29 de jul de 2015


[Resenha] Lições do Desejo - Madeline Hunter

Ficha Técnica

Título: Lições do Desejo
Título Original: Lessons of Desire
Autor: Madeline Hunter
ISBN: 978-85-8041-201-7
Páginas: 272
Ano: 2013
Tradutor: Teresa Carneiro
Editora: Arqueiro
16Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.

Resenha


Como falei na resenha de As Regras da Sedução, iniciei a leitura da série "Os Rothwells" da Madeline Hunter porque chegava de adiar e a Maratona Arrasta Pé Literário foi só uma desculpa para iniciar a leitura. Eu adorei o primeiro livro da série e imediatamente comecei o segundo.

Arqueiro_parceria522Na sequência da série temos como protagonista lorde Elliot Rothwell, o caçula da família. Como falei na resenha anterior, ele é historiador e aparentemente o mais sociável dos irmãos. Por conta de seu "trabalho", Elliot viaja muito em busca de novas descobertas e novas ideias para seus livros. Entretanto, agora ele tem uma nova missão e para concluí-la deverá negociar com a excêntrica Phaedra Blair. Sem dúvida vocês lembram que disse em As Regras da Sedução que Phaedra era uma personagem incomum e que ficamos muito curiosos com ela. Pois então, Phaedra foi criada de uma maneira muito diferente das convencionais. Sua mãe, Artemis Blair, nunca se casou e pregava o amor livre, por isso, mesmo sendo apaixonada pelo pai de Phaedra, nunca casou-se com ele. Mas Artemis é muito mais complexa do que isso e só vamos descobrindo aos poucos, com as lembranças da filha.

Como eu disse, Elliot deveria negociar com Phaedra, daí vocês me perguntam, o que ele poderia querer com ela? Phaedra é tão diferente do restante das mulheres da época que ela se tornou herdeira de uma editora (que está quase falindo, só para vocês saberem) e o próximo livro a ser publicado é um livro de memórias do seu pai, que pode alavancar a editora, mas também, ao que tudo indica, pode causar muita confusão na sociedade, pois como bem sabemos, muitos livros de memórias tem assuntos que muitos gostariam que fossem esquecidos ou nunca descobertos.

Como Phaedra está viajando pela Itália, Elliot vai atrás dela para resolver essa situação de uma vez, até porque ele teria de viajar para lá de qualquer forma, para pesquisar material para o seu próximo livro.
Também se deixara levar pela desprezível tentação de fazer com que aquela defensora declarada da independência feminina implorasse pela ajuda de um homem. De alguma forma, pelo simples fato de existir, a Srta. Blair conseguia fazer com que um homem se sentisse desafiado. Os instintos dele tinham reagido à altura.
Pág. 19
A forma de se vestir, de se portar e o ideal de liberdade pregado por Phaedra a leva à uma série de problemas longe de casa e é graças ao surgimento de lorde Elliot na Itália que as coisas começam a melhorar para ela.
Aquela mulher seria o seu fim.
Elliot subiu correndo para o quarto a fim de procurar o revólver, de forma que seu pensamento não se tornasse verdade. Quando voltou, viu que Whitmarsh conferia a própria arma.
- O que será que ela fez? - refletiu Mathias enquanto desciam pelo morro.
Elliot podia imaginar.
- Até onde posso dizer, eles a consideram uma bruxa ou algo assim - disse Whitmarsh, inspirando fundo várias vezes.
Pág. 94
Gostei bastante da relação deles enquanto viajavam, cão e gato é pouco para comparar a relação deles. O que vamos descobrindo sobre o passado de ambos, que justificam suas ações e comportamentos presentes, nos revela muito sobre a própria personalidade deles. Através de Elliot conhecemos outro lado da história do pai e da mãe deles, afinal ele foi muito mais influenciado pela mãe do que pelo pai (embora saibamos que o grosso dessa história só teremos no livro do Christian, por ser o filho mais velho). No caso de Phaedra também é bem complexo, afinal ela segue a risca a "doutrina" da mãe e agora ela passa a questionar algumas questões, os sentimentos que percebe sentir por Elliot.

Mesmo gostando bastante do livro, para mim ele demorou para engrenar. Talvez tenha sido minha expectativa, pois esperava muito das atitudes de Phaedra, não sei, mas senti falta de algo mais na narrativa.

Bem, mas ainda assim, como falei gostei muito do livro e recentemente a Editora Arqueiro lançou um uma nova capa do livro assim como do anterior.
Nova capa lançada esse ano pela Arqueiro
Curtiram a capa nova? De qual gostaram mais?

Agora é seguir com a série e iniciar o terceiro livro, Jogos do Prazer.

Comentários
12
Compartilhe

12 comentários:

  1. Eu gostei da nova capa, mas também gostava da anterior, virei uma amante adepta dos romances de época, mas ainda não li esse. Quero ler ele nos próximos dois meses, espero conseguir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga mesmo, li todos da série em sequência, foi ótimo!!!

      Excluir
  2. Estou acompanhando essa série por resenhas, pois não pretendo ler por enquanto. Mas os personagens parecem ser cativantes, e como não gostar de romances??
    Ambas as capas são bonitas, tanto esta quanto a anterior.
    Abçs Lay!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei das duas Alessandra, mas acredito que a imagem da personagem na capa anterior parece mais com a Phaedra.

      Excluir
    2. Conheço pouco do enredo, e as duas capas são lindas, mas sinceramente, a primeira é mais delicada, romantica...

      Excluir
    3. É que a Phaedra deixa os cabelos livre, soltos, ao contrário do ditado pela sociedade da época, por isso achei a primeira capa mais "parecida com a personagem", Alessandra ;)

      Excluir
  3. Acho interessante quando o casal tem esse relacionamento meio cão e gato, afinal, isso é bem mais real do que aqueles felizes para sempre. haha A personalidade da protagonista, forte e decidida, também me agrada demais.
    Não sei se leria o livro, pois não é tanto o meu estilo. Mas caso leia, acho que há alguma chance de eu gostar por causa da protagonista.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Achei super interessante a sinopse, já havia lido mas 'passou' na minha mente e n lembrava o nome do livro!!
    Achei as duas capas bem bonitas, n consegue escolher entre!

    Bjos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Prefiro mil vezes essa segunda capa,não gostei nenhum pouco da primeira edição.Tenho uma experiencia super ruim com a Madeline que foi Deslumbrante e isso me impede de cogitar ler outras obras da escritora.A leitura foi muito cansativa e não via a hora daquela história acabar logo,isso por que eu amo romances de época.Mesmo você tendo gostado dos personagens e do livro acho que não pretendo iniciar essa série.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Letícia, gostei mais dessa série do que da "Flores mais raras". Eu achei a segunda capa LINDA, mas na minha opinião a primeira capa retrata muito melhor a Phaedra ;)

      Excluir
  6. Gosto muito dessa série, Phaedra é uma mocinha super interessante, gostei da capa nova, a outra é bonita também, a nova fica mais visível o cabelo ruivo da protagonista.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações