8 de fev de 2014


[Resenha] A Agenda - João Varella

 

Ficha Técnica

Título:  A Agenda
Autor: João Varella
ISBN: 978-85-8163-292-64
Páginas: 320
Ano: 2013
Editora: Novo Conceito
6Sandra Macedo é uma alta executiva de marketing. Obstinada e competente, sua eficiência é reconhecida pelos funcionários e pela diretoria da holding onde trabalha. Exemplo de mulher bem-sucedida, Sandra vive atolada entre as obrigações profissionais e uma filha que não lhe dá muita atenção. Em meio a essa correria, fica difícil dedicar um tempo ao lado afetivo. Assim, ela acaba se envolvendo com pessoas que podem comprometer sua carreira e sua saúde emocional. A não ser que ela deixe de ser a menininha que, no fundo, continua sendo...

Resenha


Hoje é dia de Literatura Nacional e trago a resenha do primeiro livro do autor João Varella lançado pela Editora Novo Conceito. Lendo a sinopse do livro, não sabia muito o que esperar, mas o que me chamou a atenção foi a personagem Sandra.

Selo-Parceiros-Novo-Conceito42223222Sandra é coordenadora de marketing do grupo educacional Germano Thomas. Prestígio, dinheiro e sucesso fazem parte do cotidiano dela, mas é visível que não está feliz. Extremamente controladora, anota cada minuto do que precisa fazer em sua agenda, sem a qual ela fica completamente perdida. Paralelo ao ambiente profissional, a vida amorosa de Sandra sempre foi um caos, mãe solteira muito nova, teve que dar muito duro para alcançar o patamar em que está e seus relacionamentos amorosos são sempre muito conturbados.

Conhecemos ainda mais dois personagens que irão interagir e mudar o cotidiano de Sandra. O primeiro é Felipe, o novo estagiário do setor de marketing da empresa, com apenas 19 anos e cheio de ideias mirabolantes. O outro é Carrano, um poeta que tenta viver da sua arte, vendendo-a pelas ruas para conseguir sustentar a si e ao seu sobrinho.

Os caminhos de Carrano e Sandra se cruzam indiretamente quando ela esquece a agenda no táxi e por obra do destino, cai nas mãos do poeta, voltando para ela, tempo depois repleta de poesia.

Mesmo com uma narrativa fluída, a história não me conquistou, bem como os personagens. Mas, é claro, essa é a minha opinião, e vocês já leram? Querem ler?

Até a próxima queridos!! 

Comentários
12
Compartilhe

12 comentários:

  1. Poxa, estou louca por esse livro, o João é dono da editora Lote 42, Lay, uma editora lindíssima (dá uma olhada no site) e eu não duvido que esse livro seja bom, apesar de você não ter gostado. Ai, não sei. Achei a história um pouco bobinha, mas se a narrativa me encantar, acho que é muito válido.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Já li algumas resenhas sobre este livro, mas o enredo não me interessou também! =/
    Deve ser questão de gosto também, mas deve ser uma ótima dica para quem gosta deste estilo de enredo!
    beijos ♥
    Olá!
    Que legal você ter respondido as minhas perguntas <3
    Bem, tenho que concordar com você em relação á Luce! Ela também me irritou muito, chegava a me perguntar o que o Daniel viu nela rsrsrs
    Também sempre vejo algumas resenhas negativas sobre Ana e o beijo francês, mas ainda não li. Que bom que a adaptação de Jogos Vorazes ficou boa, é sempre raro ver um filme que agrada quem eu os livros!
    As indicações de livros também são ótimas! Ainda não li Feita de Fumaça e osso e estou com bastante vontade de ler, deve ser muito bom! :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conheço nada do autor, mas pelo que tenho lido sobre este livro, não fiquei com a impressão de que bacana.
    Acho que essa falta de empatia com os personagens acaba se tornando um ponto bem negativo.
    Não sei se leria.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro e nem o autor,mas achei interessante a história e fiquei curiosa para ler se eu tiver oportunidade!

    ResponderExcluir
  5. A sinopse não tinha me interessado o suficiente para colocar o livro na minha lista. Saber que os personagens não são cativantes e a leitura não te conquistou, reforçou minha ideia de que não é uma leitura que me agradaria. Gosto de me envolver com a história.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  6. Lay! Não sabia da existência desse livro e me apaixonei. Que pena que a história não te conquistou; Achei linda esta capa e se tiver tempo um dia na minha vida vou procurá-lo na livraria. Bjs, leemporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Achei a estória um pouco parecida com a de um filme, não lembro qual.. rs
    Pelo que vejo a estória não lhe conquistou, a mim não chamou tanta atenção. Não sei se foi a capa ou a estória, mas não dá.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro ainda, mas acho que iria me interessar bastante, já que deve ter muita poesia. Mas a história em si, pelo que você falou, não me fez ficar com uma vontade louca de lê-lo, apenas uma curiosidade normal. A capa também me chamou atenção.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Nao sei porque mais nao gosto desse livro, sei lá nao consegui me simpatizar com nada do livro, uma pena isso.


    xx

    ResponderExcluir
  10. Primeira vez que leio algo sobre esse livro, no momento não seria algo que escolheria para ler. E não sei muito opinar sobre ele, mas não me chamou muito a atenção.

    ResponderExcluir
  11. É uma pena quando a história não nos envolve.
    Eu gosto de histórias mais ágeis e movimentadas, por isso não sei se seria um livro para mim. Mas se pintar uma oportunidade, quem sabe?
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  12. Eu já li e confesso que tive a mesma ideia que você. A história é interessante, mas o foco em si não é aquele primor. Não me prendeu, em alguns momentos ficava largada na leitura, não conseguia me focar até acabar, não prendeu mesmo.
    M&N | Desbrava(dores) de livros

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações