19 de mai de 2014


[Resenha] Simplesmente Irresistível - Rachel Gibson


Ficha Técnica

Título: Simplesmente Irresistível
Título Original: Simply Irresistible
Autor: Rachel Gibson
ISBN: 978-85-63420-38-1
Páginas: 389
Ano: 2012
Tradutor: Leila Kommers
Editora: Jardim dos Livros
38Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em Seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.

Resenha

Esse é o segundo livro que leio da Rachel, e assim como Sem Clima para o Amor, Simplesmente Irresistível é, com o perdão do trocadilho, simplesmente irresistível.

Geração 2014John Kowalsky é um jogador de hóquei no auge de sua forma física aos 28 anos e com a carreira em ascensão nada mais poderia incomodá-lo. Porém, ao sair mais cedo do casamento do dono do Chinook de Seattle, time pelo qual joga, ele não sabia que sua vida poderia mudar tanto. Quando fugia do casamento (que ainda nem tinha começado) uma jovem de curvas estonteantes pede uma carona para ele, mas o que ele não sabia era que essa jovem era a noiva do seu “chefe” e isso poderia complicar e muito seu futuro no time. Ou seja, por mais difícil que fosse, ele deveria se manter afastado de Georgeanne.
- Mas Sissy não gosta do Virgil. Ela o acha um duende velho e pervertido.
Uma sensação ruim tomou conta de John.
- Sissy não é a noiva?
Ela o encarou com seus enormes olhos verdes e balançou negativamente a cabeça.
- Eu sou.
- Não tem graça, Georgeanne.
- Eu sei — choramingou.— Não acredito que deixei Virgil no altar!
Pág. 20
Georgeanne é uma jovem do Texas com uma carga emocional muito forte. Praticamente sozinha no mundo, desde muito nova, ela tem o desejo de provar que pode vencer na vida por seu próprio esforço. O problema é que, após estar fragilizada com a fuga do casamento, John, mesmo em seus maiores momentos de insensibilidade e incompreensão, acaba sendo a válvula de escape para todo o carinho e amor que tem em si.
Claro que o que John e Georgeanne não resistem a atração evidente entre eles, mas o que Georgie vê como o futuro de uma relação, para John é apenas uma noite de diversão e no dia seguinte a dispensa no aeroporto com uma passagem de volta para o Texas (achando ele que está fazendo um grande favor à ela). Mas Georgie dá a volta por cima, decide ficar em Seattle e refazer sua vida.
Com um salto de sete anos na história, os personagens se encontram novamente e vemos uma Georgeanne mais confiante e segura de si e um John mais maduro e calmo. Esse reencontro também apresenta à John uma jovem garotinha, Lexie, fruto de sua relação relâmpago com Georgie sete anos atrás.
Lexie é uma fofa que, embora tenha a personalidade muito parecida com a mãe, apresenta características físicas muito parecidas com John. Para mim ela foi uma das minhas personagens favoritas com suas falas sempre em momentos cruciais me renderam altas gargalhadas.
- Tenho uma pipa.
- É?
- Sim, mas ela não vai voar. Minha mãe usa um sutiã muito grande, mas mesmo assim não pode correr. – A menina balançou a cabeça com tristeza. – E Mae não pode correr porque ela não usa nenhum sutiã.
Pág. 168
Como não se encantar com essa pequena? E Mae também foi uma personagem cativante, e que na minha opinião deveria ter um livro só para a história dela, tenho certeza de que seria ótimo!
- Não gostei dele.
- O quê? – Mae riu sem humor. – Quem se importa se gosta dele ou não? Não preciso de sua aprovação.
- Ele não é o homem certo para você.
- Como sabe?
Hugh sorriu.
- Porque acho que eu sou o homem certo.
Desta vez a risada dela foi com sarcasmo.
- Você deve estar brincando.
- Estou falando sério.
Pág. 312
Simplesmente adorei! A leitura claro que foi rápida, pois tem tudo que eu gosto, romance, mocinha que supera seus problemas, um mocinho cabeça dura e lindo, comédia, enfim! Outra coisa legal é que esse livro foi publicado a primeira vez em 1998, então na narrativa há algumas coisas citadas que nos fazem gargalhar como, toca fitas, video cassete e walkman, muito bom mesmo.
Segundo vi na internet, o livro faz parte de uma série dos jogadores de hóquei e espero sinceramente que os demais livros sejam publicados por aqui.
1. Simply Irresistible (1998) - Simplesmente Irresistível
2. See Jane Score (2003)
3. The Trouble With Valentine's Day (2005)
4. True Love and Other Disasters (2009)
5. Nothing But Trouble (2010)
6. Any Man of Mine (2011)
Sem dúvida, é uma leitura recomendada para quem curte um bom romance.
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Oi, Layane
    Adorei a sua resenha. Não conhecia esse livro, mas fiquei super interessada. É bem o estilo de livro que eu gosto. Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  2. Olá Layane!
    Awn, romance <3 rs.
    Nunca li nada da Rachel Gibson, e me sinto muito mal por isso!
    Espero ler algo dela logo, e começar com este.
    Amei a resenha!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lay, sou louca para ler esse livro, está em minha lista de leitura e só estou esperando diminuir um pouco o que preciso ler para comprá-lo. Todos só elogiam esse livro, e também quero muito que toda a série seja publicada aqui. Assim espero.

    ResponderExcluir
  4. Ooi tudo bom???
    Esse livro parece ser bom... romance *-* s2
    Não conhecia esse livro, mais ja li um livro da autora que foi rescue me, adorei agora quero esse livro *-*

    ResponderExcluir
  5. Amei o livro, é a minha cara. A historia é linda, fiquei muito curiosa. Esse livro, sem duvida,compraria na proxima vez.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações