13 de abr de 2014


[Resenha] A Maldição do Tigre - Colleen Houck


Ficha Técnica

Título: A Maldição do Tigre
Título Original: Tiger’s Curse
Autor: Colleen Houck
ISBN: 978-85-8041-026-6
Páginas: 344
Ano: 2011
Tradutor: Raquel Zampil
Editora: Arqueiro
12
Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

Resenha

Kelsey Hayes está prestes a completar 18 anos e a ingressar na faculdade, mas por ser órfã e necessitar bancar seus estudos, a jovem precisa encontrar urgentemente um emprego. Durante uma de suas buscas por trabalho, Kelsey acaba conseguindo um emprego temporário em um circo que está passando por sua cidade, mas mal sabe ela, que aceitar trabalhar lá mudará sua vida por completo. 

No circo, Kelsey é muito bem recebida e logo cria amizades, porém sua atenção é tomada pela presença de Ren: um tigre branco de olhos azul-cobalto. Encantada pelo tigre, a menina irá tentar ficar o máximo de tempo observando a criatura. Passando horas conversando com Ren ou desenhando-o em seu diário, muitas vezes ela chegará a dormir perto da jaula do animal. 
Todo dia eu me levantava cedo para cuidar do tigre e dos cães, e todas as tardes eu me sentava perto da jaula de Ren para escrever em meu diário. À noite, levava minha colcha e um livro. Às vezes escolhia um poema e o lia em voz alta. Outras vezes, eu apenas conversava com ele.Pág. 38
Arqueiro_parceria52222O que Kelsey não sabe é que Ren é um príncipe indiano de mais de 300 anos que foi amaldiçoado quando ainda era um adolescente. Ele foi transformado em tigre e desde então não envelhecera um dia se quer. A moça só saberá deste segredo muito tempo depois de se apaixonar completamente pelo tigre, e logicamente tomará um susto ao perceber que por detrás da fera, existe um ser humano. 

Certo dia um homem de negócios vai até o circo e decide comprar o tigre para levá-lo para uma reserva na Índia, para isso ele contará com a ajuda de Kelsey, que se mostra muito solicita e feliz em ver seu amigo Ren solto novamente. Mas ao chegar na Ásia Meridional, ela descobrirá finalmente quem realmente Ren é, e que talvez ela seja a chave para quebrar sua maldição. 
Deslizei de volta para a água e nadei para o centro do lago. Ele também tornou a mergulhar e ficou dando voltas em torno de mim enquanto eu jogava água nele, rindo. Depois submergiu e ficou muito tempo debaixo da água. Por fim, emergiu, pulou em cima de uma pedra e saltou no ar, caindo de barriga na água, bem ao meu lado. Brincamos até ficarmos cansados.Pág. 162 
A autora Colleen Houck nos entrega um livro recheado de aventura, ação e romance. “A Maldição do Tigre” é uma fábula contemporânea que utiliza bastante de mitos e lendas da Índia para compor sua estória. Com capítulos longos, a narrativa de Houck é bem detalhada e rica, apesar de em algumas passagens a autora acelerar os fatos, quebrando um pouco do clima. 

Com bastante fôlego e criatividade, a obra de Houck chega a lembrar um pouco as aventuras de Indiana Jones, com muito misticismo e perigos ocultos. Além de construir muito bem este lado mais ágil, a autora preza pelo romance, chegando a insinuar um possível - e provável - triângulo amoroso entre Kelsey, Ren e seu irmão Kishan, que também foi amaldiçoado e transformado em tigre. Uma pegada meio “Diários do Vampiro”, fórmula batida, mas que funciona muito bem aqui. 


maa-durga.jpg
Durga: deusa do hinduísmo que marca presença em “A Maldição do Tigre” 

Apesar de eu ter achado a Kelsey um pouco ‘bestinha’, no geral as personagens são bem construídas e cada uma com uma personalidade/função bem definida dentro do livro. Talvez meu problema com Kelsey é que mesmo ela sendo simpática e inteligente, as vezes ela se porta como uma criança. Quem é o louco que vai colocar a mão dentro da jaula de um tigre, pois sente que ele não irá arrancar sua mão?! Tudo bem, isso faz parte da magia do enredo, porém não perdoo o fato de Kelsey dar uma de Bella Swan e ficar naquela de “eu não mereço ele, pois sou inferior, tenho que terminar tudo”. Só em livro que o rapaz bonito e educado quer pegar a menina e ela fica de mimimi. 

“A Maldição do Tigre” é o primeiro livre de uma série composta por quatro volumes, todos eles já publicados nos país pela Arqueiro. O livro é muito gostoso de se ler, e apesar da fonte ser pequena e dos capítulos serem longos, a leitura se mostra bastante agradável. Tenho certeza que a autora está guardando boas transformações pras suas personagens nos exemplares posteriores e grandes reviravoltas. Este livro é somente o início da aventura...



Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Oi Tácio!
    Eu me encantei por essa série pela fantasia e pq amo mitologia de todo tipo então embarquei nessa aventura indiana rs
    Aventura, ação, romance, criatividade e reviravoltas dão o tom.
    Vai ter um quinto livro mas parece que não há previsão de lançamento, O Sonho do Tigre.
    A Kels é mesmo chatinha rsrsrs e ela ainda consegue piorar um tiquinho rsrs
    Na dúvida entre Ren e Kishan eu escolho os dois <3
    Bjs e boa semana para todos

    ResponderExcluir
  2. Como não amar essa série? Sou encantada por ela e mitologia indiana é maravilhosa e a autora trabalhou isso muito bem. Eu prefiro o Kishan <3 rsrs.
    Aproveite os próximos volumes.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tácio
    Adorei a sua resenha. Ainda não li esse livro, mas ele está na minha liste de leitura para esse ano. Acho que vou gostar muito, pois tem tudo o que eu gosto.

    ResponderExcluir
  4. Oi Tárcio, eu ainda não li esse livro, e nem sei se irei ler ou não, tenho meio que receio, algumas pessoas gostaram outras não, e a protagonista não me parece ser daquelas personagens que irá me agradar, mas quem sabe um dia eu ainda mude de ideia.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto a capa do livro em alguns lugares, mas nunca li a sinopse ou alguma resenha simplesmente pela fato de não querer iniciar outra série, mas depois de ler tua resenha acabei adicionando a minha lista de livros "Vou ler". Muito boa sua resenha e me deixou curiosa pela história.Acho sua historia diferente e suas capas lindas!!

    ResponderExcluir
  6. Ja tinha visto a capa do livro , mais nunca parei pra ler um capitulo , ou procurar resenhas , mais alem da capa ser linda o livro nao me interessou mt , pois tem pessoas que nao gostaram do livro e isso me deixa meio indecisa , acho qu nnao darei uma chance ao livro , quem sab um dia !

    ResponderExcluir
  7. As capas da séries são lindas, exceto pela última, mas a primeira capa é lindíssima! Tenho vontade de ler a série, mas não é algo que seja imediato pois tenho uma pilha enorme pra dar conta primeiro.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações