17 de abr de 2015


[Resenha] A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart


Ficha Técnica

Título: A Mais Pura Verdade
Título Original: The Honest Truth
Autor: Dan Gemeinhart
ISBN: 978-85-8163-633-7
Páginas: 221
Ano: 2015
Tradutor: Leonardo Castilhone
Editora: Novo Conceito
41Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Resenha

Uma das grandes apostas da Novo Conceito neste primeiro semestre sem dúvidas foi “A Mais Pura Verdade”. Primeiro livro do autor norte-americano Dan Gemeinhart, a obra vem recebendo inúmeros elogios por onde passa, e aqui não Brasil não está sendo diferente.

Selo-Parceiros-Novo-Conceito42222322A história acompanha uma pequena, porém intensa, aventura de Mark, que foge de casa escondido para cruzar 423 quilômetros rumo ao Monte Rainier. Sem sabermos o motivo de tal empreitada, só resta ao leitor ir passando as páginas e descobrindo aos poucos os mistérios que envolvem o livro, através de capítulos que intercalam a visão de Mark e outros que observam a reação de sua família e amigos perante seu sumiço. 
A imagem no cartão-postal era de uma montanha azul, rochosa e coberta por um cone branco de neve. Parecia ter uns 200 quilômetros de altura. Sob a foto, em letras roxas divertidas, dizia Monte Rainier. Jess virou o cartão ao contrário para ler as únicas duas palavras que Mark escrevera no verso. Algum dia.
Pág. 86
Enquanto equipes policiais e programas de televisão fazem de tudo para localizar Mark, o menino que arquitetou muito bem a sua fuga, tenta correr contra o tempo para chegar à montanha antes que as autoridades lhe encontrem. Na sua mochila ele leva uma antiga máquinha fotográfica, na sua cabeça um boné vermelho, e ao seu lado seu inseparável cãozinho, Beau. Isso é tudo que nosso pequeno aventureiro precisa para tentar cumprir a sua meta.

No meio do percurso, perigos, surpresas e muitas provações irão surgir no caminho de Mark e Beau. Com força e bastante determinação, o jovem irá fazer de tudo para provar que ele é muito mais do que uma criança aparentemente normal. Enquanto isso, nos capítulos que acompanham sua família e principalmente sua melhor amiga Jessie, o leitor irá desvendando segredos do passado de Mark, e assim juntando as peças responsáveis por nos explicar todo o enredo principal do livro.
– É como um segredo – ele continuou, ainda chorando. – Não consigo guardá-lo sozinho, Jess. É muito para mim. Posso chorar com você? Você guarda o meu segredo?
Jessie apertou forte a mão dele. Ela olhou para seus olhos verdes e acenou outra vez.
– Claro – ela respondeu. – Eu guardo o seu segredo.
Pág. 116
Com todo o burburinho que o livro está causando nas redes sociais nas últimas semanas, eu esperava muito mais de “A Mais Pura Verdade”. O livro está longe de ser ruim, porém também está longe de ser extraordinário. A história é simples, bastante bonita por sinal, mas ao mesmo tempo poderia ser um pouco mais desenvolvida.

As personagens são bem cativantes, e não tem como não se apaixonar por Mark e Beau, que representam uma amizade peculiar, porém verdadeira. A mensagem do livro é bem legal, e apesar dos motivos que levam Mark cair de cabeça nesta aventura seja um pouco batido, o desenrolar da história consegue se destacar perante isto.

Os capítulos são pequenos e a narrativa consegue prender o leitor, fazendo com que a leitura seja bem rápida. A obra consegue misturar diversos segmentos como drama, suspense e aventura, e devido a isto tenho certeza que irá atrair diferentes públicos. A capa também tem seu charme, e o interior do livro é tão charmoso quanto.
– A vida é uma coisa complicada, não é, filho? – A voz dele estava condoída. – Entender isso tudo, quero dizer. Para todos nós. Estamos nesta juntos. Mas, às vezes, não dá para saber aonde ir.
Eu não disse nada. De vez em quando, mesmo as respostas certas parecerem erradas, se você não gosta da pergunta. Essa é a mais pura verdade.
Pág. 146
Dan Gemeinhart faz uma excelente estreia literária com “A Mais Pura Verdade”. Com sua história sensível e seus personagens cativantes, o autor constrói uma obra capaz de gerar reflexão e comover os mais sensíveis. Espero que Gemeinhart consiga evoluir, e nos entregar em um futuro breve novas aventuras tão boas quanto esta. Consigo ver somente coisas boas no futuro deste autor… e esta é a mais pura verdade.





Comentários
13
Compartilhe

13 comentários:

  1. Sam e Beau me conquistaram! é tão bacana a editora ter trazido este livro, é de encantar e emocionar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tácio...gostei bem da resenha, vc escreve muito bem!
    Concordo com varias coisas que vc disse, porém o livro me decepcionou - por tanta divulgação eu esperava muito mais, acho q a estória poderia ter sido melhor desenvolvida.
    Mas entendo que muita gente tenha gostado, é uma estória bonita. Na minha resenha eu citei a resenha de uma amiga para que o leitor tire as proprias conclusões.
    Enfim...toda leitura é valida.
    Beijos

    ilusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que lindeza por aqui! <3
      É o que eu disse, fizeram uma propaganda muito grande, para algo que poderia ter sido melhor trabalhado. O livro se segura muito mais pelo carisma das personagens, do que pela história em sí.

      E obrigado por dizer que eu escrevo bem AHSUSAHUASH =p
      Beijos

      Excluir
  3. Geeente todo mundo ta falando desse livro e como assim eu ainda não o li? :/ Só ouço ótimos comentários a respeito e estou looooouca pra ler , mas não tô tendo tempo ,então tenho me contentado com as resenhas por enquanto , que são ótimas diga-se de passagem.. Mas assim que puder agarrarei a primeira oportunidade ..

    ResponderExcluir
  4. Eu não costumo gostar de livros de drama, sou uma chorona de carteirinha, choro até com comerciais de manteiga, mas, vou tentar superar o medo de ficar ranhenta e ler, porque depois de saber que ta todo mundo falando dele, fiquei curiosa, tbm quero me apaixonar pelo Mark e Beau!

    ResponderExcluir
  5. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um drama, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  6. Ultimamente também escuto falar bastante desse livro, mas não me interessei muito nem com a capa. Acho que eu poderia gostar do livro por se tratar de criança e aventura. Associei um pouco à Extraordinário, mas não são muito parecidos além de tratar de crianças.

    ResponderExcluir
  7. Estou completamente maluca para ter esse livro <3 sério!
    Espero ler o mais breve possível!

    ResponderExcluir
  8. Morrendo de vontade de ler esse livro. Vi uma entrevista com o autor, que me deixou ainda com mais vontade de fazer a leitura. Parece ser maravilhoso e emocionante. Mas é claro que vou precisar de uma caixa de lenços por perto, ainda mais porque já vi que a parte com o cachorro faz todo mundo perder algumas lágrimas. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Tácio.
    Apesar de não ser um livro extraordinário, eu tenho curiosidade sobra a obra. A Premissa é boa e Mark parece ser um bom personagem. Mesmo com o desenvolvimento simples, acho que o livro conseguirá me proporcionar uma leitura agradável.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  10. Muito fofo mesmo este livro, e é um daqueles que mesmo o final meio estranho (gostei do final, mas poderia ser mais empolgante) o desenvolvimento é muito bom com todas aquelas frases legais pra marcar com post its... Todo mundo que me pede indicação agora indico esse

    ResponderExcluir
  11. ainda não li.
    Ele já está na minha lista faz um tempão shsuhsus
    To meio atrasada

    ResponderExcluir
  12. Estou pra ler o livro já tem um tempo. Me comovi pela história do Mark desde o lançamento do livro, e admito que espero muito da estória. Apesar disso, sei que posso não concordar com muita coisa, com atitudes, pensamentos e tudo mais, mas estou ansiosa. Resumindo, espero de tudo desse livro; posso amar, ou não achar tão bom assim...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações