito rápido, infelizmente tenho que dizer que as personagens principais são o tanto quanto inúteis, fazendo com que o livro não tenha nenhum representante digno para segurar a narrativa. Os autores optaram por fazer uma narração mesclando os pontos de vista de Whit com os de Wisty, e isso seria muito bom caso eles tivessem conseguido dar um ritmo a história.

Não quero ficar apontando todos os problemas do livro, que para mim são muitos, pois acredito que ele tinha tudo para ser excelente, porém pecou na execução. A escrita utilizada é bastante pobre e os problemas são solucionados tão rápidos que chego a pensar que os autores duvidam da capacidade de interpretação de seus leitores. “O Dom”, continuação deste livro, já está sendo comercializado no país, e eu espero que nele as coisas melhores um pouco… De preferência, que melhorem muito.



  
Comentários
15
Compartilhe

15 comentários:

  1. Quero muito ler esse livro, na verdade sempre vejo muitas resenhas positiva a sua foi a unica que apontou alguns defeitos, oque é bom para quando eu ler não chegar cheia de expectativas e me decepcionar como já aconteceu com vários livros, mas espero que ele possa me surpreender de alguma forma *--* Ótima resenhas.

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  2. De inicio queria muito ler esse livro, mas a maioria que leu o detestou e poucos gostaram. Não sei o que pensar dele, pois seria necessário uma leitura, coisa que não fiz, mas sei que há vários erros nele para ser tão ruim como todos dizem, então, se um dia cair em minhas mãos eu leio. Mas, esperava mais do que isso vindo desse autor!

    ResponderExcluir
  3. Oi Tácio!
    Estou roendo as unhas de anisedade para ler o livro ;)
    Não sabia que era distopia, pensei que fosse magia ou algo tipo fantasia, nem série antes de começar a ler algumas resenhas sobre ele.
    Ahhhh confesso achei a capa linda rsrs e sou encantada pela narrativa de James Patterson <3
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha. Faz algum tempo que estou querendo comprar este livro e gostei de ler sua resenha, pois você também destacou os pontos negativos da obra. De qualquer forma, esse livro parece ser bom, achei o enredo bem interessante! :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não vi nenhuma resenha positiva desse livro... Oq é uma pena, pois ganhei ele agora no começo do ano. :/
    Acho q vou botar ele direto para troca sem ler mesmo. Melhor arriscar nos livros de suspense do Patterson mesmo, pq nesses ele arrasa.

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Acabei de visitar um blog que falava sobre "O Dom". Eu dizia que queria muito ler "Bruxo e Bruxas" quando foi lançado, mas vi tantas resenhas negativas que resolvi diminuir minhas expectativas quanto a leitura. Estava apostando em elogios do segundo livro. Ainda não li nenhum da série, mas aviso: Pelo que li não crie grandes expectativas quanto ao segundo. Porém lhe dê uma chance.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Super concordo com o que você disse, a história é muito superficial e não empolga, o livro tinha tudo para deslanchar mas não deu, o autor usou uns trocadilhos bem infantis, quer dizer a narrativa é muito infantil, eu não sei se o fato da autora colaboradora escrever histórias infantis contribuiu para esse resultado não muito agradável para muitos leitores, como também se a informação que nesses livros o JP mal toca nos livros procede por isso que foi perceptível a mudança da narrativa do primeiro para o segundo, tal informação baseada em resenhas.
    Mas quem quiser se aventurar e tomar suas próprias conclusões fiquem a vontade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. A resenha facilitou bastante o entendimento do livro. Esse vou ler assim que comprar.

    ResponderExcluir
  9. Olá Tácio!! Tudo bem??
    Nossa quando este livro foi lançado tinha uma expectativa muito grande por ele, mas confesso que ando bastante desanima pela leitura pois sua resenha foi bem clara em relação ao livro e também só tenho lido comentários e resenhas negativas...Uma pena pois o enredo tinha tudo para ser ótimo, mas a historia simplesmente parece não acontecer! Mas mesmo assim vou querer conferir um dia!

    ResponderExcluir
  10. Olá Tácio, ainda não li mas já vi muitos blogueiros falando sobre ele. E a maioria são críticas negativas... Confesso que mesmo antes de ler as resenhas feitas sobre ele, já não estava muito interessado. Agora então, haha. Mas quem sabe eu não dou uma chance pra ele? Talvez ele me surpreenda.
    Adorei a resenha, adoro quando o resenhista destaca os pontos negativos também, pois assim dá pra ter uma visão mais geral da obra. Abraços,
    Arthur Porto
    http://livrolatraapaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Acho que muitas pessoas, assim como eu, compraram o livro mesmo sabendo que vários blogueiro e vlogueiros falaram mau. Mesmo que ninguém gostou vou ler do mesmo, já que gastei 10 reais no submarino, rsrs. Fisicamente é um livro muito lindo! Amei a propaganda -enganadora- da editora.
    leemporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Confesso que no princípio eu o coloquei na minha lista de livros, depois que eu li a sinopse e tals... mas com o passar do tempo, vi várias resenhas/críticas negativas sobre ele... então não sei se tiro ele da minha lista ou se compro para tirar minhas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
  13. ja li algumas resenhas do livro e vi muita gente reclamando, embora tenha lido alguma elogiando! eu ja nao tinha vontade de ler pq nao curto esse negocio de bruxos e etc... e ainda com tanta opiniao negativa ai e que eu nao vou ler mesmo!! quem for ler: boa leitura!!

    ResponderExcluir
  14. Eu não quero ler este livro,pelo menos este ano, como você mesma disse: o livro deixa muito a desejar, e já ouvi isso muitas vezes. Quem sabe ano que vem?

    ResponderExcluir
  15. Estava tão ansiosa para ler esse livro =( mas agora não sei se é isso mesmo que eu quero, achei que era uma trama super trabalhada com altos níveis de magia e não uma distopia. Estou na dúvida agora.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações