25 de abr de 2014


[Resenha] O Resgate do Tigre - Colleen Houck


Ficha Técnica

Título: O Resgate do Tigre
Título Original: Tiger’s Quest
Autor: Colleen Houck
ISBN: 978-85-8041-061-7
Páginas: 430
Ano: 2012
Tradutor: Raquel Zampil
Editora: Arqueiro
12
Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas. Além de lutar contra macacos d'água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos. Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey. Em O Resgate do Tigre, a aguardada sequência de A Maldição do Tigre, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une. Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página.

Resenha

Esta resenha pode conter spoilers, pois é parte de uma série, sequência de “A Maldição do Tigre”. 
Após entregar um livro repleto de ação, aventura e romance, Colleen Houck volta a dar vida à seus personagens Kelsey, Ren e Kishan. Depois de terminar seu relacionamento com Ren e retornar para os EUA, Kelsey vê sua vida se transformar diante seus olhos. Morando em uma casa nova e pronta para ingressar na faculdade, a jovem se sente realizada, mas incompleta. 

Arqueiro_parceria52222Enquanto vive um dia após o outro, Kelsey acaba conquistando o coração de vários jovens, porém nenhum deles é capaz de fazê-la esquecer do seu tigre. Apesar disso, certo dia Ren aparece em sua porta, e transforma o mundo de Kelsey mais uma vez. Desta forma, os dois terão a chance de aos poucos irem se entendendo e talvez reatar o namoro, mas inconvenientemente, eles não contavam com o súbito rapto de Ren, fazendo com que a nossa heroína tenha que voltar para Índia o mais rápido possível. 
A Índia me chamava, às vezes baixinho, às vezes com um rugido, porém o chamado era constante e eu de vez em quando me perguntava se algum dia conseguiria me acomodar novamente numa vida normal.Pág. 50
Voltando à Índia, Kelsey irá unir forças com Kishan e Sr. Kadam para conseguir descobrir o paradeiro de Ren, para isso eles terão que ingressar em uma nova aventura em busca do segundo artefato que pode quebrar a maldição criada por Lokesh. 

Novamente correndo risco de vida, Kelsey irá dar o seu melhor para salvar seu amado, e desta vez na companhia de Kishan enfrentar os misteriosos segredos da Índia. Com a mesma fórmula de “A Maldição do Tigre”, Houck nos entrega mais uma obra que irá fazer os corações ávidos por aventura ficarem felizes, tudo isso recheado com muito romance e boas surpresas. 
Kishan era diferente quando Ren não estava por perto. Ele deixava sua vulnerabilidade transparecer e não tentava encobri-la com a arrogância e a fanfarronice que sempre exibia para irritar o irmão. Eu sabia que ele estava sendo sincero. Suas palavras me afetaram profundamente.Pág. 181
"O Resgate do Tigre” não é muito diferente de seu antecessor. Nesse volume já estamos acostumados com os personagens, conhecemos um pouco de suas personalidades e gostos, mas o enredo é basicamente o mesmo: ir atrás de um objeto para terminar com a profecia que transformou Ren e Kishan em tigres. Mas se engana quem achar que os livros são similares, apesar da ideia central ser a mesma, a autora consegue criar um livro completamente diferente e tão gostoso de ler quanto o anterior. 

Desta vez iremos conhecer mais Kishan, e obviamente perceber seu relacionamento e interesse por Kelsey. Essa história de irmãos pegarem a mesma menina é bem interessante, apesar de Kelsey me parecer bem confiante com que irmão ela deseja ficar, porém isso pode mudar ainda. É legal ver também que Colleen novamente recorre e abusa da cultura hindu para construir sua estória, isso só faz enriquecer o livro e torná-lo o mais real possível. 
Naquela noite sonhei com os dois irmãos. Eles estavam diante de mim e Lokesh me ordenava que escolhesse qual deles viveria e qual morreria. Ren sorriu, triste, e acenou com a cabeça na direção de Kishan. O rosto de Kishan se contraiu e ele desviou o olhar de mim, sabendo que eu não o escolheria. Eu ainda ponderava minha escolha quando a ligação do serviço de despertador do hotel me acordou com um susto.Pág 198
Tirando os capítulos excessivamente longos e que podem cansar um pouco a leitura, “O Resgate do Tigre” é tão bom quando o primeiro livro da série. Neste volume descobrimos mais do passado de Ren e Kishan, um pouco sobre seus familiares e como isso afeta diretamente na relação atual deles com Kelsey. Sem contar também, que os próprios personagens conhecem novas facetas de suas próprias identidades. 

A autora se mostra muito hábil em costurar os detalhes e ir destrinchando suas surpresas aos poucos. Dois pontos importantes ficaram suspensos, mas tenho certeza que ela irá retomá-los nos volumes seguintes. Além do que, depois da reviravolta dos capítulos finais, tenho absoluta certeza que Houck guarda boas cartas na manga para manter o fôlego em “A Viagem do Tigre”. 
Ren era como uma incrível cachoeira na selva - espumando e reluzindo à luz do sol. Ele era paraíso exótico à espera de ser descoberto. Kishan era diferente. Kishan era um rio tempestuoso e turbulento - rápido, imprevisível e não navegável mesmo para o mais hábil dos aventureiros. Os irmãos eram ambos maravilhosos, fascinantes e poderosos…Pág. 320




Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Oi, Tácio
    Ainda não li esse série, mas estou louca para ler. Adoro as capas, são simplesmente lindas. Gostei do booktrailer.

    ResponderExcluir
  2. Deu para perceber que essa série está sendo muito bem vista e comentada pelos leitores, ainda não tive o prazer de ler, mas tenho como meta para o ano ler ao menos o primeiro livro.E fico ainda mais animada de saber que o segundo livro é bom.

    ResponderExcluir
  3. Oi Tácio!
    Adorei a sua resenha, sou apaixonada por essa série, tendo como mote a mitologia hindu, muita aventura, surpresas e romance, como vc diz: uma obra que faz os corações ávidos por aventura se deliciarem!
    O enredo é bem alinhavado e os tigres estão cada vez melhores rs tanto que nas primeiras páginas onde eles não aparecem, a leitura não flui rs
    Mas depois é só se deixar envolver e viajar na leitura <3
    Bjs e excelente fds para todos

    ResponderExcluir
  4. Conheço essa série, o primeiro livro foi ótimo e tenho certeza que essa sequencia é melhor ainda. Esse eu vou ler.

    ResponderExcluir
  5. Tácio, amo essa série. Já li esse livro e é maravilhoso. Essa autora me conquistou completamente.

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de ler essa série, mas não com desespero e afinco pois tenho uma pilha enooooorme para desbravar antes de pensar em comprar novos livros.

    ResponderExcluir
  7. Nossa , essa série parece ser fantastica , ja tinha visto A Maldição do Tigre na livraria , a capa é super linda , mais nunca tinha me interessado em ler , e nem fazia idéia que se passava dd uma série , confesso esse livro me deixou bem intrigada e curiosa , pretendo ler a série , Pois vcs falam tao bem dela !

    ResponderExcluir
  8. Oi, eu ainda não li nenhum livro da série, não sentia vontade antes, mas estou mudando de ideia, é bom saber que a continuação também é boa, adorei a sua resenha, e espero poder conhecer a série melhor em breve, vai que eu acabo virando fã.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu ainda não li nenhum livro da série, não sentia vontade antes, mas estou mudando de ideia, é bom saber que a continuação também é boa, adorei a sua resenha, e espero poder conhecer a série melhor em breve, vai que eu acabo virando fã.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações