17 de jun de 2014


[Resenha] Uma Carta de Amor - Nicholas Sparks


Ficha Técnica

Título: Uma Carta de Amor
Título Original: Message in a Bottle
Autor: Nicholas Sparks
ISBN: 978-85-8041-247-5
Páginas: 288
Ano: 2014
Tradutor: Eliana Sabino
Editora: Arqueiro
Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

Resenha

O terceiro livro de Nicholas Sparks, sendo o último livro do autor publicado no Brasil (até agora). Escrito em 1998, Uma Carta de Amor conta a história de Theresa e Garrett. Inclusive, a Editora Arqueiro publicou em sua página no facebook uma foto com os próximos lançamentos e The Rescue (O Resgate) de Nicholas Sparks, aparece como lançamento de julho! 
(...) estava curiosa em relação ao misterioso escritor, e não fazia sentido negar esse sentimento, ao menos apara si mesma.
Pág. 51 
Theresa Osborne é uma jornalista, que possui uma coluna com o tema "pais e filhos" no jornal de Boston. Acabou de sair de um casamento, após a traição de seu marido, e está descrente que exista um amor que seja "para sempre". Mãe de um garoto de 12 anos, a personagem é uma típica mulher do século XXI. Precisa conciliar tarefas de casa com o seu trabalho no jornal. Em suas férias a Cape Cod, após uma caminhada na praia. encontra uma garrafa contendo uma carta que foi jogada ao mar. 

A protagonista sentiu-se tão tocada pelo conteúdo da carta que contou e mostrou a carta para Deanna, sua amiga e editora-chefe do jornal em que trabalha. Deanna aconselha Theresa a publicar a carta em sua coluna, trocando os nomes que aparecem na mesma. A partir da publicação, outras duas cartas do mesmo autor, são mandadas para Theresa.

Theresa decide que deve procurar o autor das cartas, admite que precisa conhecê-lo para assim entender o que está sentindo. Fico tão impressionada com as cartas, que de certa forma, "se apaixonou" por alguém que nunca viu. 

Garrett é um instrutor de mergulho, possui uma loja que vende também artigos de mergulho e pesca e vive numa pequena cidade da Carolina do Norte. Perdeu a sua esposa, a quem era muito devotado e apaixonado. Na verdade ainda é, já que o rapaz desde a morte de Catherine não se envolveu com nenhuma outra pessoa do sexo feminino.

A partir disso, a história se desenrola em torno de Theresa e Garrett. O encontro "casual" dos personagens. O interesse evidente de ambos e um romance não planejado. E tem um grande porém. Theresa não conta para Garrett que teve acesso as suas cartas que foram jogadas ao mar. Ou seja, já sabemos que terá um conflito por conta disso.

Como alguns leitores do DTuP sabem, eu (Auri) adoro Nicholas Sparks. Estava ansiosa para ler Uma Carta de Amor, por ser um dos primeiros livros escritos pelo autor. A história se desenvolve bem - muito bem - até chegar umas 30 páginas para o final. Ficou corrido, esperava um pouco mais de detalhes e até senti certa confusão de informações. Contudo, isso não tirou a beleza do enredo. Recomendadíssimo "Uma Carta de Amor".Sparks estava sentindo a sua falta, depois de muitos meses sem ler nenhum livro seu.
Você me ensinou que é possível seguir em frente, por mais terrível que seja a dor. A seu modo, você me fez acreditar que o amor verdadeiro não pode ser negado.
Pág. 276
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Não conseguia entender o motivo de muitos amarem esse autor até ler um dos livros dele. Ele escreve muito bem e usa bem seus personagens amarrando a história. Uma pena esse livro ter o final corrido.

    ResponderExcluir
  2. Eu também adoro os livros do Nicholas, mas ainda não li Uma carta de amor, apenas li o filme, mas sei que é bem diferente do livro. Que pena que no final é tudo bem corrido, mas isso não parece ter tirado a beleza da história né?

    Bjok

    ResponderExcluir
  3. Sou Apaixonada pelo livro do Nicholas ele escreve tão bem que envolve a gente de uma tal maneira quando lemos os livros dele,eu ja lá uma Carta de Amor quando li tmb o final fico meio que como se algo faltasse mas o livro é tão que eu acabei nem ligando muito.

    Bjss
    malucasporliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Outro livro do Nicholas que é perfeito. Quem não leu pelo menos um livro dele não sabe o que está perdendo.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações