22 de fev de 2014


[Resenha] Paixão sem Limites - Abbi Glines


Ficha Técnica

Título: Paixão sem Limites
Título Original: Fallen Too Far
Autor: Abbi Glines
ISBN: 978-85-8041-220-8
Páginas: 192
Ano: 2013
Tradutor: Fernanda Abreu 
Editora: Arqueiro
5Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

Resenha

E hoje vamos à uma resenha de um livro que eu quis ler desde que foi lançado, pois é “Paixão sem Limites”, foi de fato sem limite, só consegui parar quando acabei o livro de fato, meu Deus, intenso demais!!!!!

Arqueiro_parceria522Em “Paixão sem Limites” somos apresentados à Blaire Wynn, uma garota de 19 anos que não teve uma adolescência muito comum. Depois de ter perdido a irmã gêmea há cinco anos e o pai ter ido embora logo em seguida, Blaire passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Com a recente morte dela, Blaire foi obrigada a vender tudo que tinha (apenas a casa herdada da avó e tudo que tinha dentro) para pagar as dívidas do hospital e, em consequência disso, teve que recorrer, mesmo contra sua vontade, ao pai, pelo menos para ter onde morar por um tempo. Porém, após uma viagem de aproximadamente oito horas do Alabama até Rosemay Beach (Flórida), ela descobre que seu pai mais uma vez não cumpriu a promessa e quando ela chega ao endereço informado ele não está. Simplesmente viajou para Paris com a nova esposa, mesmo sabendo que a filha estaria para chegar e precisa dele mesmo que fosse por pouco tempo. Bem, mas voltando a chegada dela, Blaire descobre que na verdade a “casa do pai” é na verdade a casa de Rush Finlay, filho da sua madrasta.

Rush não sabia que Blaire apareceria, muito menos que seria no meio de uma de suas festas e enquanto sua mãe viajava, mas resolveu acolhe-la mesmo assim, mesmo que não seja no quarto de hóspedes.

Assim que conseguiu resolver em parte seu problema de moradia, cabia a Blaire conseguir um emprego para sair de lá o quanto antes, afinal, não poderia depender da boa vontade de Rush por muito tempo. Entretanto, enquanto convivem debaixo do mesmo teto, Blaire sente-se cada vez mais atraída por Rush, mesmo sabendo que não deve.
Tem coisas sobre mim que você não sabe. Eu não sou um daqueles caras que você pode tratar feito um cachorrinho. Tenho bagagem. Muita. Bagagem demais para alguém como você. Imaginava uma pessoa muito diferente, levando em conta que conheço o seu pai. Você não é como ele. Você é tudo aquilo de que um cara como eu deve ficar longe, Eu não sou a pessoa certa para você.
Pág. 62
Rush é um personagem intrigante. 24 anos, único filho de um grande astro do rock, super rico, lindo e, ao que tudo indica no início do livro, um grande arrogante. Porém, ao longo da narrativa vamos conhecendo-o um pouco mais e passando a compreendê-lo melhor.

No entanto, Rush não é a única preocupação na cabeça de Blaire, afinal sempre faz-se necessário uma “vilã” e nesse caso temos Nannete, irmã mais nova de Rush, que ele defende com unhas e dentes, faz tudo que ela quer e a garota implicou com a cara da pobre da Blaire assim que ela chegou. E, ainda tem mais, ao que tudo indica, tem um mistério por trás da história envolvendo a garota e nos deixa extremante curiosos.

Mas se tem algo que gostei bastante nesse livro foi a personalidade de Blaire. Com todo o histórico de abandono e sofrimento em sua vida, ela tinha tudo para ser uma pessoa revoltada e amargurada, entretanto ela pega o que a vida lhe dá e segue da melhor forma possível, sem se deixar abater, vai em busca do que quer, seja o que for.
Eu não sou de marca. Enfie isso na sua cabeça. Não posso tocar em você. Quero tanto fazer isso que está doendo, mas não posso. Não vou  magoar você. Você é… perfeita, intocada. E no final nunca me perdoaria.
Pág. 63
O livro é dinâmico, capítulos curtos o que proporciona uma leitura muito rápida, a edição não apresenta erros e a melhor parte é que o próximo livro da trilogia já será lançado esse mês, uhuuuu Editora Arqueiro!!!

Olhem só que capa delícia, que foi escolhida por votação no facebook da editora (eu escolhi essa hein?! uiii)



Até a próxima queridos!!!!!!!!!!!!!!
Comentários
11
Compartilhe

11 comentários:

  1. Estou super ansiosa para ler esse livro! A história em si já parece boa, mas o que mais me chama a atenção é a narrativa dinâmica e a intensidade da trama e dos personagens.
    A personalidade da personagem principal realmente é um diferencial. A maioria das histórias em que o personagem tem um histórico como o dela, acabam sendo meio chatinhos.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Faz pouco tempo que li uma resenha sobre "Tentação sem limites", mas ainda não havia lido a de"Paixão sem Limites". Agora lendo-a confirmo o que já havia pensado antes. Confesso que mesmo a história parecendo ser boa, não sou fã do gênero. E a vida dos personagens não parece ser a das mais interessantes.

    ResponderExcluir
  3. Lay! Adorei a resenha, e que bom que você gostou da capa do próximo livro (eita, esse povo do facebook). Não tenho interesse na trilogia, mas gostei do livro. Bjs, leemporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Tinha visto algumas resenhas desse livro por aí e fiquei bastante interessada. Fiquei com pena da Blaire, teve que se virar com tanta coisa que aconteceu de maneira repentina, e já não fui com a cara do pai dela, totalmente irresponsável, mas pelo jeito a Blaire parece ser bem decidida. Fiquei super curiosa para saber o que vai acontecer com o Rush e a Blaire, se essa relação vai mesmo para frente.
    Acho que vou esperar sair os próximos livros para eu comprar toda a coleção :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Blaire deve ter sofrido bastante, eu não sei se no lugar dela conseguiria tirar o melhor e seguir assim, em frente. Sobre o Rush tenho certeza que ele não é o que aparenta ser e sobre a irmã dele tenho certeza que ela deve encher o saco da coitada da Blaire.

    ResponderExcluir
  6. Que pena que é trilogia, mas estou super ansiosa para ler a trilogia (quando for toda lançada rsrs). Por ser rápido e dinâmico, parece deixar o livro mais gostoso.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  7. Essa é uma série que desejo muito ler, de inicio não me interessei muito, mas parece que as resenhas fizeram mudar minha opinião.

    ResponderExcluir
  8. Tenho Paixão Sem Limites estar aguardando para ser lido ainda lacrado e já estou ansiosa para ler Tentação Sem Limites!

    ResponderExcluir
  9. O Rush parece ser um babaca! haha E a Nannete uma praga! rsrs
    Mas quem sabe a Blaire consiga retirar algo bom deles... ^^

    ResponderExcluir
  10. Gostei bastante da sua resenha, mas o gênero não é o meu preferido não. Na verdade não gosto mesmo, me lembra 50 tons e não me atrai.
    M&N | Desbrava(dores) de livros

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha, ainda não li mas está na minha lista, pois sempre vejo muita gente elogiando os livros e o enredo é bem interessante, fiquei com vontade de ler e acompanhar o desenrolar desse romance! Que bom que o segundo volume já foi lançado, a capa é mesmo linda!
    beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações