7 de ago de 2015


[Resenha] Lugares Escuros - Gillian Flynn

Ficha Técnica

Título: Lugares Escuros
Título Original: Dark Places
Autor: Gillian Flynn
ISBN: 978-85-8057-591-0
Páginas: 352
Ano: 2015
Tradutor: Alexandre Martins
Editora: Intrínseca
17Libby Day tinha apenas sete anos quando testemunhou o brutal assassinato da mãe e das duas irmãs na fazenda da família. O acusado do crime foi seu irmão mais velho, que acabou condenado à prisão perpétua. Desde aquele dia, Libby passou a viver sem rumo. Uma vida paralisada no tempo, sem amigos, família ou trabalho. Mas, vinte e quatro anos depois, quando é procurada por um grupo de pessoas convencidas da inocência de seu irmão, Libby começa a se fazer as perguntas que até então nunca ousara formular. Será que a voz que ouviu naquela noite era mesmo a do irmão? Ben era considerado um desajustado na pequena cidade em que viviam, mas ele seria mesmo capaz de matar? Existiria algum segredo por trás daqueles assassinatos? Gillian Flynn intercala a trajetória detetivesca de Libby com flashbacks dos acontecimentos do dia dos crimes com tanta habilidade que o leitor é levado a diferentes direções. Escrito com primor, Lugares escuros não só mostra como a memória é passível de falhas, mas também evidencia as mentiras que uma criança pode contar a si mesma para superar um trauma.

Resenha


Não é mais novidade que Gillian Flynn é um monstro da literatura contemporânea. Com apenas três livros publicados, a autora já se firmou com uma das melhores escritoras dos gêneros suspense e thriller da atualidade. Com sua narrativa bem descritiva e seus personagens psicologicamente danificados, Flynn entrega em Lugares Escuros mais uma leitura recheada de reviravoltas e surpresas para o leitor. 

SELO BLOGEm Lugares Escuros iremos acompanhar a história de Libby Day. Uma moça na faixa dos trinta anos que sofreu um grande trauma quando pequena: sua mãe e suas duas irmãs mais velhas foram assassinadas dentro de casa. Conseguindo se esconder e fugir da cena do crime, com apenas sete anos de idade a pequena Libby teve que ver seu irmão, Ben Day, ser preso e condenado à prisão perpétua por ser o responsável de tamanha atrocidade. 

Vinte e quatro anos após aquela trágica noite de inverno, Libby é uma mulher completamente “danificada”. Vivendo sozinha, sem amigos, sem trabalho e prestes a ficar completamente sem dinheiro, Libby Day se agarra a uma bizarra oportunidade que surge em sua vida. Um grupo de pessoas apaixonadas por casos brutais como o da família Day, convida Libby para participar de uma convenção, e caso ela aceite participar, irá receber uma comissão em dinheiro. 
– Difícil decidir o que dizer em três minutos. Dois minutos você apenas começa a fazer planos para outra visita. Cinco minutos você pode terminar a conversa. Três minutos? – perguntou, projetando os lábios para fora, fazendo um barulho de desprezo. – Realmente espero que venha novamente, Libby. Esqueci como sentia saudades de casa. Você parece muito com ela. Pág. 106
Realmente carente de grana, Libby aceita o estranho convite, porém ela não esperava que ao chegar lá iria encontrar com pessoas que lhe acusam de ter colocado seu próprio irmão na prisão. Em choque, pois sempre fora acostumada com o papel de vítima, pela primeira vez em quase 25 anos, Libby começa a repensar sobre a noite do assassinato. E se essas pessoas estivessem certas? E se seu irmão fosse inocente? E se a voz que ela ouviu naquela noite não era a dele? Quem poderia ter feito aquilo, senão Ben? Com tantas perguntas lhe atormentando e com um passado escuro, só restará a Libby tentar encontrar as peças deste quebra-cabeça, para que talvez assim, possa dar um pouco de paz à sua consciência. 

Dizer que Lugares Escuros é um livro inteligente, bem escrito e cheio de drama é bastante redundante, já que aparentemente todos os livros de Flynn são neste nível inquestionável de qualidade. Sendo mais parecido com Objetos Cortantes do que com Garota Exemplar, onde a autora brinca com a ideia de vários suspeitos de um crime, Lugares Escuros é um thriller não policial que consegue deixar tanto as personagens quanto os leitores em dúvida constante. 
– Tudo é uma teoria, por isso é um mistério! – falei, imitando-o. – Apenas um grande mistério: Quem matou os Day? – proclamei, animada. Pág. 155/156
Os fatos gerais estão logo no primeiro capítulo, e aos poucos Gillian vai soltando informações aparentemente cotidianas sobre suas personagens, informações estas que são essências para o desfecho da obra, pois em Lugares Escuros cada mínimo detalhe importa. A narração fica a cargo de Libby, porém os capítulos são alternados entre passado e presente: o presente sendo da própria Libby e o passado que narra cronologicamente os eventos do assassinato, alternando-se na visão de Ben e da Patty, a mãe dos meninos. 

Na minha opinião alguns desses capítulos do passado foram um pouco extensos e cheios de enrolação. Depois fica óbvio a necessidade de construí-los cheios de detalhes, pois eles são chave para a resolução do caso. De qualquer forma, queria que tivessem sido mais enxutos. O grande problema mesmo, foi o desfecho, que diferentemente do restante do livro, é bastante corrido. Não que Flynn tenha deixado alguma ponta solta, mas fica evidente que ela acelera os eventos, como se já tivesse utilizado tudo que podia nos capítulos anteriores e só tivesse que pôr as cartas finais na mesa. 
[...] – Algumas coisas precisam ser esquecidas. Muita merda rolou naquele dia dos assassinatos, Libby. Pensei muito nisso, o que me torturou. Foi um maldito dia. Tipo um dia amaldiçoado. Um Day amaldiçoado – acrescentou, apontando para o próprio peito. Pág. 255
No mais, Lugares Escuros é uma leitura excelente, naturalmente eu diria que é uma leitura gostosa, porém neste caso é impossível dizer isto. Todos os livros de Gillian Flynn me deixaram desconfortáveis. A autora com suas personagens imperfeitas e aparentemente normais, me fazem questionar e refletir sobre x questões, principalmente questões comportamentais, durante toda a leitura. Acredito que esse é o intuito de Flynn: que os tormentos de suas personagens, atormentem seus leitores. 

Ah, quase esqueci de dizer sobre o filme. No primeiro semestre deste ano, Lugares Escuros foi adaptado para os cinemas. É por isso que a capa do livro é deste jeito, estampando a incrível atriz Charlize Theron (ainda espero uma capa que não seja do filme, ok Intrínseca?). Infelizmente, o filme foi muito mal distribuído no Brasil, talvez porque o mesmo só seja lançado nos EUA agora em Agosto. Como não consegui ver o filme, não posso compará-lo com o livro, mas deixo para vocês conferirem o trailer do mesmo logo abaixo.




Comentários
20
Compartilhe

20 comentários:

  1. Oi Tácio,
    Primeiro preciso confessar que odiei Garota Exemplar hehehehe
    (Talvez por ler mais romances e livros hot)
    Mas tenho curiosidade de conhecer outro trabalho da Gillian, e esse livro me parece muito interessante
    Não costumo ler esse tipo de livro mas algo nele me 'fisgou'

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda,
      Já vi outras pessoas dizerem que também não gostaram de Garota Exemplar. Apesar de eu ter gostado, admito que não é um livro de fácil digestão.
      Mas vale a pena tentar ler os outros livros de Gillian, tanto Lugares Escuros quanto Objetos Cortantes, são muito bons.

      Beijos

      Excluir
  2. Ainda não li nenhum livro da Gillian Flyn, mas quero muito ler objetos cortantes.
    Adorei sua resenha, e esse livro parece ser ótimo, adoro livros que tenham investigações e essas coisas, cheio de mistérios.
    Adicionei em minha lista de leitura e quero ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois diz o que achou Mariele! =]

      Excluir
  3. Eu amo os livros da Gillian Flyn, e esse foi o que eu ainda não li, mais por falta de tempo, mas já estou com ele em e-book pra ler, assim que terminar, volto aqui e te conto. Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volta mesmo pra me contar haha

      Excluir
  4. Depois que li garota exemplar, quero ler tudo dessa mulher! Incrível!

    Seguindo o blog! ;**
    postandotrechos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nenhum livro dessa autora, mas quero, viou tenta primeiro ler garota exemplar ntges de ler esse, mas lugares escuros já esta na minha lista para eu ler em breve

    ResponderExcluir
  6. Estou querendo muito ler Objeto Cortantes e, como já li uma resenha desse livro que avaliou o livro como não tão bom, estou com um pé atrás lê-lo, talvez leia, se resolver. Bjus.

    ResponderExcluir
  7. Tácio!
    Adoro os livros cheios de detalhes e que vão dando as pistas aos poucos.
    Pelo visto é um super thriller, aliás, mais um thriller da autora.
    Estou com Objetos cortantes aqui para leitura...
    Feliz dia dos pais!
    “As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”
    (Lilian Tonet)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  8. Oi Tácio,
    Sinceramente não sou fã da Gillian. Comecei a ler Garota Exemplar e acabei abandonando o livro, vi o filme e não gostei do final.
    Então não vou ler nada desta autora e nem sair da minha zona de conforto.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena Becca! =/
      Gillian definitivamente é uma ótima autora, mas isso não significa que todos tenham que gostar de seus livros, normal haha

      Beijos

      Excluir
  9. Não sabia desse sucesso da Gillian Flynn, e acho que depois disso, ler um livro dela já esperamos algo extraordinário.
    Lugares escuros conheci primeiro como filme e depois que soube que era livro, achei melhor ler antes de assistir.
    Já vi que a historia vai deixar a gente suspeitando de tudo e de todos e no final vamos ainda nos surpreender.
    Gostei da resenha, e vi que tem mais pontos positivos do que negativos.
    Vou ler com certeza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me diga o que achou do livro Suzzy! Se você gosta deste tipo de livro, com certeza vai amar os livros da Gillian!

      Excluir
  10. Olá, Tácio.
    A premissa do livro me chamou bastante a atenção, até porque a protagonista me pareceu um tanto perturbada pelos fantasmas do passado. Apesar dos pequenos pontos negativos, vou querer ler a obra. Imagino que exista uma boa possibilidade de eu gostar da leitura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Algo que me agrada, e ao mesmo tempo me assusta, nos livros da Gillian são as personagens principais. Todas elas são perturbadas e cheias de problemas. Há algo nelas que me intriga bastante.
      Depois me diz se gostou do livro.

      Excluir
  11. Gostei bastante, ainda não conhecia o livro e vou procurar pra ler, amo livros de suspense, só tenho medo da leitura me deixar desconfortável como você ficou.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nenhum da Flynn, mas gente, cada resenha que leio de cada livro quero ler mais e mais, ansiosamente!!!!!
    Os livros dela, todos, parecem ser incríveis!!!
    As capas são lindas, as resenhas mais que positivas, enfim, estou louca para ler os livros dessa mulher!!!! rs
    bjos

    ResponderExcluir
  13. Acredita que ainda não li nada dessa autora? Mas os livros dela sempre me pareceram interessantes e essa resenha me deixou curiosíssima para fazer a leitura. Essa tensão toda, a personagem em situações difíceis... deve prender do começo ao fim. Adorei!

    ResponderExcluir
  14. Gio segura o forno querida que eu to passando mal, ou eu tô passando na area?
    Tanto faz, de qualquer maneira sou muito exigente em dramas e quando vejo um com essa capa é paixão ou amor? a primeira vista.
    Eu lembrei da Tris ao ver a capa, alias aposto que vocês também

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações