13 de set de 2015


[Resenha] Linda, como no Caso do Assassinato de Linda - Leif GW Persson

Ficha Técnica

Título: Linda, como no Caso do Assassinato de Linda
Título Original: Linda, as in the Linda Murder
Autor: Leif GW Persson
ISBN: 978-85-8057-760-0
Páginas: 432
Ano: 2015
Tradutor: Mauro Pinheiro
Editora: Intrínseca
17Suécia. Em um verão especialmente quente, Linda Wallin, aluna da Academia de Polícia de Växjö, é brutalmente estuprada e assassinada. Evert Bäckström, policial machista e autocentrado de Estocolmo, recebe a missão de comandar a investigação do crime e desloca sua equipe para a bucólica cidade. Egoísta, vaidoso e cheio de preconceitos, Bäckström não demonstra senso de dever ou responsabilidade. É um homem capaz de sentir afeto apenas por seu peixinho dourado e por garrafas de bebida — o retrato da mediocridade e da mesquinhez. Para resolver o caso, a resignada equipe de policiais precisará correr contra o tempo e seguir as escassas pistas que a intransigência de Bäckström não deixou escapar. No mundo cínico criado por Persson, povoado por abutres de todos os tipos, a justiça só triunfa parcialmente. Um romance impiedoso, mas que retrata a realidade de modo absolutamente hilariante.

Resenha


Um caso brutal acontece em uma cidadezinha pacata da Suécia, comovendo todo o país. Uma bela jovem, de nome Linda, é estuprada e assassinada dentro de seu apartamento, e uma equipe policial de Estocolmo é enviada para esta pequena cidade chamada Växjö, para ajudarem a solucionar o caso.

SELO BLOGO que parecia algo rápido de se resolver, já que a policia conseguiu coletar o DNA do assassino, acaba se provando o contrário. Os dias vão passando e a equipe policial cada vez mais se vê dando voltas e voltas. Vendo-se estagnados perante um assassinato de difícil solução, os policiais precisam correr contra o tempo, antes que outra jovem seja mais uma vítima fatal deste potencial serial killer.
Em quinze minutos, todo o aparato foi posto em ação. A vítima foi levada para o hospital. A cena do crime foi isolada, os policiais de plantão e a polícia científica chegaram ao local e interrogaram testemunhas, procurando pistas. Três viaturas da polícia circulavam, procurando qualquer coisa suspeita na vizinhança. 
Pág. 220
O aclamado e premiado autor sueco, Leif GW Persson, entrega mais um romance policial para seus leitores. Sendo o primeiro romance do autor que leio, noto que os elogios têm fundamento, apesar da estética da obra ser bem diferente dos policiais que eu costumo ler e gostar. Persson estica demais sua obra, não instiga o leitor a tentar descobrir o que realmente aconteceu na história e falha ao se manter repetitivo durante boa parte do enredo. 
– Isso é importante? – perguntou ele.
– Pode ser – respondeu Rogersson. – A essa altura, quase tudo é importante. 
Pág. 246

Acredito que o maior problema do livro é duvidar do leitor, supondo que o mesmo não é capaz de pensar e juntar as peças do quebra-cabeça. Em “Linda” tudo é muito mastigado, resolvido muito rápido, e quando se resolve não quer dizer que se há um avanço, pois volta-se sempre para a estaca zero. O fato de ter uma falta de personagens interessantes na história, faz também com que o leitor não se comova nem com a personagem assassinada. O maior dos sentimentos talvez seja com o detetive Evert Bäckström, que é antipático, grosseiro, preconceituoso e até certo ponto corrupto. Não tem como não suprir uma antipática por ele, que chega a ser o mais próximo de um personagem principal na obra.

De qualquer forma, parte de mim recomendaria “Linda, Como no Caso do Assassinato de Linda”. Daí vocês me perguntam o porquê, e a resposta é simples. Persson tem uma escrita marcante, bastante rica, e sua obra é algo como eu nunca vi antes. É como se eu tivesse acompanhado um caso de assassinato verídico, um caso extenso, difícil e que demanda tempo. Mas ao invés de ser mais um civil que acompanha o desenrolar através de televisão ou jornais, desta vez eu podia ver tudo da perspectiva policial. 
– Obrigado – disse Lewin. – Muito bom, resumindo, foi assim que aconteceu. Acho que não preciso dizer para vocês que tudo costuma avançar muito rápido quando as coisas começam a acontecer, portanto, é importante que saibam que em nenhum momento mantivemos informações em segredo.
– Vamos, fale logo – insistiu Anna Holt. 
Pág. 333
PS: Quase esqueci de falar que essa capa é a coisa mais linda; super artística e enigmática. E o título do livro me agradou bastante também.
Comentários
11
Compartilhe

11 comentários:

  1. Essa capa me lembra a máscara que Cesare Borgia usava na série.
    Eu já vi esse livro por aí mas nunca parei pra ler a sinopse
    Amo suspense policial. Anotado na listinha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um drama, curto muito um suspense policial e essa resenha me deixou ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  3. Pelo visto, um livro policial bem diferente dos que eu costumo ler. Afinal, geralmente os livros que leio, os policiais, claro, são curtos, com uma escrita bem ágil e os autores buscam prender o leitor. Pelo visto o autor procura o caminho inverso e ainda sim prende o leitor. Uma boa dica, sem dúvidas.
    Pretendo conferir.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  4. to lendo bastante livros policiais ultimamente e to adorando, achei a resenha bem agradável e já to curiosa pra ler.

    ResponderExcluir
  5. Eu não gostei muito desse livro não,não me chamou a atenção,e eu não sou de ler livros policiais e pelo cara ser machista e não estar com muita vontade de investigar não me deu vontade de ler

    ResponderExcluir
  6. Tácio!
    Nem sei o que anda acontecendo com esses escritores de livros policiais... tenho me decepcionado muito.
    Bem mas se ainda assim você recomenda... talvez de uma oportunidade.
    Embora também goste dos detalhes e talvez até goste do livro.
    “Se queres prever o futuro, estuda o passado.”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Oi Tácio,
    Não gostei dessas características do detetive haha. Ah! Gosto de livros policiais que me instiguem O.o
    Apesar da sua recomendação, não pretendo ler esse livro.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  8. Eu ja tinha visto essa capa e achei ela mtoooo assustadora, ainda mais com esse titulo.
    Fiquei com medo de ler, mas eu acho q vou tentar, pq gostei mto que nos apresentou.
    Apesar dos problemas apontados, acho que o enredo é interessante. Tem suspense e um crime que deixa todo mundo intrigado.
    So de ler a sinopse eu ja nao gostei do detetive Evert, hehehe. E depois vc confirmou as minhas suspeitas q ele seria um estupido mesmo.
    Gostei da resenha.

    Beijos.

    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amo livros policiais, mas esse parece diferente de todos que já li, o que chama muito minha atenção, fiquei bastante curiosa e ansiosa para ler, acho que vou gostar dele. Obrigada pela sugestão!

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Eu totalmente ao contrário de você não gostei muito do título nem da capa.E creio que esse livro não vá me conquistar,sempre nos livros policiais eu encontro um personagem a quem me apegar e nesse livro provavelmente não vai acontecer isso então mesmo com a escrita do autor a leitura ia se tornar maçante.E o enredo não me chamou muito atenção.

    ResponderExcluir
  11. A capa é linda mesmo, concordo contigo. Pela sinopse me agradou e quero ler mesmo apesar das tuas ressalvas sobre o policial não ser agradável e a gente não se identificar com os personagens. Não conheço a escrita do autor, porém fiquei curiosa. Anotei o nome para pesquisar mais sobre o livro.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações