4 de mar de 2015


[Resenha] Irresistível - M.S. Fayes


Ficha Técnica

Título: Irresistível
Autor: M.S. Fayes
ISBN: 978-85-9186-340-2
Páginas: 264
Ano: 2015
Editora: Publicação Independente
41Poderia haver algo que freasse a impetuosa Fay Williams? Aparentemente apenas um homem com pulso firme poderia domar aquele furacão em forma de mulher. Quando Fay e Alex se encontram pela primeira vez, faíscas voam para todos os lados, deixando marcas em ambos. Eles nunca poderiam esperar que suas carreiras acabariam se encontrando tão próximas. Ao invés de aliados, eles se viram oponentes na batalha travada entre seus desejos e seus corações. O único que podiam atestar afinal era que, o amor é simplesmente irresistível em toda a sua essência.

Resenha

Essa semana foi lançado de maneira independente o segundo livro da Trilogia da Lei. "Irresistível" nos leva mais uma vez ao ambiente jurídico de Boston, mas dessa vez os protagonistas são Fay, uma das melhores amigas de Kate, e Alex.

Como falei para vocês na resenha de Absoluto, Fay Williams foi uma das personagens secundárias que eu mais amei. Uma ruiva decidida e destemida, é assim que todos a conhecem e é assim que iniciamos o livro, com ela em uma boate com os amigos, em um dos seus momentos mais preciosos, onde pode dançar sem se preocupar com mais nada nem ninguém. É dessa forma que ela conhece Alex. Fay é o tipo de mulher que vai atrás do que quer e assim também é com suas paqueras, ela gosta de desconcertar os caras com sua atitude, mas Alex quebrou essa barreira e partiu para o ataque.

A química entre eles foi inegável e Fay não perderia a oportunidade de ficar com ele de forma alguma, então, depois de passar uma noite maravilhosa com ele, saiu de fininho na manhã seguinte. O problema todo foi o arrependimento de não saber o sobrenome dele nem seu telefone, e sendo assim, a chance de repetir o melhor sexo de sua vida praticamente era inexistente.
Ela terminou de se vestir e olhou-se no espelho, pronta para ir. A sensação de perda com a ideia de ir embora a fez se apressar ainda mais; percebeu que não cairia mal apanhar um táxi.
Saiu de fininho, não sem antes dar uma última olhada ao belo exemplar masculino profundamente adormecido naquela cama convidativa. Fay sabia que se não saísse dali imediatamente, ficaria tentada a ficar.
Pág. 17
Fay está concluindo o curso de Direito e seu grande sonho é trabalhar na Promotoria do Estado, por isso, ela se candidatou à uma vaga como assistente lá. Enquanto isso ela mantém seu trabalho voluntário em uma associação em Dorchester onde dá aulas de balé e assessoria jurídica.

Por conta de uma complicação na associação, Fay teve de procurar a unidade de Crimes Violentos da Promotoria para pedir a proteção para um jovem, intermediando a situação com a polícia, e qual foi sua surpresa ao descobrir que o promotor do caso é Alexander Bergman, o seu Alex.
- Foi uma grata surpresa revê-la. Espero que não fuja furtivamente da minha sala como fugiu da minha cama. - Ele disse ironicamente, a queimando com o olhar e vendo o rubor no rosto dela.
Pág. 35
Além da grata surpresa de reencontrar Alex, Fay se viu aceita para o estágio na unidade de Fraudes da Promotoria. Com isso e sendo assistente de Alex no caso da associação, Fay se encontrava com ele diariamente e as faíscas vão acabar colocando fogo no edifício!! hahaha
Ele não sabia o que fazer, mas sabia que algo deveria ser feito ou ele não ia conseguir tirá-la de sua cabeça. Agora que ela estava ali, ao alcance de suas mãos, ele estava encontrando dificuldades em se controlar. Ele queria Fay de novo. Com mais intensidade do que antes. E queria mais. Conhecê-la, estar com ela. Ela o estragara para qualquer outra mulher. Ele só poderia dizer que aquela ruiva o enfeitiçara completamente.
Pág. 49
Óbvio que eles vão se envolver novamente, mas ao seguirmos na história, que tem sua narrativa alternada entre Fay e Alex (o que eu amo, afinal dá para entender o que acontece em ambos os lados), vemos que tanto Fay quando Alex tem segredos em seus passados que não pretendem compartilhar. O de Fay a gente até descobre primeiro e é perfeitamente compreensível o motivo dela não querer dividí-lo, mas esses segredos e o temperamento deles complicam as coisas.

Alex se mostrou completamente possessivo e Fay é bastante expansiva e sua amizade com Arthur (um brasileiro lindo radicado em Boston) que trabalha na associação e sua recente amizade com o detetive Benjamin Bromley não o deixavam confortável.
Que espécie de mulher era ela que fugia da responsabilidade de assumir algo sólido com um homem maravilhoso, simplesmente para tentar agarrar-se à sensação de liberdade que ela sempre prezara?
Pág. 135
Além de ter adorado os protagonistas, amei o fato de encontrarmos cenas do livro Absoluto e perceber em que ponto estava a história de Kate e Gabe. Fayes mais uma vez caprichou na criação dos personagens, criando mais um casal carismático, de personalidades fortes e inteligentes e por isso somos conquistados logo nas primeiras páginas.

Já estou super ansiosa pelo último livro da trilogia pelo simples fato de já saber quem será o casal protagonista e por esperar demais por eles. Só tenho que agradecer a Martinha por ter me proporcionado a oportunidade de ler "Irresistível" antes mesmo de ser colocado à venda. Essa leitura foi ótima e devorei o livro em menos de 24 horas.

Para quem ainda não leu, fica a dica!! Mas vocês devem estar se perguntando, se é de publicação independente como eu compro? Vocês podem adquirir o livro na Loja da Martinha ou o e-book na Amazon.

Beijos queridos e até a próxima!!!!




Comentários
12
Compartilhe

12 comentários:

  1. Olá, Lay.
    Gosto quando os autores sabem trabalhar bem seus personagens; e o melhor: interligam bem o enredo do segundo livro com o primeiro. Porém, confesso que não tenho muito interesse em ler essa obra. Primeiro porque não é muito meu gênero e segundo porque achei um tanto clichê a premissa.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. O início da história dos personagens me lembrou o filme Namoro ou Liberdade. Gosto de histórias assim, que a mulher é toda cheia de personalidade, cheia de si, e ainda assim o cara surpreende hahaha É o tipo de romance que eu adoro mesmo. Parece ser um livro ótimo, mas provavelmente eu não leria em menos de 24 horas, sou muito lerda pra leitura e o tempo livre super curto dificulta ainda mais...

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha. O livro parece ser ótimo e vou adorar dar uma chance para ele. Só não gostei muito na capa. Nunca gosto quando foca demais na pessoa, sabe? Sei lá, me lembra poster. Mas isso é o de menos. KKKKKKK
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser bem legal, mas eu não estou disposta a começar nenhuma trilogia, ou série, agora. Gosto quando a narrativa é alternada, acho que dá pra entender bastante os personagem, não ficamos limitados à somente uma visão. Adoro quando a narrativa é fluida, e quando o livro prende nossa atenção, a gente termina o livro rapidinho. O casal parece ter uma ótima química, o romance parece ser muito bom, vou ficar de olho nesse livro, pra quando eu quiser um bom romance, já saber qual escolher.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Esse parece daqueles romances que te envolve e nao percebemos o tempo passar, gostei da mocinha decida e da narrativa ser divida entre o casal deve dar para ter uma noçao do que estao pensando e de como estao tomando suas decisoes.

    ResponderExcluir
  6. Esse parece daqueles romances que te envolve e nao percebemos o tempo passar, gostei da mocinha decida e da narrativa ser divida entre o casal deve dar para ter uma noçao do que estao pensando e de como estao tomando suas decisoes.

    ResponderExcluir
  7. Devorei sua resenha.. já me inaginando com o livro na mão. pelo que li aqui... acredito que tbm o devoraria em menos de 24h, assim como vc o fez...

    Fiquei na vontade...
    Pra lista skoob já!

    ResponderExcluir
  8. PS.: Esqueci de comentar que não gostei da capa..

    ResponderExcluir
  9. Lay!
    É o tipo de livro que me faz deitar e ler do início ao final sem perceber o que passa ao meu lado, me faz viajar e sair da realidade.
    Certeza que mesmo de modo independente, o livro será o maior sucesso.
    Quero ler os dois, porque ainda não li.
    “A mulher é um efeito deslumbrante da natureza.”
    Feliz dia da mulher!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oiii... Amei sua resenha e a descrição dos personagens... Porém esse tipo de leitura não faz muito meu estilo.... Mas parabéns pela resenha...

    ResponderExcluir
  11. Quando li que se tratava do livro 2 temi spoilers, mas passando os olhos percebi que conta a estória de outro casal que apareceu no livro 1, que já se relacionaram e tal...
    Gostei, gosto de livros que intercalam entre as narrações dos personagens, assim podemos conhecer melhor ambos os lados.
    Não gosto quando as capas trazem uma pessoa assim tão destacada, dai não temos a chance de imaginas a personagem, neste caso...
    Bem, eu curti muito no geral e vou procurar ler o primeiro logo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Lay!!!

    Desculpa a demora em agradecer pela resenha!
    Fico muito feliz que vc tenha curtido tb a Fay e Alex. Romance, romance, romance...adoro...

    Bjuuu

    M.S. Fayes

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações