12 de mai de 2014


[Resenha] Mar de Rosas - Nora Roberts


Ficha Técnica

Título: Mar de Rosas
Título Original: Bed of Roses
Autor: Nora Roberts
ISBN: 978-85-8041-273-4
Páginas: 288
Ano: 2014
Tradutor: Janaína Senna 
Editora: Arqueiro
36Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.

Resenha

Como eu falei na resenha de Álbum de Casamento, antes da série Quarteto de Noivas, só tinha lido uma série da Nora Roberts, que foi a Trilogia da Magia, que eu particularmente amei. Mas o quarteto também é  maravilhoso e acredito que boa parte do sucesso se deve às personagens principais dos livros, pois elas são fortes e decididas. 

Arqueiro_parceria522222Depois de ter me encantado pela atmosfera criada para nos apresentar às quatro amigas e sócias da Votos e ter conhecido mais a Mackensie e o Carter, nesse segundo livro somos apresentados à Emmaline Grant e ao Jack Cooke. Emma é a decoradora da Votos e junto com suas amigas gerenciam uma empresa de organização de casamentos de sucesso. Jack é o melhor amigo de Del (irmão de Parker, uma das amigas sócias) desde a época da faculdade e, por consequência faz parte desse círculo de amigos a quase uma década.

Emma é romântica por natureza, afinal, filha de um casal super apaixonado, um casal perfeito não tem como a pessoa crescer vendo tudo isso e não desejar o mesmo para si, um casamento feliz, harmonioso, filhos. Mas, enquanto não encontra seu príncipe encantado não imaginem que Emma fica sentada esperando as coisas acontecerem, até porque, como você vai encontrar a pessoa especial se não sair e conhecer novas pessoas?
Olhou para trás enquanto se afastava e viu o pai pegar a mão da mãe sob os galhos da cerejeira, com os botões ainda bem fechadinhos.
E viu que ele a beijou.
Não, pensou Emma, eu só podia ter nascido romântica. Eu só podia querer isso, pelo menos parte disso, para mim.
Pág. 75
Logo de início percebemos que Emma e Jack sempre gostaram um do outro sem saber e logo passamos a torcer para que tudo dê certo, afinal com Mackensie e Carter noivos o que a gente deseja é que todas elas se acertem e encontrem seu par perfeito.

Mas nem sempre as coisas são tão simples. Emma tem certeza do que quer para o seu futuro: casamento, família, filhos. E sabe que Jack Cooke está longe de pensar em qualquer uma dessas situações. Por isso mesmo é que isso deve ser levado em consideração juntamente com o fato de que eles convivem juntos a muito tempo, e que sem dúvida é difícil sair da zona da amizade, afinal, se o romance não der certo como ficará a amizade? E o círculo de amigos em comum? Sem dúvida é algo que deve ser muito bem analisado.
O amor exige muita coragem
Pág. 182
Jack convive muito mais com seus amigos do que com sua família e esse também foi um dos motivos que levaram Jack a ficar afastado de Emma mesmo gostando dela aa tanto tempo. O respeito que ele tem por Del e o relacionamento dele com a irmã e as amigas dela.
Era muito curioso pensar que era possível conhecer uma pessoa por dentro e por fora e descobrir que havia muito mais para se conhecer. E quanto mais se conhece aquela pessoa, mais se tem vontade de saber sobre ela.
Pág. 240
Quando vemos o início do relacionamento deles, nos perguntamos até onde essa história irá, afinal, com duas pessoas com objetivos diferentes a gente já fica com o coração na mão.

Esse livro é essencialmente para quem curte um bom romance, com direito a suspiros, lágrimas e risos. A Nora nos conduz de forma magistral nessas páginas e nos deixa com um gostinho de quero mais. Não vejo a hora de ler “Bem-Casados” pois tenho certeza de esse casal vai ser demais!!!!!!

Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Lay, amei sua resenha!
    Eu sou apaixonada por Nora e acho essa uma das séries mais fofas dela *-* Eu adorei o primeiro livro, mas Mar de Rosas me deixou apaixonada! Emma é tão fofa, tão romântica...cada virada de página um suspiro.
    Estou mega ansiosa pelos próximos volumes, principalmente pelo de Parker. \o/
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  2. Nao é o tipo de livro que eu gosto ainda não li nada da autora entt não conheço a forma da escrita dela entt nao vou opinar, mais o estilo do livro não é dos meus preferidos :P
    Mais vejo vários comentários positivos sobre os livros da autora *-*

    ResponderExcluir
  3. Oi, Layane
    Adorei a sua resenha. Gosto muito dessa série. Os livros da Nora Roberts sempre são muito bons. E os dessa série são meus preferidos, pois adoro livros românticos. A capa do terceiro é muito linda, estou ansiosa pelo lançamento.

    ResponderExcluir
  4. LAYYYY...CONCORDO!
    como Emma não ser uma romântica com pais tão fofos??
    e o próximo livro já esta me deixando ansiosa só pelas coisas que eu imagino ahhahahah
    beijosss

    ResponderExcluir
  5. Lay, até hoje, estou sem ler nada da Nora, mais esse ano não passa. Essa série quero lê-la parece ótima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comece por essa mesmo, é perfeitaaaaaaaaaaaaaaaa!!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações