3 de out de 2015


[Resenha] Colega de Quarto - Victor Bonini

Ficha Técnica

Título: Colega de Quarto
Autor: Victor Bonini
ISBN: 978-85-62409-50-9
Páginas: 278
Ano: 2015
Editora: Faro Editorial
arcanoEric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento. Primeiro, um par de chinelos. Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso. Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente. Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento. Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?


Resenha 


Colega de Quarto é o primeiro livro publicado de Victor Bonini e nos conta os eventos por trás de uma morte intrigante. Eric Schatz é um estudante de Direito, carioca que se mudou para São Paulo para estudar, de uma família abastada, dona de uma editora. Mora sozinho em um apartamento em São Paulo, onde coisas estranhas começam tirar o sono e a preocupar o rapaz.

Eric tinha a impressão de que havia mais alguém morando em seu apartamento. Alguém que ele não conseguia identificar, mas que deixava rastros de sua presença. Escova de dentes, chinelos, TV ligada quando o rapaz tinha certeza que a tinha desligado, micro-ondas funcionando quando Eric nem estava na cozinha. Exemplos de coisas bizarras que estavam acontecendo no apartamento dele e que não tinham uma explicação lógica.

Na tentativa de obter essa explicação e ter a comprovação de que não está louco, Eric vai atrás de Conrado Bardelli. Um bom detetive que ele acredita que possa resolver o seu problema. Transtornado por não saber mais o que fazer, Eric explica a situação para Bardelli e o detetive não consegue entender porque o rapaz nunca chamou a polícia e o mais estranho é porque seus amigos e namorada o aconselham a não fazer isso.
Viu a silhueta de um homem entrar no seu apartamento pela porta entreaberta. O medo invadiu seu corpo na forma de uma sensação gelada que lhe percorreu a nuca causando-lhe calafrios.
Pág. 15
Bardelli ficou mexido com a visita inesperada e pela história, mas achava que tudo não passava de uma brincadeira de amigos. Até pela fala de Eric durante o seu relato que dava essa impressão de que se tratava de uma brincadeira. Entretanto, o rapaz liga desesperado para o detetive, em um momento que ele acredita que o colega de quarto está em seu apartamento. Só que o mais estranho - são tantos acontecimentos - é que Eric se enche de uma súbita coragem e deixa o telefone para descobrir quem é o colega de quarto.

No dia seguinte Bardelli, para a surpresa do detetive, Eric é encontrado morto após cair da janela de seu próprio quarto. Quinze andares até o corpo do rapaz encontrar o chão. Uma cena horrível e que tudo levava a crer que era mais um caso de suicídio. A causa provável seria essa perseguição do desconhecido colega de quarto. Mas pela sua experiência, Bardelli não se convenceu de que aquilo era mais um caso de suicídio e sim de um possível homicídio. Quem teria interesse em matar Eric?
Jazia ali um corpo. Um corpo destroçado pela queda.
Pág. 30
E o desenrolar dessa história é feito com brilhantismo. Dividido em três partes e com capítulos que te guiam como se o leitor fizesse parte da investigação - tive essa sensação - e não fosse um mero observador, Colega de Quarto é de tirar o fôlego e dá um certo medo. A curiosidade de entender o que ou quem era o colega de quarto, sentimos a mesma aflição de Eric sem saber identificar o seu "inimigo". Outro ponto é a desconfiança de cada personagem apresentado como possível assassino do rapaz. Perdi as contas das minhas anotações de quantos possíveis assassinos  e suas possíveis razões. Bonini criou uma história policial com uma dose de suspense que não me permitiu dormir enquanto não soubesse toda a verdade. 

Recentemente li um romance policial badaladíssimo e que não consegui gostar tanto. Em minha opinião, faltaram elementos importantíssimos para um livro do gênero. Em seguida peguei o livro de estreia de Victor Bonini, um romance policial, autor novo e sem tantos holofotes em cima, que me fez devorar as 278 páginas em um dia. Um livro que me instigou do início ao fim. Os elementos estavam todos no desenvolvimento da história. Não houveram brechas, pontas soltas ou qualquer detalhe que pudesse ser questionado. Uma história excelente. O leitor pede por respostas durante a leitura. A dúvida, o mistério, a incerteza do crime, desde a primeira página Bonini conseguiu capturar a minha atenção.
E viu-se entristecido pela morte de um jovem que vivera de forma tão superficial, regada a dinheiro e produtos de marca, mas carente de emoções de verdade. Era como se não tivesse, de fato, vivido.
Pág. 229 



Comentários
13
Compartilhe

13 comentários:

  1. Eric, que nome mais lindo, <3
    Amo os livros do gênero, e essa história parece ser muito boa, é um livro que colocarei na minha lista de comprinhas.

    ResponderExcluir
  2. Oi ...
    Adorei sua resenha !!
    Não curto muito livros desse genero , mas , sua resenha me fez desejar ler o livro :)
    Espero poder curti minha leitura em breve .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Caraca cara, já senti o suspense só com a sinopse..
    E com a resenha, não descartando totalmente os indícios a que essa resenha e a sinopse levam... já levantei uma hipótese... rsrs #Sério

    Muito boa a resenha!
    Fiquei com muita vontade de ler o livro.
    Com certeza vai para minha lista.

    ResponderExcluir
  4. Resenha excelente! Muito bom o livro, amo livros policiais e fiquei muito curiosa pra saber o desfecho da história, saber quem matou Eric, e por que o colega de quarto entrava em seu apartamento! Preciso urgente!!!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. De primeira eu pensei que esse post falaria do filme colegas de quarto (sim, tem um filme com esse mesmo nome e eu amo). Fui enganada mas, pelo amor! Me engane mais vezes assim! Amei a resenha, fiquei com aquela vontade louca de ler. E esse booktrailer? Colocando na lista de desejados em 1..2..3!

    ResponderExcluir
  7. Adrei a resenha, e a trama do livro é muito boa, eu ficaria muito assustada se percebesse que tem alguem estranho entrando em minha casa e fiquei muito curiosa para saber quem matou Eric e porque

    ResponderExcluir
  8. Olá, Auri.
    Estou lendo esse livro no momento e surtando com a obra. Estou gostando demais! Realmente o autor consegue criar uma obra ótima, bem trabalhada e muito melhor do que a de muitos autores já consagrados. Além disso, o livro é envolvente. Li nessa madrugada quase 200 páginas. rs

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
  9. Hello!!
    Nossa, esse inicinho da resenha ja me deixou com medo hein?! Como assim morar sozinho e achar q tem alguem na casa tb?
    Eu sairia correndoooo!
    Mas ja pelo que vi nao é terror e sim romance policial, entao fico mais tranquila e devo dizer que fiquei mtooo curiosa para saber se o Eric estava imaginando coisas, e pq seus amigos acoselhariam ele a nao chamar a policia.
    Ai tem alguma coisa bem estranha! Ainda bem que ele tinha avisado um detetive sobre as suas suspeitos e to bem interessada no desfecho.
    Com certeza vou ler!!!!
    Beijos

    https://fuxixiu.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Depois de ter lido diversos comentários positivos referentes a esse livro, acredito que não tem como não se interessar e pretender ler, ainda mais por ser um livro policial.
    Sua resenha está muito boa e pretendo ler Colega de Quarto em breve.

    ResponderExcluir
  11. o livro tem mesmo jeito de ser bem interessante e daqueles que te prendem do inicio ao fim, conheço algumas pessoas que lerem e adoraram, agora só falta eu ler.

    ResponderExcluir
  12. O livro me chamou bastante atenção, fique com curiosidade de quem é o assassino de Eric. Gosto bastante desse livros que te prendem ate o final para saber a verdadeira historia.

    ResponderExcluir
  13. Nossa muito bom , o Victor Bonini, está de parabéns e pra gente é um privilegio mais um autor assim pra enriquecer nossa literatura brasileira, quero muito ler o livro porque só de ver sua resenha já fiquei super ansiosa e com mil pensamento de desfecho pra historia rsrs.
    Bjocae

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações