30 de ago de 2014


[Resenha] A Máquina de Contar Histórias - Maurício Gomyde


Ficha Técnica

Título: A Máquina de Contar Histórias
Autor: Maurício Gomyde
ISBN: 978-85-8163-504-0
Páginas: 190
Ano: 2014
Editora: Novo Conceito (Selo Novas Páginas)
41Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias , o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das fi lhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar. Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V. Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.

Resenha

Publicado pelo selo Novas Páginas, que tem a proposta de lançar livros nacionais de ficção e não ficção, o romance de Maurício Gomyde conta a história de Vinícius Becker e a sua família. Vinícius Becker é um escritor de grande prestígio no Brasil e fora do país, um autor dedicado 100% ao trabalho, sempre procurando as mais diversas formas de escrever passagens emocionantes. Pai de duas meninas, uma adolescente e uma criança, além de ter uma mulher muito especial.

Selo-Parceiros-Novo-Conceito42222322Por ser tão focado no trabalho, Becker - literalmente - abandonou a sua família. Imerso em seu processo criativo de escrita e eventos dos seus livros, ele foi aos poucos se distanciando de sua mulher e das filhas. O grande problema é que a sua esposa Viviana estava com leucemia e o mínimo que ele poderia ter feito era ficar ao lado da mulher de sua vida. Bem no dia do lançamento do seu décimo livro, Viviana faleceu. Vinícius não estava lá para se despedir e nem para tentar dar força as suas filhas.

Entendo muito a revolta de Valentina. Imagina ter um pai super ausente, ter que lidar com uma doença tão difícil e devastadora que está acabando com a sua mãe e ter apenas 16 anos. Claro que vai criando uma revolta, uma raiva mais do que justificada.

Após a morte de sua mulher, Vinícius percebe que a sua dedicação aos seus livros o afastou de suas filhas e quer reconquistá-las. Vida, uma criança de 4 anos apaixonada por fadas, consegue viver em certa harmonia com Vinícius. Valentina é a verdadeira tempestade, o pai não consegue se aproximar dela de nenhuma forma. Um dia, em que a garota não está em casa, ele vai até o seu quarto e acaba visualizando as abas abertas em seu notebook.

A partir desse conteúdo das abas, Vinícius Becker decide sair em uma jornada para reconquistar o amor das filhas. Planeja uma viagem para três cidades diferentes, para que passe mais tempo com Vida e Valentina, além de reaprender a ser um pai de verdade.

A Máquina de Contar Histórias foi o primeiro livro que li de Maurício Gomyde e adorei a sua forma leve de escrever. Narrou a vida da família Becker de forma maravilhosa e sem deixar o leitor cansado, muito pelo contrário, fiquei ávida por avançar na história. Literatura Nacional de ótima qualidade, recomendadíssimo!

Tudo o que eu precisava aprender, já aprendi nesta viagem. E, se você um dia precisar de técnica, com certeza saberá onde procurar as respostas.
Pág. 163 
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Oi Auri, desde que ouvi falar desse livro pela primeira vez, me interessei bastante. Confesso que o título e a capa foram os responsáveis por isso. Mas depois de ouvir mesmo do que se tratava, aí entrou de vez pra minha lista de desejados. A história parece bem bacana, aguardo uma oportunidade para comprá-lo e lê-lo. Abraços! ;)

    ResponderExcluir
  2. Desde o lançamento fiquei muito curiosa por esse livro, e cada vez mais vejo que quando lê-lo será uma boa leitura. Quero muito saber se Valentina passa a perdoar o pai.

    ResponderExcluir
  3. Oie...
    Ainda não li o livro, mas já li ótimas resenhas sobre ele.
    Estou um pouco curiosa para ler o livro. Ele parece ser bem emocionante e envolvente!!
    Espero que ele seja perdoado e que tudo termine bem!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Auri,
    Li muitos comentários sobre a escrita leve do Maurício Gomyde. Pela sinopse, o livro é muito emocionante, a busca para reencontrar a relação com as filhas parece ser comovente e mágico. Espero que seja mais um livro do selo Novas Páginas que eu simplesmente vá amar.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  5. O livro que eu li do autor foi "Ainda não te disse nada" e eu gostei muito. Desse, só li 5 capítulos e estou sem estímulo para continuar. =(

    ResponderExcluir
  6. Eu quando vi que esse livro ia ser lançado, não fiquei lá muito animada, pois não conheço o trabalho desse autor e nem ao menos li a sinopse do livro kkk Mas então eu decidi dar uma chance ao livro e ler uma resenha, fiquei encantada, assim como a sua resenha, as que eu vi também são positivas, com isso eu imagino que a história deve ser muito bonita e emocionante, acredito que esse nacional deve ser muito bom *-* Enfim, parabéns pela resenha, adorei ela... Detalhe vi o Maurício na Bienal e ele é um poço de gentileza...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações