12 de out de 2014


[Resenha] O Destino do Tigre - Colleen Houck


Ficha Técnica

Título: O Destino do Tigre
Título Original:Tiger’s Destiny
Autor: Colleen Houck
ISBN: 978-85-8041-138-6
Páginas: 395
Ano: 2013
Tradutor: Raquel Zampil
Editora: Arqueiro
16Com três profecias da deusa Durga solucionadas, agora resta apenas uma no caminho de Kelsey, Ren e Kishan para que a maldição seja quebrada. Mas o maior desafio do trio os aguarda: A busca pelo último presente de Durga – A corda de fogo – na Ilha Barren situadas na Baía de Bengala. Uma busca que ameaçará suas vidas. É uma corrida contra o tempo e o malvado feiticeiro Lokesh – neste ansiosamente aguardado quarto livro da série A Maldição do Tigre – colocará o bem contra o mal, testará laços de amor e lealdade, e, finalmente, revelará o verdadeiro destino do Tigre, de uma vez por todas.

Resenha

Essa resenha pode ter spoiler, pois faz parte de uma série.

Arqueiro_parceria522E finalmente, o fim se aproxima. Depois de conhecermos os tigres e sua amada Kelsey, de ter acompanhado cada uma de suas jornadas na tentativa de quebrar uma maldição, não se tem mais para onde correr, é hora de pôr os pingos nos i’s. “O Destino do Tigre” é o quarto e último livro da série escrita por Colleen Houck, e mais uma vez, a autora não veio para brincar.

Logo após terem completado a terceira missão solicitada pela deusa Durga, Kelsey é capturada pelo grande vilão e feiticeiro Lokesh, e ela terá que arranjar uma maneira de escapar, para então poder ajudar os seus príncipes a finalizar a última profecia, e desta forma, quebrar a maldição que fora lançada em Ren e Kishan centenas de anos antes.
Primeiro, quero que se lembrem de que, mesmo que seus pés tenham sido colocados em um caminho que não foi de sua escolha, vocês ainda têm liberdade de decidir o próprio destino.
Pág. 99
Não irei entrar em muitos detalhes dos acontecimentos do livro, deixarei que cada um descubra ao lê-lo. O que posso dizer é que, assim como todos os livros anteriores, o leitor irá se deparar com aventura, romance, mistério e muita, mas muita ação mesmo.

Basicamente, “O Destino do Tigre” segue a mesma atmosfera dos livros que antecedem a série, a ideia geral do enredo é idêntica: Kelsey, Ren e Kishan precisam encontrar a deusa Durga, receber uma missão e resgatar um de seus presentes, tudo regado a enigmas e referências à cultura indiana, na maioria das vezes.
– Eu amo você, Kelsey. O que sinto por você é mais do que gratidão, mais do que atração, mais do que afeição. Nunca escrevi um poema com pontos de exclamação até conhecê-la. Você é o ar nos meus pulmões, o sangue nas minhas veias e a coragem no meu coração. Sou uma concha vazia sem você.
Pág. 127
A despeito de ter 100 páginas a menos que o livro anterior, “O Destino do Tigre” se mostra bastante completo se julgarmos o que é necessário para dar à série um final digno e completo. Apesar de ter achado os acontecimentos finais bastante acelerados, comparados ao restante da obra, Houck sabe dar ao leitor todas as respostas que guardou por tantos capítulos, sendo aparentemente fiel aquilo que planejou desdo o início para suas personagens.

O ponto alto da obra é sem dúvidas a magia que envolve toda o enredo, desde o primeiro livro. As referências a diferentes culturas, incluindo poemas, contos e ao folclore, enriquecem a história de uma maneira espetacular e que ‘colore’ os olhos do leitor, que inevitavelmente fica encantado com esse universo que mistura realidade e fantasia de uma maneira primordial.
– O que você faria se estivesse em meu lugar?
– E em que lugar você se encontra exatamente, jovem?
– Você sabe melhor do que ninguém. Como supero meus medos? Construo uma vida para mim? Me arrisco a amar alguém? Quando a morte é tudo que lhe espera, qual é o sentido de tentar ter uma vida?
Pág. 151
Se tratando de pontos negativos, reclamo somente de duas coisas. A primeira seria o lenga-lenga que esse triângulo amoroso se tornou. No início nem triângulo era, e acabou virando uma bola de neve que dá nos nervos. O problema é que a gente sabe com que Kelsey deve e quer ficar, mas que menina burra, dá raiva demais. Outro ponto que me incomodou foram alguns diálogos totalmente ‘bregas’. Algumas frases ou sentenças eram tão sem noção, que pareciam terem sido retiradas de alguma peça escolar. Não sei se isso foi culpa da própria autora, ou algum desvio durante a tradução.

No mais, “O Destino do Tigre” - e toda a série na verdade - é um livro que encanta, que entretém e principalmente que emociona o leitor. Sou difícil de me emocionar com livros, e se estou dizendo que ele emociona, é porque o nível foi acima do normal. São perdas, conquistas e sentimentos que afloram das páginas na forma mais real possível de se acontecer. E de uma forma bem natural também, diga-se de passagem.

Antes que eu termine, queria parabenizar a autora por ter decidido finalmente fortalecer Kelsey, transformando-a em uma mulher mais pró-ativa e decidida, capaz de escolher seu próprio destino e se sentir forte o suficiente para batalhar por seus desejos. Ninguém gosta de uma mocinha sem sal e que só sabe gritar e se meter em confusão. Ao menos, na minha opinião, se você se meteu em problema, saia dele sozinho. Kelsey aprendeu, e está de parabéns, boa parte da ação do livro é por causa dela. 

Agora, é ficar triste pelo fim, reler no futuro e reviver essa boa leitura que me agradou bastante. Para alegria de uns, e desespero de outros, a autora publicou mais um livro, contando o início da história dos príncipes, antes de Kelsey surgir em suas vidas. Em breve aqui no blog, a resenha de “A Promessa do Tigre”.




Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Li esse livro já faz algum tempo, toda a série é boa. E realmente o triangulo amoroso foi difícil de engolir ainda mais sabendo de toda a lenda e tudo mais que circundava todos. Mas, gostei realmente desses livros apesar de tudo.

    ResponderExcluir
  2. Essa série é muito bem falada. Já vi muitas resenhas positivas sobre, mas infelizmente não tive a oportunidade de ler, mas já esta na minha listinha. Não aguentei e acabei lendo sua resenha com alguns spoilers, que por sinal, não entendi muita coisa, mas quero saber mais sobre esse triângulo amoroso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Eu so li o primeiro até agora, e gostei dele, e confesso que minha maior curiosidade é em saber com quem ela termina rsrs, eu como so li o primeiro não torço para nenhum dos dois. Pois não cheguei a me apegar a nenhum deles até agora, que bom que a serie fechou de uma forma boa, mas é uma pena a mocinha ser cheia d mimimi em outras rsrs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Sou doido pra ler essa série, mas nao tenho nenhum livro aqui... =/
    primeiro que eu adoro as capas dos livros, sao lindas né, e esse O destino do tigre é a que mais gosto, acho que é pq é verde, e eu amo a cor verde... *-*
    E tbm pq ja vi algumas resenhas dos livros e fiquei com muita vontade de ler, espero ler essa série ano que vem, vou ver se compro os livros... rsrs

    ResponderExcluir
  5. O que mais me atrai nessa coleção, são os felinos! Que animais incríveis!
    E a sacada de misturar esses universos, o romance, a trama, tenho certeza que é uma leitura agradabilíssima!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações