8 de dez de 2014


Goodreads Choice Awards 2014


Saiu a lista dos livros ganhadores do Goodreads Choice Awards 2014. Para quem não sabe, o Goodreads é a maior premiação literária cujo os ganhadores são selecionados pelos próprios leitores.

Neste ano foram mais de 3,3 milhões de votos para 20 categorias, estas que incluem: Ficção, Fantasia, Romance, Humor, Poesia e Livros Ilustrados. Alguns dos vencedores já são conhecidos do público brasileiro, inclusive dois deles já foram resenhados aqui no blog e outros três serão em breve.

Vamos então conferir os ganhadores das principais categorias. Caso você queira conferir a lista completa, basta ir no site do Goodreads, clicando aqui.

Ficção


Com mais de 46 mil votos, o vencedor desta categoria foi “Landline” da Rainbow Rowell, autora de “Eleanor e Park” e co-autora de “O Presente do Meu Grande Amor”. Entre os indicados estavam “Big Little Lies” da Liane Moriarty e “The One Plus One” da Jojo Moyes.
Sinopse: Em “Landline”, Georgie McCool sabe que seu casamento está numa fase conturbada. Já tem sido assim há algum tempo. Ela ainda ama o seu marido, Neal, e Neal ainda a ama, profundamente - mas isso quase parece irrelevante agora. Talvez sempre tenha sido irrelevante. Dois dias antes deles irem visitar a família de Neal em Omaha para o Natal, Georgie conta para Neal que ela não poderá ir. Ela é uma redatora de TV, e algo surgiu em seu programa; ela terá que ficar em Los Angeles. Ela sabe que Neal ficará decepcionado – Neal está sempre um pouco decepcionado com Georgie – mas ela não espera que ele pegue as crianças e vá viajar sem ela. Quando o seu marido e seus filhos vão para o aeroporto, Georgie se pergunta se ela finalmente passou dos limites. Se ela arruinou tudo. Naquela noite, Georgie descobre uma maneira de se comunicar com Neal no passado. Não é uma viagem no tempo, não exatamente, mas ela sente que está recebendo uma oportunidade para consertar seu casamento antes mesmo que ele comece. Seria isso o que ela deveria fazer? Ou seriam Georgie e Neal melhores, caso o casamento deles nunca tivesse acontecido?


Mistério e Thriller


O grande vencedor desta categoria foi “Mr Mercedes” do mestre Stephen King com pouco mais de 41 mil votos. O livro será publicado pela Suma de Letras em 2015 aqui no Brasil. Em segundo lugar, com uma diferença de mais ou menos 400 votos, ficou “O Bicho-da-Seda” do Robert Galbraith, publicado recentemente pela editora Rocco.
Sinopse: Nas frigidas madrugadas, em uma angustiante cidade do Centro-Oeste, centenas de pessoas desempregadas estão na fila para uma vaga numa feira de empregos. Sem qualquer aviso um motorista solitário irrompe no meio da multidão em um Mercedes roubado, atropelando os inocentes, dando ré e voltando a atropelá-los. Oito pessoas são mortas, quinze feridos. Em outra parte da cidade, meses mais tarde, um policial aposentado chamado Bill Hodges é ainda assombrado por um crime sem solução. Quando ele recebe uma carta enlouquecida de alguém que se auto-identifica como privilegiado e ameaça um ataque ainda mais diabólico, Hodges acorda de sua deprimente e vaga aposentadoria, empenhado em evitar outra tragédia. Brady Hartfield vive com sua mãe alcoólatra na casa onde ele nasceu. Ele adorou a sensação de morte sob as rodas da Mercedes, e ele quer aquela corrida de novo. Apenas Bill Hodges, com um par de aliados altamente improváveis, pode prender o assassino antes que ele ataque novamente. E eles não têm tempo a perder, porque na próxima missão de Brady, se for bem sucedido, vai matar ou mutilar milhares. Mr. Mercedes é uma guerra entre o bem e o mau, do mestre do suspense, cuja visão sobre a mente deste obcecado assassino insano é arrepiante e inesquecível.

Romance


Com mais de 50 mil votos, o livro vencedor foi “Escrito Em Sangue do Meu Próprio Coração” (tradução livre do nome original), da autora Diana Gabaldon. Este é o oitavo volume da série “Outlander”, adaptado recentemente para TV. O livro provavelmente deve ser lançado ou pela Rocco, que já publicou os livros desta série no passado, ou pela Saída de Emergência, que está publicando as novas edições. Entre os indicados estavam “Bela Distração” da Jamie McGuire, “A Redenção de Gabriel” da Sylvain Reynard e “Sedutor - Selvagem Irresistível” da Christina Lauren.
Sinopse: Em Junho de 1778, o mundo vira de cabeça para baixo. O Exército britânico se retira da Philadelphia, George Washington se prepara para sair de Valley Forge para uma perseguição, e Jamie Fraser volta dos mortos para descobrir que seu melhor amigo se casou com a sua esposa. O nono Conde de Ellesmere desvenda, para seu horror que ele é de fato o filho ilegítimo do recém-ressuscitado Jamie Fraser (um rebelde e escocês criminoso!), e o sobrinho de Jamie, Ian Murray apura que seu primo recém-descoberto tem uma paixão pela prometida de Ian Quaker. Enquanto isso, Claire Fraser trata de um duque asmático, Benedict Arnold, e com o medo de que um de seus maridos pode ter assassinado ao outro. E no século 20, Jamie e a filha de Claire, Brianna, estão pensando que as coisas são, provavelmente, mais fáceis no século 18: seu filho foi sequestrado, seu marido desapareceu no passado, e ela está enfrentando um criminoso cruel com nada além de um grampeador em sua mão. O melhor da ficção histórica, “Escrito Em Sangue do Meu Próprio Coração” tece as fibras da vida de uma família através da tapeçaria de um drama histórico.

Ficção Científica


Andy Weir foi o vencedor desta categoria, com seu livro “Perdido em Marte”, publicado recentemente pela Editora Arqueiro. O filme, baseado no livro, já está em pré-produção, e contará com a direção do famoso Ridley Scott. Um dos livros que concorreram nesta categoria foi “Sand”, a mais nova publicação de Hugh Howey, autor de “Silo”.
Sinopse: Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho. Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente. Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate. Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico e um senso de humor inabalável , ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência. Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá. Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor.

Memórias & Autobiografia


Aposto que todo mundo aqui conhece o vencedor desta categoria. Com mais de 27 mil votos, “A Estrela que Nunca Vai se Apagar” faturou o prêmio. Escrito por Esther Earl e publicado no primeiro semestre do ano pela Intrínseca, o livro virou um sucesso, principalmente por sua relação com o best seller “A Culpa é das Estrelas".
Sinopse: A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar conta a história de Esther Grace Earl, diagnosticada com câncer da tireoide aos 12 anos. A obra é uma espécie de diário da jovem, com ilustrações, fotos de seu arquivo pessoal, textos publicados na internet, bate-papos com os inúmeros amigos que fez on-line e reproduções de cartas escritas em datas comemorativas como aniversários. A jovem perdeu a batalha contra a doença, mas deixou um legado de otimismo e celebração ao amor. Atualmente sua mãe, Lori Earl, preside a instituição sem fins lucrativos This Star Won´t Go Out (tswgo.org), que apoia pacientes e famílias que lutam contra o câncer.

Ficção Young Adult


Concorrendo nesta categoria estava “Isla e o Felizes Para Sempre” (tradução livre do nome original), livro que completa a trilogia escrita por Stephanie Perkins, autora de “Anna e o Beijo Francês” e “Lola e o Garoto da Casa ao Lado”, e que provavelmente será lançado pela Novo Conceito em 2015. Também concorria “Cartas de Amor aos Mortos” da Ava Dellaira, publicado recentemente pela editora Seguinte. Porém, o vencedor, que também já foi publicado no Brasil pela editora Seguinte, foi “Mentirosos” da E. Lockhart com mais de 33 mil votos.
Sinopse: Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu. "Emocionante, bonito e devastadoramente inteligente, 'Mentirosos' é absolutamente inesquecível." - John Green, autor de "A culpa é das estrelas" "Uma história assombrosa sobre como as famílias vivem suas próprias mitologias. Triste, maravilhosa e real." - Scott Westerfeld, autor de "Feios".

Fantasia Young Adult


Essa categoria talvez seja a que mais tenha livros publicados já no Brasil. O grande vencedor, com mais de 53 mil votos, foi “Cidade do Fogo Celestial” da Cassandra Clare, livro que encerra a série “Os Instrumentos Mortais”. Entre os indicados estavam também “A Escolha” da Kiera Cass, “Quatro” da Veronica Roth e “Incendeia-Me” da Tahereh Mafi.
Sinopse: ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais.

Infanto-juvenil


Com mais de 63 mil votos, o vencedor desta categoria foi “O Sangue do Olimpo”, livro recém publicado no Brasil pela Intrínseca. Escrito por Rick Riordan, autor de “Percy Jackson”, essa obra é o quinto livro da série “Os Heróis do Olimpo”. Outros indicados foram: o nono volume da série “Diário de um Banana” de Jeff Kinney, “O Desafio de Ferro”, lançado pelo selo #Irado e escrito por Cassandra Clare e Holly Black, além de “Um Aviso de Grimm” (tradução livre do nome original), terceiro volume da série “Terra de Histórias” escrita por Chris Colfer.
Sinopse: Depois de enfrentarem as mais penosas missões, Percy Jackson e os outros tripulantes do Argo II ainda precisam encarar a pior de todas: chegar a Atenas a tempo de impedir que Gaia, a Mãe Terra, desperte. A Atenas Partenos irá para o oeste, enquanto o Argo II seguirá para leste. Os deuses, ainda sofrendo com a dupla personalidade, não podem ajudar. Como os semideuses conseguirão vencer sozinhos um exército de gigantes e impedir uma guerra entre os acampamentos? A viagem para Atenas é perigosa, mas não há outra opção. Eles já sacrificaram muito para chegar aonde estão. E, se Gaia despertar, será o fim.
Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Estou super ansiosa para ler logo mentirosos, comprei e falta chegar, quero conhecer mais sobre o mistério da Cady, que acordou sem memórias do dia.
    Também PJO, quero já alistar o box inteiro, que ai já vem todos, mas porém tenho medo de não gostar.
    Instrumentos mortais quero também, adorei o Jace ♥
    Sem comentários para King, perfeito!
    Adorei a listinha e bem escolhido pelos leitores.
    Abraços Tácio,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  2. Tácio!
    Tinha de ter King claro, é o mestre dos mestres dos trhillers de terror.
    Não me espantei também em ver Rick Riordan, principal autor infanto juvenil; nem Cassandra Claire no YA porque a série foi fabulosa.
    Depois vou ver os outros ganhadores da lista.
    Uma semaninha cheia de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quero Escrito em Sangue do meu Próprio Coração! Nossa, parece ótimo! Amo históricos assim, com famílias e seus arranjos que acabam se desarranjando!

    ResponderExcluir
  4. Adorei ver o nome do King aí, porque é um autor que eu adoro. Mentirosos é outro livro que me agradou estar na lista, pois será um dos próximos livros que lerei. O Rick Riordan também merece estar na lista. Seu talento é enorme.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de dezembro

    ResponderExcluir
  5. Perceber que ainda não li nenhum deles me deixou deprê :'(
    Gostei de ver King, Riordan e Cassandra Clare na lista, são três autores que amo!
    O único da lista que eu provavelmente não vou ler vai ser A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar, todos os outros estou mega ansiosa pra colocar as mãos haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Tácio,
    que legal, não conhecia o Goodreads Choice Awards.
    Gostei do ganhador na categoria Mistério e Thriller, livro do King que vai ser publicado em 2015 aqui no Brasil, que provavelmente vai estar muito caro e não vou poder comprar, haha' :C.
    "Perdido em Marte" e "Mentirosos" também são livros que quero ler :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. uhuuuuuu tio rick sempre arrasa mesmo \o/ mas tenho que dizer que eu nao conhecia essa premiaçao nao...bom saber disso! Acho incrivel o livro uma estrela que nunca vai se apagar, mas eu nao tenho é coragem de ler :/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações