16 de mai de 2015


[Resenha] The Walking Dead: Declínio - Robert Kirkman & Jay Bonansinga

 

Ficha Técnica

Título: The Walking Dead: Declínio
Título Original: The Walking Dead: Descent
Autor: Robert Kirkman & Jay Bonansinga
ISBN: 978-85-01-10357-4
Páginas: 336
Ano: 2015
Tradutor: Marina Kohnert
Editora: Galera Record
bananaRenascida das cinzas de seu passado sombrio, Woodbury se torna um oásis de tranquilidade em meio à praga dos errantes. Mas, após o chocante fim do ex-tirano Phillip Blake, o Governador, Lilly Caul e seu grupo de sobreviventes deverão superar seu passado traumático. E, como sabemos, os mortos-vivos são o menor dos problemas para os habitantes desse inóspito universo.

Resenha



Essa resenha pode ter spoiler, pois faz parte de uma série.

Após o épico e sangrento final de “The Walking Dead: A Queda do Governador - Parte 2”, iremos voltar mais uma vez para Woodbury, nesta ocasião sob nova direção. Mas antes de falar sobre “The Walking Dead: Declínio”, gostaria de dizer que o lançamento deste livro foi uma grande surpresa para mim. Acreditava que o ciclo desta série fora encerrado no quarto volume, e não imaginaria que os autores iriam continuar apostando nestes livros.

Selo-Parceiros-Galera JuniorMas então, agora que o Governador se foi, caberá a Lilly Caul, personagem que já acompanhamos há uns dois livros, tomar conta da cidade/fortaleza que um dia fora governada pelo ex-ditador. Enquanto tenta reerguer Woodbury para transformá-la mais uma vez em um lugar seguro e agradável para se viver, Lilly receberá novos moradores na cidade, ao mesmo tempo que tenta aprender a confiar novamente em estranhos, pondo assim em risco a segurança do local.

Com medo de cometer os mesmos erros do Governador, e sucumbir as pegadinhas que o status de poder cria, Lilly se compromete ao máximo para colocar em primeiro lugar os outros moradores do local, ao invés de tentar proteger a si mesma. Desta forma, uma aventura além das grandes muralhas que guardam a cidade irá começar, e mais uma vez nossa heroína irá sentir o perigo que os errantes trazem, mostrando quão efêmera a vida de um ser humano pode ser.
- Nunca os viu. Mas achei que... sabe. Toda a verdade. O Governador usava esta arena para... coisas ruins. Lutas de gladiadores contra Mordedores. Coisas feias em nome do entretenimento. Algumas pessoas por aqui ainda estão meio assustadas por causa daquilo tudo. Mas tomamos o lugar de volta e estamos oferecendo um santuário, um lugar seguro para viver. Gostaríamos de convidar vocês para ficarem aqui. Permanentemente.
Pág. 16
Com novos personagens e um novo direcionamento, “The Walking Dead: Declínio” mantém as características que fizeram desta série um grande sucesso. Apesar de não termos mais a irreverência e loucura do Governador para dar a leitura um tom mais obscuro, isso não impede que a narrativa continue surpreendendo e dando ao leitor grandes doses sangrentas e cruas, um marco já para a série. Assim como nos volumes anteriores, iremos encontrar em “Declínio” personagens que já são conhecidos do público, para aqueles que acompanham ou a série de TV ou os quadrinhos.

Notei que a capa norte-americana dá a entender que este quinto livro foi escrito somente por Jay Bonansinga, diferentemente de todo o resto da série. Apesar do nome de Robert Kirkman ainda constar na capa original, sua veiculação é somente como criador do universo The Walking Dead, e não mais como co-autor da obra em si. Agora que os livros já estão com seu rumo traçado e com uma base fortemente construída, Kirkman talvez tenha acreditado na competência de Bonansinga para continuar essa empreitada sozinho, enquanto o primeiro poderá investir seu tempo em novos projetos, como o spin-off televisivo Fear The Walking Dead, com estreia marcada para Julho de 2015 nos Estados Unidos.





No mais, “The Walking Dead: Declínio” consegue manter a qualidade da série, apesar das mudanças na escrita. O terror e o suspense ainda são chaves importantes, que ajudam a construir tanto a personalidade das personagens, quanto do universo pós-apocalíptico em sí. Em uma história onde um dos personagens principais é uma cidade, é super importante conseguir dar vida a um objeto inanimado, e isto felizmente é alcançado durante a narrativa deste volume.

Não sei se havia necessidade da série literária ser estendida para mais de quatro livros (em fato, não havia necessidade nem de se dividir o livro três em duas partes), mas se essa é uma escolha saudável ou não para The Walkind Dead, como uma marca, só o tempo dirá. Espero que não fiquem lançando muitos livros e que a qualidade vá se perdendo. Menos as vezes é mais. Já deixo aqui o aviso que um novo livro já foi anunciado para compor a série, o título é “The Walking Dead: Invasion”, e o lançamento está marcado para Outubro de 2015 nos EUA. Esperar para ver o que Robert Kirkman e Jay Bonansinga estão tramando mais uma vez… A única certeza é de que novas cabeças rolarão.



- Sei que você não é crente, mas isso ainda não muda o fato de que o Armagedom é exatamente isso. Olhe ao redor, abra os olhos. Este é o Fim dos Tempos, Lilly, e mais do que nunca o que uma pessoa faz importa, porque Deus está observando. Entende? Ele está nos observando com ainda mais atenção do que antes.
Pág. 221


Comentários
11
Compartilhe

11 comentários:

  1. Não li a resenha porque embora eu ame a série de tv, ainda não consegui ler os livros. Espero que isso mude em breve, porque acho que gostarei, embora concorde contigo quando você diz que estenderem a série tanto assim pode ser uma decisão perigosa.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Tácio.
    Eu pretendo ler esse livro em breve. Na verdade, pretendo ler toda a série. Até agora eu só li o primeiro livro, então quero conhecer esses novos personagens e essa nova guinada que a série sofreu.
    Excelente resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 3 livro é sensacional! Até hoje só de lembrar me dá arrepios kkkkk

      Excluir
  3. Eu estava na maior expectativa de ler s livros, então comprei o primeiro e sinceramente não gostei, não era como eu esperava e me decepcionei. Então assisti a primeira temporada da serie na tv e gostei, mas o livro não

    ResponderExcluir
  4. Oi Tácio! Confesso que nunca gostei de TWD pelo menos da série de tv não, mas nunca li os livros dele então não posso dizer isso. Mas se for igual como já percebo mais ou menos que é, vou me decepcionar muito, e não quero criar essa expectativa toda encima dos livros.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Curto muito a série de TV The Walking Dead, ainda não li nenhum livro dessa série, a resenha me deixou bastante interessada em conferi isso tudo nos livros.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca fui muito fã de Zumbis. Uma vez assisti uns episódios de TWD pra ver se mudava de opinião, mas isso não aconteceu. Mas, sendo um pouco contraditória, eu tenho muita curiosidade em relação aos livros e ainda quero, no mínimo, tentar ler a série, por isso não li toda a resenha pra não pegar spoiler :)

    ResponderExcluir
  7. Nunca vi essa serie :/ nem adianta, sabe. kkk nao sou nada interessada em zumbis e acho que nao gostaria nada da serie! acho incrivel terem os livros tambem, deve ser super legal acompanhar serie e livro ao mesmo tempo, mas nao faz meu estilo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacqueline! =]
      Apesar da série ter zumbis, o enredo vai muito além disso. Os zumbis são coadjuvantes, o foco principal é o ser humano e suas atitudes/reações perante as dificuldades que é sobreviver em um mundo pós-apocalíptico. É muito bom!

      Excluir
  8. Ainda não vi nem a serie nem o livro mais deve ser mto bons, essas historis de zumbis sao bem
    legais e apavorantes, vou tentar ver os primeiros episodeos aki na net se gostar vou ver todos hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria,
      A série TWD é muito boa. Inteligente e cheia de reviravoltas! Vale a pena conferir.
      Abraços

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações