6 de dez de 2015


[Resenha] Caixa de Pássaros - Josh Malerman

Ficha Técnica

Título: Caixa de Pássaros
Título Original: Bird Box
Autor: Josh Malerman
ISBN: 978-85-8057-652-8
Páginas: 268
Ano: 2015
Tradutor: Carolina Selvatici
Editora: Intrínseca
17Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Resenha


SELO BLOGUm vírus desconhecido começa a se espalhar pelo mundo. As pessoas não sabem exatamente o que está acontecendo, e se tudo realmente é culpa deste tal vírus, porém o fato é que pessoas estão morrendo, e das maneiras mais trágicas possíveis. O que acontece é: ao enxergar algo, supostamente uma criatura, as pessoas enlouquecem e começam a atacar as outras ao seu redor e em seguida, cometem suicídio. É neste cenário apocalíptico, onde a sociedade foi degradada e mutilada por algo indefinido, que nós iremos conhecer Malorie. Após quatro anos de todo o caos ter se instalado, ela precisará enfrentar a maior provação de sua existência, na tentativa de dar segurança e uma vida melhor aos seus dois filhos, ambos de apenas quatro anos de idade.
Naquele instante, ela sente que o mundo inteiro está morto. Sente como se aquele barco a remo fosse o único lugar onde há vida humana. O resto do mundo se espalha a partir da ponta do barco, um mundo vazio, florescendo desabitado a cada remada.
Pág. 57

O grande problema dessa perigosa aventura é que para chegar a qualquer lugar que seja, Malorie terá que fazer tudo de olhos fechados, já que enxergar está fora de questão caso ela queira continuar viva. Desta forma, vendando a sí mesma e também as suas crianças, Malorie irá encarar uma longa viagem dentro de um rio, guiada somente pelos sons que lhe rodeiam, e com a esperança de que independente do que esteja lá fora, ela conseguirá sobreviver a jornada. “Caixa de Pássaros” é o livro de estréia do autor Josh Malerman, e é sem dúvidas uma das melhores coisas que eu li nos últimos tempos. O livro é pura tensão, carregado de situações dramáticas e que fazem o leitor se sentir dentro da história, tão cego e com os sentimentos à flor da pele quanto qualquer personagem da obra.
Mais gravetos se quebram. A coisa se move devagar. Malorie pensa na casa que abandonaram. Estavam seguros lá. Por que saíram? Será que o lugar para onde estão indo é mais seguro? Como poderia ser? Num mundo onde não podemos abrir os olhos, uma venda não é tudo que temos para nos defender?
Pág. 93

Com uma descrição rica, mesmo que limitada, já que não sabemos o que as pessoas estão enxergando, Malerman consegue descrever situações detalhadas da forma mais polida e refinada do drama psicológico. Para vocês terem uma ideia, o autor narrava que tal personagem ouvia um barulho, e eu do lado de cá ouvia algo também. Acredito que não tem como ler este livro e não se sentir dentro dele… Foram dois dias de muita tensão em minha vida, porém este é um sentimento agridoce, já que a leitura recompensou e muito. Uma coisa que ouvi muito sobre “Caixa de Pássaros” foi que o livro era muito bom, mas que decepcionava no final. Eu não sei exatamente o que essas pessoas esperavam do final, mas ao meu ver não tinha como ser diferente. Quero dizer, logicamente que fiquei frustrado com algumas coisas, porém se o final fosse diferente, o livro não teria sentido nenhum. E para entenderem o que eu quero dizer, só lendo, pois não quero compartilhar muitos detalhes e estragar a tensão de vocês.
O instante entre decidir abrir os olhos e fazer isso de fato é a coisa mais assustadora desse mundo novo. Malorie abre os olhos.
Pág. 118

No mais, “Caixa de Pássaros” é um livro excelente, do começo ao fim. Muito bem elaborado, muito bem escrito e principalmente muito bem desenvolvido. A narrativa que se alterna entre passado e presente é extremamente importante para criar o drama e o mistério da obra. A personagem principal também é muito forte e expressiva, e apesar de sua quase loucura devido a situação em geral, não tem como não gostar dela e de sua atitude e coragem. Recomendo, recomendo e recomendo. E aviso logo para vocês lerem com a luz bem acesa, já que por algumas horas, enquanto estiverem mergulhados na leitura, abrir os olhos não será uma opção.
Você acrescenta os detalhes, pensa ela. É a sua noção de como é a aparência delas. Você acrescenta detalhes a um corpo e a uma forma, mas não faz nenhuma ideia de como são. Cria um rosto que pode não existir.
Pág. 219





Compare e Compre
Comentários
19
Compartilhe

19 comentários:

  1. Eu quero esse livro desde a turnê.
    Ele me lembra um do King que li, chamado Celular. O povo endoida do nada também
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza,
      não conheço esse livro do King, vou procurar! =]

      Excluir
  2. Concordo com você: se o final fosse diferente o livro não teria sentido! Quando li e falei que adorei todo o terror por trás dos mistérios, também ouvi muitas reclamações, por não saberem o que era o tal vírus ou o causador do mesmo. A essência do livro foi justamente isso, não saber o que era. Foi um livro muito intenso e que ficou na minha mente por semanas, devido a grande agonia de Malorie. Recomendo e recomendo junto com você! Leiam é muito bom!
    Abs!
    http://ohqueridavalentina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ufa, não sou o único! hahaha
      Que bom que compartilhamos do mesmo pensamento, Juliana.
      Se o final fosse diferente, principalmente em um livro onde eu me senti personagem... acho que eu estaria morto! =p

      Abraços

      Excluir
  3. Tácio!
    Deve mesmo ser uma trama bem interessante, viver sem ter visão e ainda ter de enfrentar perigos inimagináveis, é bem intrigante.
    Tenho o livro aqui, porém ainda não consegui ler, mas farei em breve.
    “Temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos.” (Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Oi Tácio!
    Livros que envolvem mistério e suspense instigam a minha curiosidade, ainda mais se o cenário em que se passam for um ambiente distópico pós-apocalíptico. (algo do gênero de Jogos Vorazes). Um ponto que você tocou que também me irrita é quando o livro é praticamente perfeito até que chega o final, fraco e previsível. É horrível! No mais, ótima resenha. Abraços! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Arthur.
      O livro não é uma distopia, apesar do cenário apocalíptico.
      O final do livro está bem distante de ser previsível, a verdade é que ele é exatamente o contrário: o leitor espera que aconteça uma coisa, e acontece outra! Só lendo pra entender.
      Grande abraço

      Excluir
  5. Oi Tácio, esse livro já está na minha lista de desejados a muito tempo com certeza vou compra-lo só com a sinopse o livro já me chamou a tenção e como sempre você faz ótimas resenhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Fernanda! Espero que quando colocar as mãos no livro, você goste dele assim como eu.
      Abraços

      Excluir
  6. Olá, Tácio.
    A premissa desse livro é bem interessante. O fato de não poder andar de olhos abertos por isso causar um perigo para si e para os outros deve ser assustador.
    Só essa premissa já me faz querer a obra. O seus elogios aumentam a vontade de desbravar a leitura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assustador é a palavra certa. Livro cheio de tensão. Muito bom *.*

      Excluir
  7. Misterioso e envolvente nos faz querer saber por que de tudo ter acontecido uma trama cativante a autora criou uma obra belíssima de suspense.

    ResponderExcluir
  8. Esse livro <3
    Só amor por ele, já ouvi muitas pessoas dizerem que a história é muito contagiante e te prende até o fim, só que o final decepcionou muita gente.
    Eu amei o livro do começo ao fim <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita, eu também não entendo como as pessoas não gostaram do final. Não tinha como ser diferente.
      Concordo com você: amei do começo ao fim!

      Excluir
  9. Acabei de trocar esse livro e ainda nao chegou pra mim.
    Li tanta coisa ja, que eu nao sei mais oq esperar desse livro, que eu acho q vai ser so arrepios.
    Imagina so enxergar e nao poder abrir os olhos, aiiai...mtooo tenso isso.
    Sei que o autor estava na Bienal, queria mto ter conhecido e tietado um pouco.
    Que pena que vc nao gostou do final, agora que eu fiquei mais curiosa.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzzy, eu amei o final! hahaha
      Eu disse exatamente que não entendo o motivo das pessoas não terem gostado...

      Excluir
    2. Ah taaa..agora entendi melhor!
      O final o pessoal disse q nao eram oq esperavam e tal...vou ler ainda.

      Excluir
  10. Li esse livro no primeiro semestre e adorei. A tensão que a gente sente durante toda a narrativa é incrível, porque mergulhamos na leitura. O final pode não fazer sentido para algumas pessoas, mas acho que essa foi justamente a intenção do autor: fazer com que o leitor pensasse. Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  11. Só vi comentários bons a respeito dele, que me fizerem criar interesse na leitura, livros que fazem o leitor raciocinar são fantásticos! Com certeza vou ler quando tiver oportunidade!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações