25 de jun de 2014


[Resenha] Absoluto - M.S. Fayes


Ficha Técnica

Título: Absoluto
Autor: M.S. Fayes
ISBN: 978-85-68056-00-4
Páginas: 218
Ano: 2014
Editora: Charme
41Ela era um fenômeno, como estudante de direito. Ele era o advogado mais temido do estado. Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos. Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa. Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.

Resenha

Absoluto é o primeiro livro da Trilogia da Lei, lançado pela Editora Charme, e confesso que quando vi essa capa logo quis ler esse livro e conhecer esse protagonista!!!

Editora CharmeEntão vamos lá. Kate tem 24 anos e está terminando a faculdade de Direito. Focada em sua graduação e em seu futuro assim que sair da universidade, Kate praticamente não tem vida pessoal. Desde que terminou o noivado com Mike, seu primeiro namorado, fechou-se em seu casulo e mesmo com o incentivo das amigas, não pensava em um novo relacionamento tão cedo (mesmo tendo mais de um ano que se separou). Admirada e incentivada por seus professores, mesmo antes de se formar, Kate se vê com um emprego em um grande escritório de advocacia de Boston, além da chance de conhecer o famoso Dr. Gabe Szaloki em ação, em um julgamento. Porém, após vê-lo em ação e conversar com ele e seu professor, ela percebe o quão arrogante e prepotente ele é. O que ela não percebe, ou finge não perceber é que seu julgamento dele está deturpado pela forte atração que sentem um pelo outro instantaneamente.
Definitivamente, ele era um homem digno de ser olhado. Admirado, exaltado. Não somente era majestoso atuando em sua área profissional, como era o exemplar masculino mais lindo que Kate já pusera os olhos.
Pág. 21
Mas, a interação entre eles no início é esporádica e superficial. Apenas alguns eventos sociais e Gabe sempre se mostra interessado e Kate sempre se esquivando, afinal, seu colega de escritório Peter está se mostrando muito interessado nela, mesmo sabendo da política contra namoros no trabalho.

Mas Gabe não desiste fácil, e não irá sossegar até conseguir o que quer, que nesse caso é Kate. O legal é que quando ela resolve dar uma chance para eles, o relacionamento segue de forma tranquila, os dois se conhecendo, nunca misturando trabalho (afinal eles são de escritórios diferentes) e é maravilhoso conhecer outro lado de Gabe, o lado família e tradicional.

Descendente de húngaros, Gabe utiliza muitos termos na língua da terra de seus pais. Édes (pronuncia-se Idesh) e significa meu doce, Szív, que significa coração, Drágám, que significa minha querida, e o melhor de todoos, Szeretlek te`ged, eu te amo. Simplesmente perfeito! Romântico e lindo!
Kate ria maravilhada, deliciando-se com um Gabe completamente diferente do que as outras pessoas conheciam. O Gabe arrasador dos tribunais não era compatível com aquele que dançava tipicamente. Que ria solto e despretensiosamente. Feliz e companheiro. O Gabe amoroso e completamente entregue às tradições familiares. Respeitador e cheio de devoção.
Pág. 180
A narrativa flutua entre Kate e Gabe, mas não em capítulos separados, de um parágrafo para o outro podemos ter a mudança do ponto de vista e isso torna o texto mais interessante.

Com personagens fortes e inteligentes, Fayes torna o casal extremamente carismático e nos conquista nas primeiras páginas, assim como outros personagens que complementam a narrativa de forma maravilhosa. Fay mesmo, uma das amigas com quem Kate divide o apartamento, e também advogada recém-formada, é o oposto de Kate em questões amorosas, mas elas estão lá uma para a outra para o que precisarem.
- Kate, o amor é um lance muito doido, mas é eficaz, amiga. Você precisava sair da concha em que entrou por causa daquele imbecil do Mike. Gabe Szaloki trouxe o que há de melhor em você. Mostrou que você é uma mulher quente, excitante, deliciosa e que é cheia de amor para dar. - Fay a abraçou. - Se eu pegasse mulher, eu te pegava - ela disse e Kate riu.
Pág. 197-198
Para quem ficou com receio quando eu disse que esse é o primeiro livro da Trilogia da Lei, podem ficar despreocupados. O livro tem começo, meio e fim, e pelo que soube, o próximo livro terá outro casal protagonista, que eu até já desconfio de quem seja. Só espero que não demore muito para sair.

Agradeço à Editora Charme por ter disponibilizado o e-book para leitura, mas com certeza terei de providenciar meu livro físico o quanto antes, ainda mais com uma capa dessa, PELOAMORDEDEUS! Vocês já viram que eu não sou de usar gifs, mas achei esse que reflete bem minha reação com esse deus húngaro.

Bem queridos, até a próxima!

Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Oi Layane!!!
    Amei sua resenha....na verdade vcs todas tem sido umas lindas com as resenhas sobre o Gabe. E eu falo sobre ele pq basicamente vcs se apaixonam é por ele mesmo, né?!

    Amei seu gif de garota enlouquecida!!! hahahaha...Eu fico daquele jeito quando leio as resenhas fofas que vcs escrevem! hihihihihi...

    Segura o coração que o dois vem quente!

    Bjuuuu

    M.S Fayes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Martinha, não existe motivo para a gente negar que se apaixona mesmo é pelo Gabe, mas como não poderia ?! Ele é maravilhoso! Já estou ansiosa pela sequência! ♥
      Fico feliz que tenha curtido a resenha, agora só preciso providenciar meu exemplar físico e quero autógrafo hein?!
      Beijos

      Excluir
  2. Lay, quero ler esse livro, sua resenha ficou perfeita! Menina estou rindo muito aqui pelo gif. Simplesmente amo esses gifs, acredita? Ainda mais vindo de você que nunca usa, ou quase nunca usa, sei que ao usar quer expressar algo mais, além do normal. Como colocar em palavras o quanto gostei? Você me ganhou para o livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu, de fato não dou de usar, mas quando vi esse tive que colocar na resenha para conseguir me expressar, hushasuahsuahs
      Leia mesmo, depois me conta o que achou!
      Beijinhos

      Excluir
  3. Eu amo trilogias, mas esse primeiro livro não me convenceu. Pareceu faltar algo para mim, não sei bem. Por enquanto eu não o compraria, quem sabe mais pela frente eu não me interesse mais?

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações