23 de mar de 2015


[Resenha] Mago: Espinho de Prata - Raymond E. Feist

 

Ficha Técnica

Título:  Mago: Espinho de Prata
Título Original: Silverthorn
Autor: Raymond E. Feist
ISBN: 978-85-67296-17-3
Páginas: 416
Ano: 2014
Tradutor: Cristina Correia
Editora: Saída de Emergência
capa_Rainha_da_Chuva.aiDurante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, a Mão - o mais jovem larápio do Zombadores, a Guilda dos Ladrões - surpreende um sinistro Falcão Noturno prestes a assassiná-lo. Que poder maléfico fez com que os mortos se levantassem para combater em nome da Guilda da Morte? E que magia poderosa poderá derrotá-los? Mas primeiro o Príncipe Arutha, na companhia de um mercenário, um bardo e um jovem ladrão, terá que fazer a viagem mais perigosa da sua vida, em busca de um antídoto para o veneno que está prestes a matar a bela Princesa no dia do seu próprio casamento.

Resenha


Desde o início d'A Saga do Mago que digo para vocês o quanto eu curti a história criada pelo Raymond E. Feist. Neste que é o terceiro livro da saga a situação não foi diferente e de fato a Editora Saída de Emergência não demorou de lançar os livros, o que eu agradeço muito.

Iniciamos o livro um ano depois da história de Mago Mestre. Para quem vem acompanhando a saga, deve ter percebido, assim como eu, que o livro teve um tom de final de história, mas em "Espinho de Prata" vemos que ainda tem muita história pela frente.

SD4Após a Guerra do Portal, Lyam, o Rei dos Reinos da Ilhas, Arutha, o Príncipe de Krondor e Martin, Duque de Crydeee passaram um ano viajando pelas terras de Midkemia se apresentando como os novos governantes. Aqui abro um parentese para dizer que fiquei feliz em ver que todos estavam se dando tão bem, afinal, Martin cresceu nas terras do Duque de Crydee, mas ninguém sabia que ele era um filho bastardo do Duque, perceber que os irmãos o aceitaram como tal foi muito gratificante, pois de início fiquei com receio de que Lyam, Arutha e Carline não o reconhecessem.

Mas voltando, Arutha é quem mais está ansioso para voltar à Rillanon, afinal, espera encontrar Anita e pedí-la em casamento. Tudo lindo e maravilhoso, mas é claro que nem tudo seria tão simples, e, chegando à Krondor para a celebração do seu casamento, Arutha se vê no meio de uma trama para matá-lo.
Após tantos anos de conflitos durante a Guerra do Portal, regressara a Krondor na esperança de uma vida longa e tranquila ao lado de Anita. No entanto, havia alguém que ousava ameaçar aquela vida tranquila. E essa pessoa iria pagar caro.
Pág. 73
Com a ajuda de Jimmy, o ladrão que já ajudou ele e Anita no livro anterior a fugir dos soldados de Bas-Tyra, Arutha descobre parte do esquema. Entretanto, se já estava complexa a situação, vocês viram na sinopse que ainda vai piorar, e para salvar a vida de Anita, Arutha irá enfrentar uma viagem cheia de perigos ao lado de Jimmy, Martin e Gardan (chefe da guarda de Arutha).

Nessa jornada, recheada de intrigas, lutas, armadilhas outros personagens integrarão a comitiva do príncipe em busca da cura para Anita. Paralelo à essa busca, Pug e Kulgan voltam à Doca da Estrela, onde estão construindo uma Academia para instrução de magos, para pesquisar em seus documentos se existe algo que possa ajudar.

Entretanto, ao passar por tantos lugares, incluindo eles Elvandar (terra dos elfos), a descoberta é de que algo muito sinistro está por trás de todos os acontecimentos estranhos que têm ocorrido em Midkemia.

Mas, deixa eu parar por aqui antes que eu acabe contando o livro todo. Nesse livro quase não vemos Tomas e os elfos e até a atuação de Pug foi menor, mas em compensação podemos conhecer um pouco mais de Jimmy, personagem que eu adoro. Tudo muito previsível, pois logo no início do livro o autor sempre destaca quem serão os dois personagens que mais apresentarão a história para nós. Em Mago Aprendiz foi Pug e Tomas, em Mago Mestre foi Milamber e Valheru e em "Espinho de Prata" é Arutha e Jimmy.

Mas não é só Jimmy, existem outros personagens maravilhosos na história, adoro Arutha, Martin, Laurie, Carline e o próprio Pug, cada um tem seu papel, mas todos esses com características fortes para a aventura escrita por Feist.
(...) Você me atirou sua espada antes de ter certeza de que estava em segurança, Enquanto estivemos enclausurados em nosso refúgio, ensinou-me a manejar a espada. Sempre falou comigo com a mesma delicadeza com que falava com os outros. - Fez uma pausa por um instante. - Você me tratou como amigo. Eu... tive poucos amigos, Vossa Alteza.
Pág. 108-109
Ah! Quase esqueço, adorei que no início do livro teve um resumo dos dois livros anteriores o que para mim foi maravilhoso, afinal li Mago Mestre em abril do ano passado, ou seja, tem é tempo, kkkk!

Continuo afirmando que a saga é uma maravilhosa amostra da literatura fantástica. Muita emoção, lutas, intrigas, enfim, quando você acha que nada mais pode acontecer vem uma nova situação ainda pior.

Agora vou ler o último livro da saga. Tchau!!
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Li a resenha sem entender quase nada porque não li nenhum livro da série, mas tudo bem haha A recomendação esta anotada, viu? Eu sinceramente não teria me interessado pelo livro se não tivesse lido a resenha, primeiro porque a capa não me atraiu. Vou confiar na sua opinião ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anelise, leia os livros anteriores se gosta do gênero, a escrita do Raymond é fantástica!!

      Excluir
  2. Oi Loyane, tudo bem?? Primeira visitinha minha aqui no blog.
    Eu vou ter que buscar conhecer mais os livros antecedentes. Fiquei curiosa. Talvez entre na minha estante.
    Bjs, Fernanda D.
    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  3. Layane!
    Gosto de livros que tem magos, elfos e outros seres fantásticos.
    Bacana saber que no início do livro tem um resumo dos anteriores, assim quem já leu há algum tempo pode rememorar os livros anteriores.
    Desejo uma semaninha carregada de luz, paz e amor!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Essa saga parece ser ótima porque eu dou fã de fantasia e todo o universo que ela envolve. Ainda não li nenhum livro, mas já sabia deles. Vai para a minha lista, aumentá-la ainda mais, já que parece ser ótima. Acho que vou gostar da leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Lay.
    Como eu adoro literatura fantástica, acho que esse livro irá me agradar bastante. Aliás, toda série. Não só você indica esse livro; alguns conhecidos também insistem para que eu leia. rs
    Adoro livro recheados de lutas e intrigas, então acho que esses são ingredientes a mais que podem me agradar.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nenhum livro dessa saga, parece ser ótima, já está na minha lista de leituras e cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais ansiosa em conferi isso tudo.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li essa série, mas tenho muito interesse, gosto muito de livros de fantasia, com guerras, reinos e seres fantásticos. Achei legal em saber que você acha os livros dessa série maravilhosos, dá aquele gostinho de quero mais, acho que ele não pode faltar na minha estante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amei o post! *-* Como eu disse na minha resenha, eu não tinha gostado mt dos dois primeiros volumes, mas ADOREI esse! Achei bem melhor que os dois volumes anteriores e aprendi a gostar muito desse mundo e dos personagens! :D

    Abraços.
    Alex, do Um Bookaholic. <3

    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: Twitter | Instagram

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações