5 de ago de 2015


[Resenha] O Refúgio do Marquês - Lucy Vargas

Ficha Técnica

Título: O Refúgio do Marquês
Autor: Lucy Vargas
ISBN: 978-85-68056-13-4
Páginas: 310
Ano: 2015
Editora: Charme
16Henrik e Caroline não poderiam ser mais diferentes. Ele, o Marquês de Bridington, é um homem selvagem e inapropriado, que vive há anos no campo, fugindo dos fantasmas do seu passado obscuro e repleto de segredos. Ela, Caroline Mooren, a Baronesa de Clarington, é uma jovem destemida, com um passado doloroso, que recebe a missão de reformar a mansão e talvez o marquês, ao menos é o que a marquesa viúva espera. Ele é um caso perdido. Ela é uma mulher com um futuro incerto. Mas juntos, eles se completam e acendem a chama da paixão, que ambos acreditavam estar completamente extinguida, trazendo à tona segredos e temores que ambos escondem. Se reerguer sob o peso do passado será uma batalha que ultrapassará os limites do refúgio que o marquês pensa ter construído, mas será que o amor é capaz de ultrapassar tantas barreiras e vencer, ou eles perderão tudo outra vez?

Resenha


Então lindos, já faz tempo que tenho vontade de ler os livros da Lucy Vargas. Minha amiga Elimar, do Alquimia de Romances sempre fala dela e me deixava super curiosa e quando soube que ela publicaria um romance de época pela Editora Charme fiquei super empolgada. Tanto que, assim que liberaram, eu pedi o meu. E digo: QUE LEITURA MARAVILHOSA!!!!

Henrik Preston, o Marquês de Bridington, vive refugiado em sua propriedade do interior, Bright Hall, há cinco anos com sua esposa e filha. Sua mãe, a marquesa viúva, não aguenta mais ver o estado em que a propriedade está desde que seu filho se mudou para lá. Afinal, o lorde não se preocupa com o estado da casa, seu funcionamento e com a marquesa adoentada, sem exercer suas funções de dona da casa, tudo está jogado à própria sorte.

Decidida a reverter a situação, Hilde, a marquesa viúva, decide trazer Caroline Mooren, a Baronesa de Clarington, para se hospedar na casa do filho e, sob o disfarce de convidada da família, iniciar e gerir uma grande reforma na propriedade, e quem sabe até no marquês.

Embora tenha apenas 26 anos, Caroline já é viúva, mas não pensem que ela lamenta por isso não. Ela não gostava do inútil do marido, para ela, foi uma liberdade bem vinda, mas infelizmente, ele não deixou nem o título para ela, uma vez que não tinham herdeiros, ele passou para um primo. Como se não bastasse isso, ela também ficou pobre. O convite da marquesa viúva chegou no momento ideal para tirá-la dessa situação, um trabalho e um teto seguro para viver.

Logo que Caroline chega à Bright Hall as coisas começam a mudar. Após contratar os funcionários de que a propriedade necessitaria para funcionar perfeitamente e ser reformada, percebemos que a mudança não é apenas física, na estrutura, mas também no ambiente da casa. Com a chegada dela também, passamos a conhecer mais o enigma que é o marquês, que não queria de modo algum uma convidada vivendo em sua casa.
- Eu não tenho o que lhe dizer. Meu passado é uma caixa amaldiçoada que eu não consigo trancar, mas tampouco quero abrir.
P. 160
Ao mesmo tempo que passamos a conhecer as excentricidades do marquês, seu jeito rebelde de se vestir, de se portar perante outras pessoas, também conhecemos o marido, com um grande fardo nas costas, o segredo de seu passado, assim como o pai amoroso que é com a pequena Lydia.
Ele sorriu e empurrou a cadeira para atrás, passou o braço em volta da filha e beijou sua testa. Ela apoiou as mãos nas coxas dele e subiu para o seu colo. Henrik ajeitou-a, enquanto aproveitava o fato de ela ainda ser o seu bebê, não sabia o que faria quando ela chegasse à idade daquelas mocinhas sentadas à mesa, quando tudo giraria em torno de bailes e achar um marido.
P. 140
Outro fato que percebemos ao conhecer mais os personagens é que, apenas alguém com a determinação de Caroline conseguiria enfrentar a resistência do marquês. Afinal ele está resignado de que não merece ser feliz, mas deve cuidar da esposa e da filha, que deve viver para ver sua filha crescer e se tornar uma mulher.

Amei a maneira como a Lucy construiu a história, a evolução natural do relacionamento, afinal os dois tinham seus segredos do passado que influenciavam muito seu presente.
- Acredite em mim, Caroline. Não é sempre assim. Vai haver alguém em sua vida, não importa se será o homem com quem se casará ou apenas por quem estiver interessada no momento. É você quem decide isso e ninguém mais pode obrigá-la. Mas você vai descobrir que não é desagradável nem degradante estar com quem deseja.
P. 179
Mas não foram apenas os protagonistas que me conquistaram nesse livro, a Lucy soube construir os personagens secundários de maneira singular e espero sinceramente que ela escreva sobre eles. A marquesa viúva, a Lydia, Bertha (amiga de Lydia), o mordomo e a governanta sem dúvida merecem ter suas estórias contadas.
Ela já o libertara dos grilhões de um segredo que a carregaria para o túmulo, já o fizera redescobrir que seu coração não era uma caixa vazia, fizera-o reviver sentimentos que ele deixara dormentes e lhe mostrara que ainda podia desejar, pois seu corpo não estava morto como sua mente preferia fazê-lo acreditar por tanto tempo.
P. 241
Ah, detalhe lindo, o que é o último capítulo, dez anos no futuro?? Mais um motivo para termos mais livros, hein Lucy??

Alguém dúvida da recomendação? AMEI!!!!!!!!

Comentários
20
Compartilhe

20 comentários:

  1. Adoro esses livros de época.
    Adorei a resenha e fiquei super ansiosa para começar a ler o livro, parece ser muito bom.
    Adicionei em minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  2. Não é segredo que eu me apaixonei por romances de época, e foi por você, kkkk
    Eu gostei muito da história desse livro, parece ter uma leitura agradável, e essa de passagem de anos também parece muito legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Priscila, como é bom saber disso!! Eu amo romances de época, fascinada é pouco, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Oi Layane!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum romance de época!!
    E tipo, eu me apaixonei por esta capa, ai você ainda cita outros blogs que amam o livro e me deixa ainda mais curiosa.
    Então acho que este vai ser o livro que eu vou ler de romances de época e pretendo fazer o mais rápido possível, muito provavelmente este mês ainda.
    Beijocas!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk
      Becca, leia mesmo, romance de época é maravilhosoooooooooo

      Excluir
  4. Não conhecia o livro e nem a autora, não leio muitos romances de época, mas esse me chamou a atenção e fiquei feliz em saber que os personagens foram muito bem construidos.
    A capa é linda e acho que irei gostar de ler, por isso ele entra para a minha lista

    ResponderExcluir
  5. Ahhh.. Eu tb to doida pra ler esse romance, que eu ja adoro e sendo de epoca ainda me anina mais ainda.
    Primeira resenha q leio do livro e devo dizer que amei! Gostei de como apresentou o livro e de cara ja gostei da protagonista, mulher viva, determinada e forte pelo jeito! Pq mesmo sem nada e viúva foi a luta.
    Essa capa está maravilhosa, como sempre romances de época arrasam nessas artes.
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Romance de época é tudo de bom né? E a Lucy escreve super bem! Eu adorei sua resenha Lay! E acho super bacana autoras nacionais escreverem romances de época!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Gabi, amei a escrita da Lucy e ver autora nacional escrevendo gênero que amamos é tudo de bom!!!!

      Excluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um romance de época e essa resenha me deixou ainda mais interessada em conferi essa história que parece excelente.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Lay.
    É ótimo quando o livro conta não só com ótimos protagonistas, mas também com bons personagens secundários, né? Além disso, a Caroline parece ser uma personagem que me conquistaria.
    Talvez eu dê uma oportunidade.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Marcos, adoro quando os demais personagens também cumprem muito bem o seu papel, dando base para os protagonistas.

      Excluir
  9. Não costumo ler romances de época mas de uns tempos pra cá eles têm me chamado a atenção.
    Vou anotar e um dia mais pra frente leio!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nenhum romance de época, mas acho que vou gostar desse, principalmente por como a autora escreveu o livro. Bjus.

    ResponderExcluir
  11. Lay!
    Muito bom ver um romance de época escrito por mais uma autora nacional.
    Adorei saber todos os detalhes sobre a protagonista e também que nno final tem uma passagem de 10 anos para o futuro, sinal que terá continuação, né?
    Feliz dia dos pais!
    “As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”
    (Lilian Tonet)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  12. Ainda não tive a oportunidade de ler um romance de época, preciso urgente mudar esse quadro, pq me interesso muito pelas histórias de vários livros que vejo a resenha, mas nunca lembro de comprar :/

    ResponderExcluir
  13. Eu amo histórias de recomeços, e essa parece ser superlinda e bem escrita!
    Eu AMEEEEi a capa, e o marques já me conquistou, rsrsrsrs
    parece ser um fofo!!
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Amo livros que no final mostram o futuro dos personagens. Acho lindo! E sou a maior fã de romances de época, então é claro que esse já estava nos meus desejados antes mesmo de ler essa resenha maravilhosa. Preciso dele, preciso!

    ResponderExcluir
  15. E o futuro a gente sabe eu eu amo isso! Achei personagens bem cuidadosos desde com a familia até os os proximos.
    A capa é perfeita, e a historia contagiante.

    ResponderExcluir
  16. Oi Lay,
    Que delícia essa resenha, marquês excêntrico <33 e uma evolução natural do relacionamento. Preciso desse livro rsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações