5 de jun de 2015


[Resenha] Reunião - Meg Cabot

 

Ficha Técnica

Título: Reunião
Título Original: Reunion
Autor: Meg Cabot
ISBN: 978-85-01-06870-5
Páginas: 268
Ano: 2007/2013
Tradutor: Alves Calado
Editora: Galera Record
arcanoSuzannah é uma adolescente como outra qualquer. Bem, quase...Ela tem um pequeno segredo: é uma mediadora. Fala com fantasmas e os ajuda a descansar em paz. Um dom um tanto incomum para ser divido com os colegas, irmãos e até mesmo com a mãe. Mas de uma pessoa Suzannah não conseguirá esconder seu segredo. Gina, sua melhor amiga de Nova York, está na cidade passando uns dias com ela. Durante sua estada, quatro adolescentes morrem num acidente de carro. E Suzannah se vê obrigada a abrir mão de seus dias tranquilos com a amiga para ajudar as almas penadas.

Resenha

Este livro faz parte da série “A Mediadora”, sua resenha pode ter spoilers.

Neste terceiro volume da série “A Mediadora”, Meg Cabot nos apresenta mais uma aventura caça aos fantasmas. Em “Reunião” acompanhamos Suzannah tendo que lidar com quatro jovens recém mortos que estão dispostos a aprontar horrores àqueles que ainda estão vivos.

Após um acidente de carro, os estudantes da escola Robert Louis perdem suas vidas, e logo Suzannah descobre que eles estão colocando em risco a vida de Michael Meducci, um nerd de sua turma. Até então, Suzannah não conhecia Michael, porém terá que se aproximar do garoto para tentar protejê-lo de estranhos e perigosos acontecimentos.
Encarei-o. Era como se as engrenagens do meu cérebro tivessem parado subitamente. Não conseguia pensar. Não conseguia pensar no que fazer. Tudo em que conseguia pensar era: relacionamento? Que relacionamento?
Pág. 83
Enquanto Suzannah lida com Michael, que está achando que a jovem está tendo uma quedinha por ele, a mediadora precisa arranjar tempo para dar atenção à Jesse, o fantasma que mora em seu quarto, mas também para sua melhor amiga Gina que veio passar uns dias na Califórnia, vinda de Nova York.

Com um pouco de mistério e suspense, Meg Cabot entrega ao seu leitor uma história sem muitas reviravoltas, mas que consegue entreter. A narrativa da autora é um pouco repetitiva e não muito detalhista, porém o conteúdo escrito por ela é bastante consistente. Outro ponto negativo ao meu ponto de ver é a falta de participação de alguns personagens secundários como Jesse e o Padre Dominic, que mal aparecem no livro, e quando o fazem, é algo breve.
Ficamos ali sentados olhando o horizonte assumir tom de azul cada vez mais profundo. Os faróis dos carros que passavam ocasionalmente iluminavam o interior da perua. Dentro estava muito mais silencioso, sem o vento e o barulho das ondas lá embaixo.
Pág. 122/123
No mais, “Reunião” mantém o mesmo nível dos seus antecessores; “A Terra das Sombras” e “O Arcano Nove”. Apesar de quase suas 300 páginas, o livro é bastante rápido de se ler, podendo ser feito em poucas horas.

Espero poder ver em “A Hora Mais Sombria”, quarto volume da série, mais participação de Jesse, já que o mesmo é o provável - mas estranho -, par romântico de Suzannah. Gostaria de poder entender melhor o que a autora quer ao induzir com esse quase relacionamento entre uma humana e um fantasma. Resta conferir o próximo capítulo para obter essas respostas.
– Ah, é? - Josh voltou ao risinho de desprezo. – Então é da conta de quem?
Jesse assentiu para o padre Dominic e para mim.
– Deles – falou em voz baixa.
– Deles? – A voz de Felicia se elevou num tom de nojo. – Por que eles?
– Porque eles são os mediadores. – Ao brilho laranja da fogueira, os olhos de Jesse pareciam pretos. – É isso que eles fazem.
Pág. 175

Reunião.jpg
Capa das primeiras edições, capa atual e a capa da edição exclusiva da Saraiva


Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. A premissa não me agradou totalmente, mas também não é ruim. Como você disse a leitura é bem rápida, apesar das 300 páginas, acho que daria uma chance. Pelo menos ao primeiro livro da série. Quem sabe eu não me descubra gostando, não é mesmo?
    Melhor ainda saber que os livros continuam em alto nível, mesmo durante o decorrer da série.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Hello!
    Eu morreria de medo se tivesse esse dom! hehe...
    Adoro a Meg Cabot e nao conhecia essa série dela.
    Gostei da sinopse e pela resenha vejo que faz muito o meu gosto, ainda mais que é fácil de ler.
    Quando vi de primeira a capa do livro, achei q era um romance hot, até achei estranho a Meg escrever livros assim...mas foi só impressão mesmo, hehe.
    Vou ver se tem o box pra vender.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy!

      Existe um box com todos os livros =] Vem dentro de uma sacolinha, tipo uma mini-ecobag!
      Beijos

      Excluir
  3. Sou apaixonada por essa série, desde que a li fiquei apaixonada pela escrita dessa escritora.
    Sinceramente é uma das minhas preferidas com um final que amei. O Jesse é muito fofo com a Suzannah, não lembro ao certo o que ocorre nesse volume mas ele a ajuda de uma maneira muito especial em cada um. E amei o cavalheirismo dele de homem de um tempo diferente do dela. Espero que goste do final tanto quanto eu. E sim, também amaria ver mais e ter mais dos personagens secundários, principalmente do Jesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda falto terminar a série i.i Falta me tempo.
      Mas pretendo terminar em breve, e espero gostar das surpresas que estão por vir! *.*
      Torcendo muito que a Meg trabalhe melhor esses personagens secundários...

      Excluir
  4. Eu só li o primeiro livro dessa série, então não li a resenha porque tive medo de grandes spoilers. Mas sou fã dos livros da Meg, então acredito que seja tão maravilhoso quanto os outros que já li. Espero conseguir fazer a leitura dos outros em breve, porque estava adorando!

    ResponderExcluir
  5. Eu li somente o primeiro da série, pretendo terminar, mas não sei precisar quando.
    A premissa até me agradou, achei um começo interessante, além de ser criativo, mas não é lá muito convincente.
    Os personagens secundários realmente precisam ser trabalhados melhor.
    Vou ver o desenrolar da história, o "romance" é bem complicado, então tenho curiosidade de saber como isso terminará.
    O livro realmente é rápido de ser lido, comecei e ,"puf" , já tinha terminado ><.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações