16 de jun de 2015


[Resenha] Garota Online - Zoe Sugg

Ficha Técnica

Título: Garota Online
Autor: Zoe Sugg
ISBN: 978-85-7686-415-8
Páginas: 308
Ano: 2015
Tradutor: Débora Isidoro
Editora: Verus
16Penny tem um segredo. Com o nickname Garota Online, ela escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida. Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum. De repente, Penny percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre. Garota Online é um livro encantador, que traduz exatamente o que significa crescer e se apaixonar na era digital.

Resenha


Recebi esse livro como parte da ação de divulgação do livro pela Editora Verus, mas confesso que não estava muito animada para ler. Agora, de férias, estou tentando dar um gás nos livros que estão parados aqui na estante e Garota Online foi um dos escolhidos para iniciar esse processo. Que grata surpresa gente, o livro é uma delícia!

Para quem não sabe, mesmo eu estando na blogosfera há quase seis anos (sim, em breve o blog faz aniversário de novo e lá vem mais promoção), confesso que praticamente não conheço muitas blogueiras famosas, como a britânica Zoella, que é super conhecida internacionalmente.

Penny é uma adolescente de 15 anos que vive o drama de muitos jovens, não se aceitar. Ela é ruiva, e claro não gosta do cabelo, da cor, dos cachos, das sardas no rosto, enfim, parece que ela sempre acha uma maneira de ver o lado negativo das coisas, mesmo tendo um melhor amigo incrível, o Elliot e uma família maravilhosa.

Sem saber como lidar com algumas questões de sua vida, ela decide criar um blog anônimo para falar sobre suas inseguranças e incertezas, o Garota Online. No blog é o espaço para falar sobre ser desastrada (ela vive tropeçando e caindo pela rua), sobre as fotos que gosta de tirar, sobre amizade, as mudanças, basicamente, sobre crescer.
Sabe quando você sacode uma lata de Coca, depois abre e a Coca espirra para tudo que é lado? Então, é assim que eu me sinto agora. Tem muitas coisas fervilhando dentro de mim, mas fico insegura de falar delas em voz alta.
Pág. 07
Paralelo aos posts no blog, vemos a Penny no seu cotidiano na escola, com a família, com os amigos, a paixonite. Eu simplesmente amei, o livro não é para minha faixa etária, mas tenho certeza de que estória da Penny pode ajudar muitos adolescentes, os assuntos abordados são os mais diversos possíveis, ataques de pânico, homossexualidade, bullying na internet e não poderia faltar o amor, é claro.
Às vezes você precisa encarar seus medos para perceber que eles nem são reais.
Pág. 86
Quando Penny vai com sua família para Nova Iorque em uma viagem à trabalho é que ela percebe como sua atitude diante dos problemas é que faz toda a diferença. A trama de Garota Online é muito bem desenvolvida e conseguimos sentir o desespero de Penny diante das situações que acontecem com ela, os personagens são envolventes e cativantes, mas sem dúvida, o melhor deles é o Elliot, o melhor amigo gay, ele é maravilhoso do início ao fim. 
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Olá, Lay.
    O Desbravadores é meu segundo blog, mas também estou por volta de seis anos na blogosfera. E confesso que não conhecia essa blogueira não. Não conheço muitos nacionais, quem dirá estrangeiros. rs
    A premissa da obra não me agradou muito. Como você disse, não é bem da nossa faixa etária. Então, acho que o livro não me agradaria muito. Mas compraria para dar uma das minhas primas. Elas provavelmente vão amar.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Acho que o livro não me agradaria tando assim, porque pelo o que já pude perceber pelas resenhas que li a mocinha é insegura demais para o meu gosto, então isso acabaria por me irritar. Ou talvez não seja mais para a minha faixa etária.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações