24 de out de 2014


[Resenha] Sedução ao Amanhecer - Lisa Kleypas


Ficha Técnica

Título: Sedução ao Amanhecer
Título Original: Seduce me at sunrise
Autor: Lisa Kleypas
ISBN: 978-85-8041-165-2
Páginas: 256
Ano: 2013
Tradutor: Débora Isidoro
Editora: Arqueiro
16O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?

Resenha

E lá vamos nós ao segundo livro da série "Os Hathaways". Depois de conhecermos um pouco da família no primeiro livro da série, Desejo à Meia-Noite, "Sedução ao Amanhecer" inicia apenas dois meses após o casamento de Amelia e Cam, onde Win e Leo irão para a França, onde ela irá fazer um tratamento para recuperar sua saúde e Leo, como irmão mais velho, irá acompanhá-la.

Arqueiro_parceria522Enquanto ela está em seu tratamento, os capítulos seguintes mostram quando, doze anos atrás, o jovem Merripen chegou a propriedade dos Hathaway. É incrível perceber tudo pelo que o garoto passou e a diferença que é viver debaixo de um teto (coisa que os rons não fazem) e principalmente viver com os Hathaway, excêntricos, preocupados muito mais com valores, princípios, arte, discussões filosóficas do que com questões financeiras ou ascensões aristocráticas. Não preocupando-se em como abrigar um cigano pode atingir a reputação da família, Merripen é recebido com um deles, mas sempre age como um criado, um protetor da família, principalmente da doce Win, desde o início.
Kev a amava. Não como descreviam os romancistas e poetas. Nada tão domesticado. Amava além da terra, do céu ou do inferno. Cada momento longe dela era agonia; cada momento com ela era a paz que jamais conhecera.
Pág. 29
Mas, voltando ao presente, Win e Leo ainda na França, os Hathaway precisam seguir o curso de suas vidas e com a ajuda dos recursos financeiros de Cam, Beatrix volta aos estudos, Poppy vai para sua primeira temporada em Londres e Merripen se encarrega de voltar a Hampshire para reconstruir a propriedade da família. Porém, dois meses depois o que vemos é o completo fiasco que Beatrix e Poppy são na sociedade londrina, até porque os Hathaways são, como eu já disse antes, muito diferentes do que a sociedade espera. Mas, pelo bem da família, Cam contrata uma governanta para as meninas e então temos uma nova personagem que tenho certeza terá muito mais participação nos próximos livros, a Srta. Macks.

Dois anos se passam e Win e Leo voltam à Londres, mas trazem com ele o Dr. Harrow, o médico que a curou e que, ao que tudo indica, tem maiores interesses nela.

O que a gente percebe é que, mesmo com o médico vindo com eles para Londres, Win está decidida a conquistar Merripen. A atração entre eles é visível, mas ele tenta manter-se afastado dela o quanto pode, afinal não se acha digno dela.

Mesmo conhecendo o passado de Merripen e compreendendo suas razões para ficar afastada de Win, ficamos na torcida de que ele dê uma chance ao relacionamento entre os dois, mas enquanto isso não acontece muitas novidades ocorrem na história, afinal todos continuam com suas vidas também. Além, é claro, de finalmente descobrirmos o mistério por traz das tatuagens de Cam e Merripen (o que eu particularmente adorei, e já desconfiasse desde o livro anterior).
- Todos os fogos do inferno poderiam arder por mil anos e não se igualariam ao ardor do que sinto por você em um minuto do dia. Eu a amo tanto que não há prazer nisso. Nada além de tormento. Porque se eu pudesse diluir o que sinto por você a uma milionésima parte, o resultado ainda seria suficiente para matá-la. E, mesmo que isso me leve à loucura, prefiro vê-la viva nos braços daquele canalha frio e sem alma do que morta nos meus braços.
Pág. 130
O livro, como eu disse, traz muitas revelações, novidades, intrigas, paixão e diversão. Como muitas pessoas já devem ter percebido, amo séries com irmãos, sempre me conquistam, e a Lisa me conquistou com suas pitadas de mistério, inteligência e os ciganos envolvidos dão um tchan a mais na história por todas as questões sociais da época, além das tradicionais diferenciadas, que nos encantam.

Mas ainda assim, para quem chegar ao final e ficar com aquele gostinho de quero mais, a Arqueiro lançou recentemente o conto que traz o casamento de Merripen e Win e os livros três e quatro, que trazem os irmãos Poppy e Leo também já foram lançados e eu pretendo ler todos o mais breve possível.

Desejo à Meia-Noite - Amelia Hathaway
Sedução ao Amanhecer - Winnifred Hathaway
Casamento Hathaway - Conto extra
Tentação ao Pôr do Sol - Poppy Hathaway
Manhã de Núpcias - Leo Hathaway
Love in the Afternoon - Beatrix Hathaway

Beijos à todos queridos e até a próxima!!!!
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Lay, estou muito animada em ler essa série, você sempre fala bem dela, e também gosto de livros de época, com seus costumes e tudo mais. Vou ler essa série e continuar acompanhando pelas resenhas, suas resenhas dela só me faz querer ler.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro dessa série, gosto muito de romance de época e essa parece ser ótima, essa resenha me deixou bastante animada pra ler, já foi pra minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lay!
    Não conhecia essa série, e confesso que não me chamou muita atenção. Gosto muito de romance mas quando é romance de época nem tanto não seria um livro que eu leria no momento mas talvez por ter tantos elogios numa próxima oportunidade.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Parece ser uma série boa, ainda mais quando li que tem uma pitada de misterio, gosto muito de misterios...rsrss
    e essa parada dos ciganos parece legal tbm.

    ResponderExcluir
  5. Conheci através desta resenha o livro e mais detalhes da série, vou dar uma pesquisada pois parece ser uma leitura válida.

    ResponderExcluir
  6. Eu amo estes irmãos, e este em especial era um muito aguardado por mim, e adorei como ele termina,
    romance de época tem lugar cativo na minha estante.
    Não sabia que tinha saido um extra da historia, vou procurar por ele,
    beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações