20 de fev de 2015


[Resenha] Entre Quatro Poderes


Ficha Técnica

Título: Entre Quatro Poderes
Autor: Grupo (Sic)
ISBN: 978-85-428-0351-8
Páginas: 247
Ano: 2014
Editora: Novo Século
16O prefeito de Suares, uma pequena cidade do estado de São Paulo, passa por um momento crítico. Com a Polícia Federal em sua cola e sua vida pessoal desmoronando, o império construído com sangue e mentiras está prestes a ruir. Churrasco, envolto pelas sombras da vida pública, descobriu da pior forma possível que a caminhada de um político pode ser solitária e que cada decisão tem um preço. Só resta saber o quanto ele está disposto a pagar. No final das contas, todos conhecem a vida do homem público, mas sempre existe a história por trás da história.

Resenha

Antes mesmo de nos inserir em sua trama os autores alertam “que fique claro: essa obra é totalmente ficcional.”, o que indica que muitos leitores podem identificar várias semelhanças entre a ficção e a realidade.

Entre Quatro Poderes apresenta a história política de Suares, um pequeno município no interior de São Paulo, que é dividida em dois partidos políticos que brigam pelo cargo mais cobiçado da cidade a cada quatro anos. O enredo inicia relatando o atual prefeito, “Churrasco”, encurralado pela polícia federal na sede da prefeitura e prestes a copiar o mesmo ato de Getúlio Vargas em 1954. A partir daí somos levados a todos os eventos que culminaram neste ato através de um flashback literário.
Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam, e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes.
Pág. 13
O livro foi escrito pelo Grupo (Sic) que é formado pelos jornalistas Khadidja Campos, Rodrigo Dias, Débora Kaoru e Anderson Fernandes que estruturaram sua obra de uma maneira dinâmica com o fim de cada capítulo com ganchos para o próximo, típico dos livros de investigação. Além disso, cada capítulo inicia-se com frases de personalidades importantes como Aristóteles, José Saramago, Bob Marley entre outros que ajudam o leitor a questionar o cenário político atual do nosso país. Se você (assim como eu) tem um pé atrás com livros feitos por mais de um autor, não precisa se preocupar com Entre Quatro Poderes, pois a narrativa é concisa completamente livre de oscilações.

Ao ler o livro nos deparamos com várias intrigas, mistérios e até romances, entretanto os autores não trabalharam de maneira mais detalhada tudo que foi nos apresentado, resolvendo os problemas com apenas simples descrições.

Eu considero de extrema importância o debate político, e Entre Quatro Poderes é uma ótima oportunidade de realimentar esse debate, mostrando as pessoas como funciona o processo político, principalmente no caso de escândalos e corrupção. Ao terminar o livro me senti nos bastidores de uma campanha política, pois o leitor é onipresente, ou seja, está em todos os lugares, sabe o que cada personagem pensa e faz transmitindo a sensação de poder ao leitor que é tão debatida durante toda a narrativa.

Grupo (Sic)
Se as pessoas forem dependentes do governo, por que vão optar pela mudança? Por que vão reclamar disso ou daquilo? Elas sabem que, se arrumarem problemas, vão perder a boquinha. Então melhor deixar tudo como está.
Pág.75





Comentários
11
Compartilhe

11 comentários:

  1. Ótima resenha e mais uma vez obrigado por aceitar o desafio de resenhar o livro! Vejo muitas pessoas comentando que não gostam de política, que evitam o tema. Porém, gostando ou não, é a política que move nossas vidas. Tudo está relacionado a ela ou não! Porém, a escolha por melhorias está em nossas mãos, ou melhor, no nosso voto. E certamente as pessoas poderão escolher melhor seus representantes nas diferentes esferas do poder sem saberem o que realmente acontece nestes locais.

    Desta maneira, o livro Entre Quatro Poderes discute o relacionamento entre as pessoas que comandam a política brasileira, reunindo histórias fictícias similares a casos vivenciados pelos autores.

    Entre Quatro Poderes é um romance cujo protagonista é Churrasco, o prefeito da cidade de Suares, que ao perceber que a Polícia Federal está na cidade para prendê-lo, começa a repensar suas ações no comando do Executivo.

    A publicação traz ao público o que acontece nos bastidores da política e quase nunca é divulgado. O romance se passa na cidade fictícia de Suares, porém, representa a realidade política enfrentada em muitos municípios em todo País. Certamente será uma obra literária que aguçará as discussões sobre o verdadeiro papel do político frente as demandas do povo.

    A iniciativa de escrever o livro germinou de repetidas discussões sobre política, quase que diária, depois do expediente de trabalho. Diante das muitas interrogações surgidas das conversas entre os quatro jornalistas, surgiu a ideia de se pesquisar sobre o assunto e colocar tudo no papel. Decidimos pela ficção e criamos personagens para situações que já foram diversas vezes estampadas em capas de jornais.

    Na verdade, o que os quatro pretendem com o leitor é que ele, na sua leitura, entenda como é o processo político, principalmente no caso dos escândalos e da corrupção. Como isso acontece, e como, muitas vezes, mesmo inocentes, e bem intencionados, alguns políticos são envolvidos. A história se desenvolve de forma que o próprio leitor terá a sua interpretação, quanto à inocência ou a culpa de um ou outro político.

    Claro que tem culpados na nossa ficção, e inocentes, e que tudo, se bem entendido na leitura que faz o leitor, tem um porquê, e esse julgamento será feito conforme o entendimento dessa leitura.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson,

      Que honra ter seu comentário aqui no blog, eu que lhe agradeço pela leitura! Ficarei atento nos próximos lançamentos do Grupo (Sic) ! Abraços ...

      Excluir
  2. Acho que o livro veio em uma hora maravilhosa, já que é de extrema importância que as pessoas conheçam e se interessem por debates políticos. Deve ser uma leitura imperdível e eu pretendo fazê-la o quanto antes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. João!
    Muito boa a análise feita sobre o livro e concordo quando diz que é mais uma 'porta' para discussão sobre a política em nosso país.
    Mesmo sendo um livro de ficção, acredito que o autor teve uma ótima 'sacada' em relatar o que acontece hoje na política destroçada do Brasil. Corrupção, conchavos, a 'tapia' que impõem ao povo...
    Muito bom o livro, quero ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudynalva,

      É um livro que vai fazer você refletir sobre a situação do nosso país!

      Excluir
  4. Olá, João. Tudo bem?
    Eu ainda não li o livro, mas a Naty leu e gostou bastante. Eu pretendo ler em breve.
    O que mais me chama a atenção nessa obra é essa abordagem política, mostrando o "por trás das câmeras". É bom ver autores que se preocupem com o cenário político e consigam trazer as mazelas da nossa sociedade para a literatura.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo ótimo !

      Obrigado, se tiver a chance não deixa de ler o quanto antes !

      Abraços =]

      Excluir
  5. Olha João ... Política não é o meu forte.
    Bom saber que existem livros como esse que esclareçam mais sobre o tema total e bota tudo em discussão.
    Leria sem dúvida :)
    Até!

    ResponderExcluir
  6. adoro livros sobre política, tramas políticas, descobertas do passado sujo de prefeitos , presidentes e etc.Me lembra muito os seriados que eu costumava assistir á alguns anos atrás! Adorei muito a sinopse, espero poder lê-lo em breve!

    ResponderExcluir
  7. adoro livros sobre política, tramas políticas, descobertas do passado sujo de prefeitos , presidentes e etc.Me lembra muito os seriados que eu costumava assistir á alguns anos atrás! Adorei muito a sinopse, espero poder lê-lo em breve!

    ResponderExcluir
  8. Ótima resenha João.
    Gostei tbm do comentário Anderson. Imagino que vc seja do Grupo [Sic].

    Concordo quando João traz a importância do Debate Político, e apesar de não ter lido o livro, pela temática abordada nele, acredito sim, que este, seja um ótimo objeto estratégico, para incitar esse debate.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações