24 de set de 2014


My Everything – Ariana Grande


Ao fechar a lista dos melhores álbuns do ano passado aqui no blog eu encabecei o “Yours Truly” no topo. No instante que escutei “The Way” (carro chefe do álbum) da “desconhecida” Ariana Grande, que até então era famosa apenas pelo seriado “Victorious” e por alguns covers que ela fazia no Youtube, soube que ela ainda faria muito sucesso.



Dito e feito, “Yours Truly” debutou em primeiro lugar nas paradas norte-americanas e “My Everything”, seu segundo disco, conseguiu o mesmo em menos de um ano – o que não acontecia na indústria há quatro anos, quando Susan Boyle chegou ao topo com “I Dreamed a Dream” e “The Gift”.

É impossível não falar de Ariana Grande e não relaciona-la com Mariah Carey, coisa que ela evita comentar mesmo reproduzindo todas as firulas da diva dos anos 90 que detém há décadas o título de cantora com mais #1 na história da Billboard. Ser comparada a outro artista traz consigo uma enorme responsabilidade: superá-lo. E ainda é cedo para dizer se Ariana tem cacife para ser maior que a dona do injustiçado “Me. I Am Mariah. The Elusive Chanteuse”. Mas, por enquanto, a carreira da menina-prodígio vai muito bem, obrigado.




O que me chamou mais atenção no novo álbum, foi a capacidade de Ariana em manter a sonoridade clássica do álbum passado e ao mesmo tempo inserir uma vibe moderna. Outro destaque é a quantidade de colaborações que o disco possui, chegando a ser apelidado de “My Features”; dos vários, eu destaco “Best Mistake” com participação do seu amigo colorido Big Sean e a enérgica “Break Free” com o Zedd.

Mesmo com várias parcerias legais, Ariana se destaca sozinha nas faixas “One Last Time”, “Why Try”, “My Everything” e “Just a Little Bit Of Your Heart”, esta última composta por Harry Styles, integrante do One Direction.

No final das contas, eu ainda tenho a sensação que Ariana ainda não mostrou tudo do que é capaz, e que ainda iremos ouvir muito o seu nome. De boba, ela e sua equipe não têm nada. E o que seria da indústria senão fossem os espertos? Infelizmente, hoje ninguém vive apenas de talento. Para ganhar atenção da indústria não basta saber cantar bem, senão Mariah Carey ainda faria sucesso (rs). Gerir uma carreira de forma inteligente não é questão de escolha, mas de sobrevivência.




Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Gosto muito da Ariana Grande, não é minha cantora preferida nem nada, mas a voz dela é sensacional.
    Adoro a música Problem dela, gosto quando ela canta uma música no estilo mais animadinha.
    Espero que ela nos impressione cada vez mais!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. João!
    Vou concordar que a Ariana não é apenas mais um rostinho bonito.. ela tem uma voz grande e uma musicalidade contemporânea. E como falou.. para fazer sucesso e se manter no topo, tem que tem um marketing por trás...
    Ela é boa, porém com certeza não bate Mariah Carey, musa...
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii João !
    Concordo que a Ariana é muito boa, adorei a voz dela, é o tipo de música
    que amo ouvir na academia. Não a conhecia, mas foi fácil me acostumar a ouvir
    as músicas dela, porque você começa a cantarolar junto e não para mais ! Adorei .. :)
    Mas talvez por costume, ainda fico com a Mariah Carey ..
    Bjs ..

    ResponderExcluir
  4. Também concordo que a Ariana canta muito bem, tem uma voz ótima, curto muito esse tipo de música.

    ResponderExcluir
  5. Acho que vou ver pedras voando na minha direção..mas não gosto das musicas dela...(medo).
    Eu acho ela 'bonitinha' mas não acho que ela convence como mulherão..que é o que ela querendo parecer..não me julgue rs,
    não tem como gostar de tudo não é mesmo, mas sei que seus clipes são muito bem feitos,
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Morri de rir e acho que pedras serão atiradas em mim também!! kkk
    Não curto muito esse estilo de música não! Só achei a batida da música interessante.
    Ela tenta meio que parecer a Beyonce ou é impressão minha??

    ResponderExcluir
  7. Com certeza qualquer artista, seja qual for o seu ramo de atuação, se não souber orquestrar a sua carreira, some da mídia em pouco tempo.
    Hoje em dia é tudo muito efêmero e se a carreira não for bem administrada, não tem talento que resista...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações