5 de mai de 2014


[Resenha] Prince of Thorns - Mark Lawrence


Ficha Técnica

Título: Prince of Thorns
Título Original: Prince of Thorns
Autor: Mark Lawrence
ISBN: 978-85-66636-11-6
Páginas: 357
Ano: 2013
Tradutor: Antônio Tibau
Editora: DarkSide® Books
13Tem início a Trilogia dos Espinhos: Ainda criança, o príncipe Honório Jorg Ancrath testemunhou o brutal assassinato da Rainha mãe e de o seu irmão caçula, William. Jorg não conseguiu defender sua família, nem tampouco fugir do horror. Jogado à sorte num arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente sua pele, e sua alma. O príncipe dos espinhos se vê, então, obrigado a amadurecer para saciar o seu desejo de vingança e poder. Vagando pelas estradas do Império Destruído, Jorg Ancrath lidera uma irmandade de assassinos, e sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram.

Resenha

“Prince of Thorns” é o primeiro livro publicado pelo autor Mark Lawrence e faz parte de uma trilogia intitulada “Trilogia dos Espinhos”. Recheado de passagens bárbaras, no maior estilo de fantasia épica, “Prince of Thorns” nos conta a história do príncipe Jorg, que com apenas 14 anos de idade, almeja conquistar o trono e por um fim a um sofrimento que lhe acompanha pelos últimos quatro anos.

darksideAos dez anos, Jorg presenciou a morte de sua mãe - a então rainha de seu reino - e de seu irmão caçula, que foram brutalmente assassinados enquanto o príncipe testemunhava tamanha atrocidade sem poder fazer nada. Esse evento acabou deixando em Jorg marcas, tanto fisicamente quanto psicologicamente, e desde este dia, o jovem rapaz jurou se vingar dos responsáveis por arrancarem dele, os seus bens mais preciosos.
Mostrei a ele o tempo vazio aonde minhas memórias não ousam ir. Eu o deixei olhar bem. Ele então correu de minhas memórias - fugiu, e eu o persegui. Mas somente até as margens do pântano. Porque se trata de um jogo. E eu vou vencer.
Pág. 34
Abandonando o seu passado, incluindo qualquer vestígio de realeza que possa existir em seu sangue e em seu nome, o príncipe Jorg foge do castelo em conjunto com criminosos do reino, que acabam se tornando os seus “irmãos” de estrada.

Apesar da pouca idade, Jorg se mostra maduro e totalmente confiante ao comandar um grupo de adultos e guiá-los rumo ao seu objetivo de vingança. Durante quatro anos, Jorg e seu grupo de foras da lei, vagam por vilas espalhando o terror por onde passam, até conseguirem retornar ao local onde toda essa história começou, para enfim Jorg clamar seu posto no trono real.
Enquanto estivesse acordado eu sentia um incômodo, uma dor que crescia toda vez que remexia as lembranças com minhas mãos. E eu voltava a ela, de novo e de novo, como uma língua no vão de um dente caído, atraído pela ausência. Eu sabia que ele me mataria.
Pág. 104
Lawrence entrega aos leitores uma obra repleta de fantasia, aventura e magia, tudo isso muito bem narrado e banhado com muitas passagens sangrentas e cruas. Seu personagem principal se firma como um anti-herói, que carrega uma bagagem obscura e misteriosa, mas que ainda assim consegue conquistar. Jorg é jovem, mas com uma mente tão adulta e calculista que chega a dar arrepios.

Com capítulos curtos, a leitura de “Prince of Thorns” flui rapidamente, enquanto o leitor vai se deparando com alguns capítulos de flashback que acabam situando-o melhor na história e no passado de Jorg, e desta forma reafirmando toda a ideia central do livro que gira em torno de um príncipe que busca vingança, mas que ainda assim, carrega dentro de si diversos questionamentos perante seus atos e escolhas.
(...) Imaginei que talvez ele talvez pensasse que eu era incompetente para prever o perigo. Alguns homens são muito estúpidos e jamais chegam a imaginar o que está por vi. Outros torturam a si mesmos com hipóteses e povoam seus sonhos com horrores mais terríveis do que o pior de seus inimigos lhe poderiam infligir.
Pág. 120
Não posso deixar de falar da bela edição que a Darkside publicou, com direito a capa dura, belíssima impressão e acabamento para colocar inveja em qualquer editora do mercado nacional. Apesar da encadernação e do volume de páginas, o livro é leve e com uma diagramação excepcional. Vale lembrar que agora em Maio chega o segundo volume desta trilogia, intitulado “King of Thorns”.

Para finalizar, quero deixar claro que para os amantes da literatura fantástica e para os fãs de séries como “A Guerra dos Tronos” e “O Senhor dos Anéis”, este livro é um deleite. Para aqueles que não gostam ou ainda não estão familiarizados com este segmento, vale a pena dar uma chance e talvez acabar descobrindo um novo gosto. “Prince of Thorns” é um excelente marco na iniciante carreira autoral de Mark Lawrence, e este exemplar provavelmente será um daqueles livros que atravessarão gerações.
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Tácio
    Gostei muito da sua resenha. Adorei o enredo desse livro, acho que vou gostar. Adorei Guerra dos tronos. Pretendo ler.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muitoo de sua resenha *--*
    Affs só eu que não li esse livro ainda???? tipo todos amigos que eu conheço já leram falam que é ótimo :P
    Acho que vou pegar emprestado já que falta verba :(

    ResponderExcluir
  3. Pela sua resenha tenho certeza de que vou amar esse livro. Amo fantasia, e ainda tem magia, um dos temas que gosto muito.

    ResponderExcluir
  4. Oi oi Tácio, tudo certo?
    Olha, sempre vi a capa desse livro pelos blogs, mas nunca me interessei. :/ Ainda bem que tô participando do TC aqui, porque pude conhecer o livro. Ainda mais que sou fanática pelos livros de Tolkien, se ele segue a linha, tenho certeza que vou adorar. ^^
    Aliás, amei a resenha. Muito bem escrita.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações